Cachorro com medo de banho: como amenizar a situação?

Postado por PETZ, em Nov 23, 2017

Bem-Estar
Cachorro com medo de banho: como amenizar a situação?
Tempo de leitura: 3 minutos

Alguns cães não podem ver uma oportunidade para se molhar, seja em uma poça, um lago ou na piscina, que já pulam imediatamente e se divertem (quem tem um Golden Retriever ou Labrador, principalmente, sabe bem disso!). Em compensação, um cachorro com medo de banho pode querer fugir quando ouve a palavra “água”, e levá-lo ao pet shop ou para o chuveiro se torna um verdadeiro calvário para os tutores.

Cachorro com medo de banho é algo muito comum, e mesmo aqueles que gostam de água podem associar esse momento a algo negativo e se assustar.

O segredo é associar o banho com coisas boas, usando técnicas de reforço positivo, e trabalhar gradativamente esse receio. Portanto, nada de ir enfiando seu pet embaixo do chuveiro! Paciência e cuidado são fundamentais para não traumatizá-lo.

Comece associando todos os produtos que serão usados no banho (como escova, toalha e shampoo) a coisas boas, como petiscos e cafunés. Ofereça o reforço positivo e assim que o pet vier, mostre os objetos para que o cachorro com medo de banho se sinta mais confortável.

Essa dica é importantíssima principalmente para o uso do secador, pois um cachorro com medo de banho também pode ficar apavorado com o barulho alto e a quentura do aparelho.

Ligue o secador e ofereça recompensas; se o pet estiver tranquilo, ele virá até sua mão e você poderá acostumá-lo com o processo, mas se ainda estiver assustado, vá com calma e retroceda ao ponto em que tenta acostumá-lo com a toalha e outros produtos.

Se preferir levar seu cão a um pet shop, acostume-o a associar o local com algo agradável, o que pode ser feito com passeios e brincadeiras por lá antes de dar o banho. Lembre-se que o banho em cachorros serve para eliminar os pelos mortos, sujeira e mau cheiro, mas o banho muito frequente é ruim porque acaba com a oleosidade natural da pele do animal.

Cão usando touca de toalha com patinhos para tomar banho ao lado

Banho de cachorro filhote: como fazer

Para os filhotes tudo é novidade, então é natural que ele fique mais arisco com essa experiência até então desconhecida.

Quem já deu banho em um bebê vai saber exatamente como proceder no banho do filhote de cachorro. Feche todas as portas e janelas para que não entre nenhuma corrente de ar frio e deixe o banheiro aquecido. O banho deve ser morno, com sabonete ou shampoo próprio para filhote.

Filhotes de cachorro com medo de banho: alguns cuidados

Os ouvidos devem ser protegidos para evitar que entre água e provoque infecções. Tome cuidado com sabonete ou shampoo para quem não entrem em contato com os olhos do pet e não saia do banheiro sem secá-lo completamente, com toalha e secador. Cuidado, também, com a temperatura da água, que não deve estar nem muito gelada, nem fervendo.

Momento ideal para fazer o primeiro banho do cachorro

A partir de três meses de idade o cachorro já pode tomar banho, mas o ideal é que evite pet shops até tomar todas as vacinas e vermífugos. Além disso, o primeiro banho pode ser uma experiência assustadora para ele, e naturalmente ele se sentirá mais confortável em um ambiente conhecido com seu tutor ao lado.

Enquanto seu filhote não completar os três meses, você pode higienizá-lo com toalhas ou lenços umedecidos, evitando o acúmulo de sujeiras e o mau cheiro.

Cachorro com medo de banho

Diferentes maneiras de incentivar seu cachorro a tomar banho

O reforço positivo é a melhor forma de tornar a hora do banho mais agradável; recompensas alimentares, afagos, brincadeiras e muita diversão farão com que o cachorro relaxe e veja o banho como uma coisa positiva e vantajosa para ele, afinal ele recebe algo em troca.

Assim como funciona com crianças, brinquedinhos chamativos e atrativos podem deixar os pets mais empolgados.

A água deve estar morna e, se você conseguir tornar o banho uma grande brincadeira, será ainda melhor para seu pet.

Quando aplicar o shampoo ou sabonete, massageie o cão para que ele se sinta relaxado e satisfeito. Segure um petisco e ligue o secador, chame o cão e assim que ele terminar de comer, desligue o aparelho para que ele associe o barulho a algo bom.

Se ainda assim o seu cão sentir medo, vale a pena levá-lo a um especialista em comportamento animal. O banho será algo constante em sua vida e não dá para deixá-lo sujo apenas porque ele sente medo, não é mesmo?

Em busca dos melhores produtos para o seu pet? Acesse a loja virtual Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!