Saiba tudo sobre a importância do casco de tartaruga!

Postado por PETZ, em 01/08/2021

Animais Silvestres
Saiba tudo sobre a importância do casco de tartaruga!

Esse animalzinho tem um formato de corpo peculiar que chama a atenção. Por isso, muitos se perguntam sobre o casco de tartaruga e todas as suas especificidades. É uma parte muito importante para o cotidiano desses bichinhos, que os ajuda a nadar melhor e até a fugir de possíveis predadores.

tartaruga no mar

Se quiser saber mais sobre esse animal, continue a leitura! Separamos aqui algumas informações sobre o casco da tartaruga. Você vai entender qual a composição dessa parte do corpo e porque ela é muito importante para a sobrevivência desses animais. Confira tudo no Blog da Petz!

Mas, afinal, do que é feito o casco da tartaruga?

As tartarugas possuem essa estrutura mais dura, com três camadas. A primeira é a externa, feita com queratina. Essa substância é muito utilizada para dar maior resistência aos cabelos e unhas dos humanos. Sua função não é diferente no corpo desses animais.

A segunda parte do casco é a estrutura óssea. É essa camada que dá o formato e a resistência que ajuda a proteger o resto do corpo desse animalzinho. São mais de 50 ossos que formam espinha dorsal e caixa torácica, por exemplo.

Por fim, o casco possui uma membrana na sua parte interna. Essa parte é a que ajuda a revestir os órgãos e músculos do bichinho, dando uma proteção auxiliar a das outras camadas.

Qual a função do casco da tartaruga?

Você já se perguntou para que serve o casco da tartaruga? Essa parte do corpo do animalzinho é como um escudo protetor, que impede danos aos órgãos internos em caso de ataque dos predadores. No entanto, existem cientistas que se perguntam o porquê de outras espécies vulneráveis não possuírem essa proteção.

Alguns pesquisadores, como os paleontólogos do Museum of Nature and Science, de Denver, acreditam que o casco de tartaruga é uma adaptação para escavação subterrânea. 

A partir do estudo dos fósseis das espécies primitivas, Tyler Lyson, um dos cientistas dessa pesquisa, concluiu que o casco se tornou uma proteção durante o processo evolutivo natural. É o caso, por exemplo, das penas das aves. Elas não eram originalmente feitas para ajudar no voo, mas hoje são essenciais para isso. 

Outras perguntas sobre o casco de tartaruga

Essa parte do corpo possui muitas características que a tornam misteriosa para a maioria das pessoas. Sua aparência é muito diferenciada e gera dúvidas como: se esses bichinhos podem viver sem essa proteção ou como cuidar do casco de tartarugas? Fique tranquilo, vamos responder tudo!

Por que os cascos têm aparência diferenciada?

O processo evolutivo do casco de tartaruga não parou só na sua função. Ele se adaptou aos diferentes ambientes onde esses animais  silvestres se estabeleceram. Como são animais essencialmente aquáticos, esse pedaço tem que ser mais achatado e hidrodinâmico. Isso facilita e muito o nado dos bichinhos.

Se compararmos, por exemplo, ao casco dos jabutis e dos cágados, encontramos diferenças consideráveis. Os primeiros são uma espécie terrestre, então tem uma estrutura mais arredondada e proeminente. Já os segundos são semiaquáticos e têm um formato menos protuberante para poderem nadar com tranquilidade.

casal de tartarugas

A tartaruga pode ficar sem seu casco?

Na terra mágica dos desenhos animados, ela talvez possa! Mas, na vida real, o casco de tartaruga é parte do seu esqueleto, com os ossos que já comentamos por aqui, e acompanha o crescimento desses bichinhos. Sem essa estrutura, os órgãos internos dos animais ficariam expostos.

Quais problemas podem afetar o casco da tartaruga?

A poluição marinha vem causando danos enormes à vida de diversas espécies. Para esse animal não é diferente. O contato com lixo despejado no mar pode causar diversos problemas, como casco de tartaruga quebrado ou deformado. Em alguns casos, o bichinho pode vir a óbito.

De acordo com pesquisas, as tartarugas são extremamente atraídas pelo plástico. Isso se dá pelo contato desse material com pequenas plantas, micróbios e algas marinhas, que deixam seu aroma mais parecido com o alimento normal da espécie. E como o casco é uma parte que tem que estar nutrida, o animal precisa de uma dieta saudável.

Como tratar o casco quebrado ou deformado?

Muita gente se pergunta sobre como tratar ferimento em casco de tartaruga. É importante que esse cuidado seja feito por um profissional capacitado para tal. Esse médico-veterinário saberá tudo o que precisa ser feito para recuperar a saúde do animal, com tratamentos para fortalecer sua dieta e, por consequência, seu escudo. 

Espécies de tartaruga

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o casco de tartaruga, que tal conhecer um pouco mais sobre suas espécies? No Brasil, temos a tartaruga-verde. Ela prefere ficar próxima à costa e, por isso, quase não é vista em alto-mar. Faz suas desovas em lugares como Fernando de Noronha e Ilha da Trindade, no Espírito Santo.

Outra espécie do litoral brasileiro é a tartaruga-cabeçuda. Seu nome é assim por causa do tamanho da sua cabeça. Ela também possui uma mandíbula muito forte. A oliva é outro tipo  e possui um tamanho mais reduzido, chegando a ter, no máximo, 82 centímetros. Ela faz sua desova na Bahia e em Alagoas.

tartaruga submersa

Gostou de entender mais sobre o casco de tartaruga? Esses animaizinhos são incríveis! Aproveite que está aqui, no Blog, e dê uma olhada no pet shop on-line da Petz! Temos vários produtos para cuidados com os bichinhos de estimação. Se quiser, pode visitar uma das nossas lojas físicas próximas a você!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *