Gripe canina: um guia completo sobre a doença

Postado por PETZ, em Atualizado em Oct 26, 2021

Cães
Gripe canina: um guia completo sobre a doença
Tempo de leitura: 4 minutos

Muito comum durante as estações chuvosas, a gripe canina é uma doença que ainda desperta várias dúvidas em alguns tutores. Bastante parecida com a gripe humana, essa enfermidade respiratória não costuma ser grave. Mesmo assim, é preciso ter cuidado!

cachorro deitado olhando para a frente

Assim como acontece conosco quando estamos gripados, a falta de cuidados contribui para a evolução da doença para problemas mais sérios, como a pneumonia. Por isso, a Petz preparou um guia completo sobre a doença. É só continuar lendo!

O que é a gripe canina?

Mas, afinal, o que é a gripe canina? A doença, também chamada de influenza canina, é um problema respiratório causado por um tipo de vírus da gripe, o Influenza A. Muito contagiosa, ela é mais frequente durante as estações chuvosas e deixa de ser tão preocupante nos meses mais secos.

Em geral, a gripe em cachorro não costuma colocar em risco a vida do animal, mas, mesmo assim, é importante levá-la a sério. Além de poder evoluir para quadros mais graves, ela também causa muito desconforto ao paciente. Para entender melhor, basta lembrar da última vez que você ficou gripado.

Como ocorre o contágio?

Para desenvolver a doença, o cão tem que ter contato com o vírus. Entre as formas mais comuns de transmissão da gripe estão:

  • convivência com um animal contaminado;
  • compartilhamento de bebedouros e comedouros com animal doente;
  • contato em parques, áreas de recreação e outros espaços, principalmente fechados, com animal que tenha o vírus.

A imunidade do cachorro vai determinar se ele apresentará ou não manifestações clínicas da doença. Por isso, a gripe em cães é mais comum durante estações chuvosas e meses mais frios, nos quais as defesas do organismo tendem a cair. 

Lembrando que, apesar de contagiosa, a gripe canina não passa para humanos, sendo um risco apenas para outros pets. Dessa forma, é importante não dar nenhum tipo de medicamento humano para cachorro gripado.

cachorro olhando para a frente com expressão séria

Sintomas da doença

Assim como uma gripe em humanos, a gripe canina tem sintomas clássicos. Segunda a médica-veterinária da Petz, Dra. Thaís Batista, os sinais mais comuns da influenza em cachorros são:

  • tosse insistente;
  • coriza;
  • apatia;
  • febre;
  • perda de apetite;
  • olhos lacrimejantes.

Apesar de tudo isso, devemos ressaltar que nem todos os cachorros apresentam os seis sintomas dessa lista. Fique atento e, na dúvida, leve seu pet ao veterinário e garanta um diagnóstico precoce, que pode ser importante para o tratamento.

Diagnóstico e tratamento

Ao perceber que seu animal apresenta sintomas de gripe, procure um médico-veterinário assim que possível. O profissional poderá chegar ao diagnóstico depois de uma conversa com alguém da família, um exame físico e, eventualmente, alguns exames laboratoriais.

Assim como acontece com humanos, muitas vezes, a gripe desaparece após alguns dias. No entanto, para que o cachorro se recupere de forma rápida e saudável, alguns cuidados fundamentais devem ser tomados.

Dê muita água para o pet e garanta uma alimentação saudável e equilibrada. Em alguns casos, o veterinário pode receitar anti-inflamatórios e antibióticos, conforme os quadros que já estiverem associados à doença. Com as recomendações de um especialista, é possível livrar seu pet da doença por meio de um tratamento rápido e eficaz.

Devo me preocupar?

Um cachorro com gripe costuma ficar manhoso e carente. Por mais que ver o seu filho de quatro patas desanimado e abatido seja de cortar o coração, não se preocupe: a gripe canina é uma doença simples e não costuma trazer graves consequências. No entanto, é necessário seguir o tratamento receitado à risca, além de ficar atento a quaisquer sinais de melhora ou piora do quadro e deixar o cachorro descansar.

O que fazer para prevenir a doença?

Para quem deseja proteger o pet da gripe, especialistas recomendam a manutenção da imunidade, fornecendo boa alimentação e muita água. Lembre-se de que manter a vacinação do pet e a vermifugação em dia são cuidados essenciais para assegurar boa saúde ao animal.

Para garantir que seu filho de quatro patas fique longe do vírus da gripe, uma boa notícia: em clínicas veterinárias modernas e equipadas como as da Petz, é possível encontrar vacinas contra a doença, deixando seu amigo ainda mais seguro. Procure a unidade mais próxima e venha nos fazer uma visita!

cachorro pequeno deitado no sofá

Se você gostou de saber tudo sobre a gripe canina, fique ligado no blog e nas redes sociais da Petz! Estamos sempre postando diversos conteúdos para que seu amigo de quatro patas tenha sempre os melhores cuidados possíveis. Aproveite!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *