Parto de cachorro: descubra como os filhotes vêm ao mundo

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 16, 2019

Bem-Estar
Parto de cachorro: descubra como os filhotes vêm ao mundo
Tempo de leitura: 4 minutos

Você já se perguntou como acontece o parto de cachorro? Afinal, o nascimento do seu amiguinho de quatro patas é um momento emocionante e repleto de cuidados, tanto para a mãe quanto para os filhotes. E, a partir desse instante a ligação entre o tutor e o novo membro da família nasce.

Gestação canina: quanto tempo leva até o parto de cachorro

O que antecede o nascimento de um filhote quase todo mundo sabe: basta um cruzamento entre um cão macho e uma cadela no cio e pronto! É o início da gravidez.

Já quanto tempo dura a gestação é algo que surpreende muita gente. Isso porque, enquanto a gravidez humana dura, em média, 9 meses, a dos cachorros leva só 9 semanas (ou cerca de 63 dias).

Para tutores com cadelas não castradas, saber reconhecer quando a cadela pode estar prenhe é importante. Afinal, trata-se de um período delicado no qual a pet precisa de cuidados especiais.

Para isso, fique atento a sinais como redução de apetite, inchaço nas mamas e mudanças de comportamento. Em caso de suspeita, o veterinário deve sempre ser consultado.

“É preciso ter cuidado para não confundir com gravidez psicológica, tumores de mama ou abdômen, ou líquido no abdômen”, diz a Dra. Karina Mussolino, médica-veterinária e gerente de clínicas da Petz. Segundo explicou a especialista, a confirmação é feita por meio do ultrassom abdominal, a partir dos 21 dias.

Parto de cachorro o que fazer? Entenda os sinais

Com acompanhamento veterinário adequado, é mais fácil se preparar e não ser pego de surpresa pelo parto. No entanto, o tempo de gestação pode variar, e alguns sintomas pré trabalho parto da cadela podem indicar que ele está prestes a acontecer. São eles:

  • Isolamento ou agitação;
  • Perda de apetite;
  • Realização de ninhos;
  • Ruptura da bolsa,
  • Contrações.

Quando esses sinais aparecem, não é preciso correr para a clínica veterinária mais próxima. Para cadelas saudáveis, que tenham tido acompanhamento pré-natal, o parto acontece de forma muito natural.

Mas, embora, no geral, não precise da intervenção do tutor, o ideal é garantir que a pet tenha um lugar limpo, tranquilo e quentinho onde possa se concentrar no parto.

Quando procurar ajuda para o parto de cachorro

Mesmo que a cadela se encarregue do parto por conta própria, isso não quer dizer que o tutor possa descuidar ou se ausentar. Já que em algumas situações, algo pode não sair como planejado, exigindo atenção veterinária imediata. Entre elas, a Dra. Karina destaca:

  • Quando as contrações param ou se tornam menos vigorosas mesmo ainda havendo filhotes para nascer;
  • Quando um feto se insinua no canal vaginal, mas não progride;
  • Quando o intervalo entre o nascimento de um filhote e outro é maior que duas horas,
  • Quando a cadela dá sinais de que está com muita dor ou aparenta estar extenuada.

Em qualquer um desses eventos, a pet deverá receber atendimento veterinário imediatamente. Além disso, procure verificar também se a cadela limpa os fetos dos anexos placentários e se não se mostra agressiva com eles.

Cesariana x parto normal em cães

Para a médica-veterinária da Petz, Dra. Paula Braccini, “o parto das cadelas deve ser preferencialmente normal no caso de fêmeas saudáveis, com boa qualidade de contração uterina, sem histórico de trauma/fratura de quadril e à exceção de raças braquicefálicas”.

Já em caso de inércia uterina, anomalias do canal pélvico, tamanho exagerado do filhote, mal posicionamento ou anormalidade anatômica do feto, uma cesariana pode ser recomendada. Daí a importância de fazer o pré-natal e saber os modos de como induzir o parto da cadela.

“O ideal é que seja feito o acompanhamento da gestação para planejamento do parto mais adequado para cada fêmea, de acordo com porte, raça e condição clínica”, diz a Dra. Paula.

Nesse sentido, a veterinária destaca que a cirurgia é indicada no parto de cães de raças como pug, shih-tzu, buldogue francês e outros. Isso porque, devido à conformação do crânio deles, pode haver obstrução do canal do parto. “Fato que indica a necessidade de intervenção emergencial”, alerta a especialista.

Cuidados após o parto

Depois do nascimento, é hora de ficar muito atento aos cuidados com a mamãe e seus filhotes! “A mãe deve conseguir aquecê-los, uma vez que filhotes neonatos ainda não possuem capacidade de regulação térmica, deve amamentá-los de forma adequada e estimular a urina e a defecação após cada refeição”, orienta a Dra. Paula.

O leite materno é a única fonte de alimento dos filhotes até que completem 45 dias de vida. Sendo assim, nessa fase, é essencial ficar atento à capacidade de sucção de cada um e também às necessidades energéticas da cadela.
Em geral, elas precisam de suporte nutricional específico, recomendado por um veterinário.

E então, gostou de saber mais sobre parto de cachorro? Acompanhe o blog da Petz, caso tenha uma cadela não castrada com suspeita de gravidez e descubra mais informações sobre essa fase da sua pet.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *