Cães que estranham um novo lar

Postado por PETZ, em 29/08/2016

Bem-Estar
Cães que estranham um novo lar

Os cães adoram rotina. É ideal que as refeições venham todos os dias nos mesmos horários para que o seu relógio biológico não desregule. O mesmo deve acontecer com os passeios, chegada dos tutores, escovações do pelo, brincadeiras e fazer suas necessidades. Quando possuem um horário específico, o ambiente se torna mais previsível e ajuda no controle de ansiedade do animal.

Quando mudamos para um novo lar, o ambiente deixa de ser previsível para os pets, podendo causar desconforto e confusão. Os vizinhos não serão os mesmos, nem os sons, tampouco os cheiros. Até mesmo a forma como a luz entra no apartamento ou casa pode afetá-los. Muitos problemas comportamentais acabam surgindo neste período, como xixi fora do lugar, latidos repentinos enquanto sozinhos ou não, problemas para dormir, dentre outros. Tudo faz parte da adaptação ao ambiente e é importante que se tenha muita paciência.

caes-estranham-novo-lar

A primeira decisão a ser tomada é tentar manter a rotina atual mais próxima da anterior. Caso isso não seja possível, devido a um novo horário de trabalho, por exemplo, é importante que se crie uma nova rotina. Quanto mais as atividades diárias se repetirem, mais rápida será a adaptação. O tutor não deve renovar os objetos pessoais do seu pet, como potinhos de comida e água, brinquedos, cama e mantas. Uma adaptação anterior a mudança poderá ser feita, levando o cão até o novo lar e deixando-o farejar o ambiente. Levar os móveis antigos também pode ajudar.

É importante dar o máximo de atividade possível para o pet. Além dos passeios, antes de sair de casa, deixar um desafio para ele. Existem brinquedos onde se colocam petiscos, frutas amassadas ou ração, que fazem o cão gastar energia para retirá-los, se entretendo sozinho no novo lar por algum tempo. Alguns problemas comportamentais podem ser resolvidos somente com enriquecimento do ambiente e rotina.

Há casos em que os cães são retirados de um lar, da rua ou de ONGs e levados para a casa de novos tutores. Nesta situação, também é importante manter seus objetos pessoais por algum tempo e iniciar uma rotina saudável. O ambiente precisa ser apresentado aos novos moradores e sempre que exibirem um comportamento correto, devem ser recompensados com carinho, petisco ou elogio. O que cada cão demonstrar mais interesse.

Por Ingred Rose, bióloga e adestradora da Cão Cidadão
Criada por Alexandre Rossi, a Cão Cidadão atua há mais de 15 anos com adestramento e comportamento animal. Oferece adestramento em domicílio, consultas comportamentais, além de uma agenda mensal de cursos e palestras. Tudo isso com muito amor e respeito. Para saber mais sobre a Cão Cidadão, entre em contato com a Central de Atendimento, pelos telefones (11) 3571-8138 (São Paulo) ou 4003-1410 (demais localidades). Acesse o nosso site: www.caocidadao.com.br.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentários

Túlio Henrique Ramos Ruellas - 14/09/2016

Adorei. Nada melhor do que ver o cachorríneo se sentir bem de novo no seu novo lar. <3