Como lidar com cães que destroem objetos?

Postado por PETZ, em 23/08/2016

Bem-Estar
Como lidar com cães que destroem objetos?

Qual seria sua reação ao notar que seu cão arranhou o sofá, mordeu o pé da cadeira da sala de jantar ou, ainda pior, rasgou o tecido da poltrona favorita da sua avó? Se sua resposta foi “daria uma bronca daquelas e mais algumas boas palmadas” e/ou “colocaria o bagunceiro de castigo para que ele pudesse refletir sobre o que fez”, cuidado! Na tentativa de puni-lo, você pode estar reforçando e até mesmo estimulando a continuidade desses comportamentos inadequados.

Daí seu sofá novo, que estava apenas com alguns arranhões, poderá ficar completamente destruído. Tudo isso pode nos deixar irritados e decepcionados com nossos amigos peludos, já que pensamos da seguinte forma: com tantos brinquedos e uma vida tão boa, o que leva o cão a destruir meus móveis e objetos? Bom, a solução para tal comportamento destrutivo pode ser mais simples do que imaginamos.

caes-destroem-objetos

Podemos evitar que os cães desenvolvam esse hábito de destruição, começando a educá-los desde filhotes, pois nessa fase os cachorrinhos tendem a usar muito mais a boca, já que estão descobrindo um mundo novo e podem estar com sua gengiva irritada por conta da troca dos dentes. Então, aproveitamos essa fase para induzir e estimular os peludos a morder seus próprios brinquedos, disponibilizando objetos de texturas e tamanhos diferentes. Além disso, podemos colocar alguns brinquedos no congelador, para oferecer uma opção que ajude a aliviar a coceira da gengiva.

Os cães adultos também podem desenvolver esse hábito, mas as causas para esse desvio comportamental podem ser as mais variadas. Por isso, devemos investigar com cuidado o que está levando nosso amiguinho a destruir as coisas dentro de casa, para que possamos diminuir a frequência desse comportamento e/ou direcionar o hábito para outros objetos. Dentre as causas mais comuns para os problemas que envolvem mordidas e destruição, podemos destacar tédio, ansiedade e transtornos alimentares.

Tédio – Cães que passam muito tempo sozinhos podem desenvolver esse hábito por não terem o que fazer na maior parte do dia. Daí eles gastam essa energia acumulada destruindo móveis e objetos, já que roer é um comportamento natural para os canídeos.

Ansiedade – Se em algum momento seu cachorro percebeu que ele ganha sua atenção quando começa a destruir algum objeto, ele vai fazer de tudo para conseguir que você fale com ele, mesmo que seja dando uma bronca. Por isso, quando você sai de casa ou está ocupado com outra tarefa, cães ansiosos e entediados podem começar a destruir objetos na esperança de que você apareça ou interaja com ele.

Transtornos alimentares – Destruição pode ser sinal de algum transtorno alimentar. Por isso, devemos ficar de olho se nosso cão demonstrar muito interesse em engolir coisas ou substâncias não alimentares. Muitas vezes, nesse caso, um médico veterinário deve ser consultado.

Introduzir uma rotina de atividades físicas com passeios frequentes, proporcionar um enriquecimento ambiental adequado e dificultar um pouquinho o recurso alimentar são estratégias que podem nos ajudar a diminuir o tempo que os cachorros ficam sem fazer nada. Por exemplo, podemos esconder petiscos pela casa para que o cão gaste energia caçando para comer; elaborar um dispensador de comida com uma garrafa de plástico furada; e congelar alguns petiscos em recipientes com água para proporcionar uma diversão refrescante para os dias mais quentes.

Além disso, podemos também aplicar regularmente produtos com gosto amargo (não tóxicos) nos objetos que normalmente são o alvo de mordidas do seu cão, para que esse comportamento diminua de frequência. Essas são algumas dicas que podem ajudar a prevenir ou corrigir desvios comportamentais quando o assunto é destruição de objetos, já que roer é um comportamento natural para os cães.

Se quiser contratar os profissionais em comportamento animal para realizar o adestramento, fale com a Central de Atendimento da Cão Cidadão, pelos telefones: 11 3571-8138 (São Paulo) e 11 4003-1410 (demais localidades).

Por Pérsio Luiz, adestrador da equipe Cão Cidadão.
Criada por Alexandre Rossi, a Cão Cidadão atua há mais de 15 anos com adestramento e comportamento animal. Oferece adestramento em domicílio, consultas comportamentais, além de uma agenda mensal de cursos e palestras. Tudo isso com muito amor e respeito. Para saber mais sobre a Cão Cidadão, entre em contato com a Central de Atendimento, pelos telefones (11) 3571-8138 (São Paulo) ou 4003-1410 (demais localidades). Acesse o nosso site: www.caocidadao.com.br.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *