Cachorros brigando: saiba o que fazer caso os seus peludos se estranhem!

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 16, 2021

Cães
Cachorros brigando: saiba o que fazer caso os seus peludos se estranhem!
Tempo de leitura: 4 minutos

Atualmente, é muito comum encontrar tutores com mais de um pet — o que é ótimo, uma vez que os bichinhos fazem companhia um para o outro. Porém, seja por ciúmes ou outras questões, às vezes, nos deparamos com cachorros brigando

cachorros brigando

Geralmente, isso acontece nos primeiros momentos de contato entre os animais e pode ser perigoso para ambos. Sendo assim, é importante entender melhor a causa disso e como lidar com cachorro estressado.

Por que os cachorros brigam

Muitas vezes, se estão acostumados com passeios diários, os peludos são muito sociáveis quando encontram outros pets. Se esse for o caso do seu mascote, certamente, não é comum ver o cachorro latindo para outro durante uma caminhada.  Porém, em casa, a situação pode ser bem diferente.

Embora existam exceções, o comportamento de um cãozinho em relação a outros costuma ser diferente dentro e fora do território dele. Os motivos que costumam deixar o cachorro bravo são: disputa por alimento, brinquedos, hierarquia ou atenção do tutor e dos familiares.

De acordo com a médica-veterinária da Petz, Dra. Tuany Fialho, existe uma razão biológica para isso: “os cães têm um start hormonal que faz com que haja disputa por território”, explica a especialista. Assim, se você se deparar com cachorros brigando, saiba que o controle do ambiente está em jogo. 

A veterinária conclui dizendo que “esse instinto [brigar com outros animais] está ligado à sobrevivência por meio da busca por alimento, abrigo, fêmeas, etc”. Por isso, entenda que os pets não brigam porque são bravos ou “maus”. Trata-se de uma simples questão natural. 

cachorros se estranhando

Como separar dois cães brigando

Seja dentro ou fora de casa, deparar-se com dois cachorros brigando é algo que preocupa a muitos. Se nos intrometemos fisicamente na briga, podemos sair machucados. Se não interferimos, os dois cães podem acabar se ferindo gravemente.

“Acidentes como ataques e/ou mordidas podem acontecer. Portanto, ao se deparar com um cachorro brigando com outro, é preciso manter a calma”, orienta a Dra. Tuany. A especialista explica que os dois métodos mais seguros e eficazes para apartar brigas de cães são:

  • fazer barulhos altos: bata palmas, chacoalhe uma latinha com moedas ou faça barulho com panelas. Distrair os cães brigando fará com que eles se separem, encerrando o desentendimento;
  • borrifar água nos pets: assim como o barulho, jatos de água precisos e diretos sobre os pets também chamam a atenção. Esse tipo de intervenção externa separa o cachorro com raiva do companheiro. 

Vale destacar que, apesar de a recomendação para fazer barulhos altos, não é indicado gritar ou aumentar o tom de voz. “Isso pode alarmar os cães e piorar a situação”, diz a especialista. O ideal é que a distração pareça vir do ambiente, não do tutor.

Depois de acalmar os cachorros brigões

Quando os pets se acalmarem um pouco e demonstrarem menos sinais de agressividade, aproxime-se com cuidado e procure separá-los, ao menos, por um curto período.

Caso seja uma situação atípica, é interessante tentar entender o porquê dos cachorros brigando. Por exemplo, em disputa por brinquedos, pode ser recomendado adquirir mais de um acessório. Se o motivo for disputa por alimentos, que tal deixar os comedouros mais separados?

E se as brigas forem recorrentes?

Se os seus cachorros estão se estranhando constantemente, é bem provável que não tenham sido apresentados de maneira correta. Para isso, confira algumas dicas de como fazer dois cachorros se darem bem desde o primeiro contato: 

  • prepare a casa: como dito anteriormente, o ideal é sempre ter itens a mais, não a menos. Além disso, difusores de feromônios sintéticos podem ajudar a acalmar os peludos. Algumas barreiras também podem ser instaladas para evitar o contato físico entre os animais nos primeiros dias; 
  • respeite o cão veterano: por mais que o recém-chegado seja a novidade da casa, é extremamente importante dar a devida atenção ao seu amigo mais antigo;
  • introduza o novo pet aos poucos: a aproximação entre os seus bichinhos deve ser feita de forma gradual. Para isso, as etapas de introdução devem ser seguidas à risca. Saiba mais sobre elas aqui
  • proporcione momentos divertidos entre os peludos: para que os bichinhos sintam conforto com a presença um do outro, é importante estimulá-los de forma positiva. Assim, promova momentos de diversão com brinquedos e atividades conjuntas entre você e os pets. 

cachorro preto

Esperamos que, depois das nossas dicas, você possa lidar com cachorros brigando da melhor maneira possível. Se quiser continuar aprendendo sobre os amigos de quatro patas, não deixe de explorar outros conteúdos do blog da Petz. Temos muitas dicas interessantíssimas para os cuidados com seu bichinho por aqui!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *