Por que o cachorro uiva? Saiba o que diz a ciência

Postado por PETZ, em 07/05/2019

Cães
Por que o cachorro uiva? Saiba o que diz a ciência

Se fosse só em noites de lua cheia, a gente até entenderia — ou colocaria a nossa imaginação para funcionar. Mas, muitas vezes, basta ouvir uma ambulância, o latido de outros cães ou passar algumas horas sozinho, que começa o típico lamento. E, então, você já se perguntou por que o cachorro uiva?

Bem característico dos lobos e dos cães, o uivo é natural e, no começo, costuma divertir os tutores. Mas fique atento! Em excesso, o som pode indicar problemas, como dores ou ansiedade por separação. Vamos saber mais sobre o uivo dos cachorros?

Uivo canino: uma herança dos lobos

De acordo com vários estudos, o uivo do lobo-cinzento é ouvido a quilômetros de distância e pode alcançar, facilmente, 90 decibéis.

“O uivo é utilizado pelo lobo para se comunicar com a alcateia”, explica a médica veterinária comportamentalista Katia De Martino. Nesse sentido, acredita-se que eles façam isso com três objetivos principais:

  • Afastar inimigos: ao emitir o som, os lobos avisam lobos de outra matilha que aquele é o território deles e que é melhor se manterem afastados;
  • Localizar membros da matilha: já se perguntou como os lobos de uma mesma alcateia se reencontram após a caça? Isso mesmo, por meio dos uivos!
  • Para se comunicar: assim como os cães, lobos são animais essencialmente sociais e utilizam o uivo para “conversar”, por exemplo, alertando uns aos outros sobre perigos.

Os lobos são tão sábios no uso do uivo como forma de comunicação que, durante o período de reprodução, eles, frequentemente, param de emitir esse som! Assim, não denunciam sua localização para possíveis predadores. Fascinante, não é mesmo?

Porque os cachorros uivam do nada? Há possíveis significados

Você pode estar pensando: “Certo, mas se meu cachorro não vive sob ameaça de predadores, por que ele uiva?”. De acordo com a Dra. Katia, parte disso é puro instinto.

“Esse tipo de comportamento dos cães domésticos é herdado dos lobos, e eles usam para se comunicar”, esclarece a especialista.

Não é à toa que raças mais próximas aos lobos, como Akita e Malamute-do-Alaska, tendem a uivar mais.

“Mas há outros fatores, como o pet permanecer muito tempo sozinho, para chamar atenção, quando está ansioso, quando tem algum estímulo muito grande para ele, ou também em caso de algum desconforto, seja físico ou emocional, que podem levar o cão a uivar”, completa a Dra. Katia.

Veja os significados mais comuns de ver um cachorro uivando:

  • Ansiedade por separação: é comum que muitos tutores passem o dia fora, mas nem todos se preocupam em garantir o bem-estar do pet durante os períodos de ausência. Quando isso acontece, o uivo é sinal de que o cachorro está em sofrimento pela separação do seu tutor.
  • Fome ou sede: cada cachorro tem um jeito diferente de informar aos tutores que precisa de alguma coisa, sendo que alguns usam o uivo para avisar que estão sem comida e/ou água disponíveis,
  • Dor: além de apatia e de falta de apetite, uivos longos e frequentes também podem ser um sintoma de que o pet está com alguma dor aguda.
  • Para chamar atenção do tutor: se o cão uiva seja por fome, sede ou por outra coisa e damos a ele o que quer, estamos reforçando o comportamento de uivar. O ideal é que esperemos parar de uivar e mostrar outras formas de chamar sua atenção, como lamber o pote de água ou comida para oferecermos o que ele quer.

Por isso, se seu amigo anda uivando mais que o normal, não hesite. Leve-o o quanto antes ao veterinário para uma avaliação.

Cachorro uivando: o que fazer?

Para resolver o problema, é preciso compreender a linguagem canina. Broncas ou outros tipos de punições nunca devem ser uma escolha. Compromete ainda mais o bem estar do cão, e corre o risco de mascarar sintomas de quadros mais graves. Em vez disso, o primeiro passo é descobrir a causa dos uivos constantes.

Será que seu amigo está assustado? Procure acostumá-lo a barulhos altos, associando-os a momentos prazerosos, como de brincadeiras ou de petiscos. Ele uiva quando fica sozinho? Aposte em brinquedos interativos que possam distraí-lo na sua ausência. Tem comida e água para ele? Criar uma rotina de alimentação ajuda o tutor a lembrar dos horários de cada refeição.

Segundo a Dra. Katia, “sempre que um cão uiva muito, é recomendado procurar um veterinário comportamentalista para entender se é uma causa física ou comportamental.”

Para saber mais sobre como cuidar e garantir o bem-estar do seu pet é só conferir outros posts e adquirir produtos com condições imperdíveis no Pet Shop on-line da Petz. Confira!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *