Cachorro castrado levanta a perna para urinar?

Postado por PETZ, em Atualizado em May 3, 2021

Bem-Estar
Cachorro castrado levanta a perna para urinar?
Tempo de leitura: 4 minutos

A castração é muito recomendada pela maior parte dos médicos-veterinários, pois o procedimento ajuda a prevenir diversas doenças. Além disso, modifica o comportamento, minimizando a ansiedade e agressividade. Mas será que cachorro castrado levanta a perna para urinar ou esse hábito é deixado de lado?

cachorro sério

Alguns dos problemas de saúde graves que a castração ajuda a reduzir significativamente as chances de o pet desenvolver estão relacionados aos hormônios sexuais, como os cânceres de mama, de útero e de próstata. 

No entanto, quando se fala de comportamento, não é verdade que o procedimento acaba com todos os comportamentos indesejados. Alguns deles tendem a continuar mesmo após a cirurgia. Entenda se cachorro castrado levanta a perna para urinar a seguir!

Afinal, cachorro castrado levanta a perna para fazer xixi?

Muitos tutores se perguntam se castrar o cachorro ele para de levantar a perna. Não existe uma resposta única e certeira para essa indagação, visto que a individualidade do pet afeta como ele se comportará após a castração.

De acordo com a Dra. Ana Paulo Sanches Barcelos, médica-veterinária das clínicas Petz Iguatemi Esplanada e Petz Tauste, no interior de São Paulo, depende muito de quando a cirurgia foi realizada e de quais eram os hábitos de urina do cachorro antes do procedimento.

“Cães que já aprenderam a levantar a perninha para fazer xixi podem, na maioria das vezes, manter esse hábito depois da castração. Já cães filhotes que ainda não começaram a levantar a perna tendem a continuar a fazer xixi agachados”, explica.

Nesse sentido, para que o cachorro castrado urine sentado, é recomendado realizar a castração do peludo assim que possível, de acordo com as recomendações do veterinário.

Mas lembre-se de que não há nada de errado se um cachorro castrado levanta a perna para fazer xixi. Atualmente, já existem inclusive banheirinhos para cães com partes acopladas que evitam que o pet suje as paredes. 

De que maneira e por que a castração interfere no comportamento?

Muitos já ouviram falar que a castração influencia o comportamento de cães machos, como ao inibir o levantar da pata para fazer xixi de cachorro, mas você sabe por que isso acontece?

Conforme explica a Dra. Ana Paula, isso ocorre pois alguns comportamentos caninos, como agressividade e territorialismo, podem estar relacionados à testosterona, hormônio sexual masculino cuja produção é diretamente afetada pela castração. 

Outra tendência comportamental ligada à testosterona e que, por isso mesmo, tende a ser minimizada com a castração, é a ansiedade decorrente da frustração sexual.

Esta ocorre quando um pet não castrado é atraído por alguma fêmea no cio nas proximidades, mas não pode ter acesso a ela (por estar dentro de casa, por exemplo). Embora acabe passando despercebida por muitos tutores, a situação pode ser muito estressante para o cão.

Um fator que muitos tutores se preocupam é se castrar o cachorro diminui a urina. O que acontece é que o costume de demarcar território diminui com o procedimento. Dessa forma, os pets não sentem a necessidade de fazer xixi em todos os lugares que passam.

cachorro contente

Nem todos os comportamentos indesejados vão embora com a castração!

A castração tem um papel fundamental na prevenção de doenças, no controle populacional e pode auxiliar na manutenção de uma boa qualidade de vida para o pet. No entanto, é importante ter em mente que alguns comportamentos indesejados não são afetados ou podem permanecer mesmo após o procedimento. 

“Hábitos como a monta em objetos e agressividade tendem a diminuir após a castração, mas tudo depende da idade em que ela é realizada e do ambiente em que vive o cachorro”, alerta a Dra. Ana Paula. 

Isso porque, embora possam intensificar a questão do territorialismo, os hormônios sexuais não são os únicos culpados pela agressividade com pessoas ou outros animais estranhos, por exemplo. 

Na verdade, tal comportamento está muito mais ligado ao fato de um pet ter ou não sido devidamente socializado (habituado a outras pessoas e animais) e sociabilizado (habituado a diferentes situações) enquanto filhote. 

Ou seja, desde que isso tenha sido feito de maneira adequada, mesmo cães não castrados podem ser amigáveis e tranquilos.

Outro problema de comportamento que não é afetado pela castração é a ansiedade por separação. Nesses casos, é preciso dessensibilizar o pet a sua ausência, garantindo que ele tenha com que se divertir quando o tutor não estiver em casa. 

cachorro com colar elizabetano

Agora que você já sabe se cachorro castrado levanta a perna para urinar, aproveite para conhecer ainda mais sobre os peludos aqui, no blog da Petz! Postamos conteúdos sobre diversos temas para que você possa tirar todas as suas dúvidas!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *