5 dicas de como deixar a calopsita feliz

Postado por PETZ, em Atualizado em Aug 17, 2021

Aves
5 dicas de como deixar a calopsita feliz
Tempo de leitura: 4 minutos

Um animal de estimação é capaz de trazer muita alegria ao lar e transformar a vida dos seus tutores. No entanto, para isso, é importante que seja bem cuidado, receba atenção e se sinta feliz. No caso das aves, a calopsita tem destaque especial pela personalidade companheira e brincalhona. Mas como deixar a calopsita feliz?

calopsita brincando

Os tutores iniciantes podem ter certa dificuldade. Isso porque a calopsita é um animal muito inteligente e ativo, que também pode demonstrar personalidade forte caso não tenha seus desejos atendidos ou fique muito tempo sem receber atenção. 

Quem convive com esses pequenos seres sabe avaliar seus sentimentos com bastante precisão, mas se você está pensando em ter essa ave agora, como tutor de primeira viagem, fique de olho nos sinais e veja como deixar a calopsita muito feliz.

Enriquecimento ambiental e bem-estar animal são tudo

Segundo a Dra. Marianne Azevedo Teixeira, médica-veterinária e tutora de duas calopsitas, os cuidados com calopsita devem atender às necessidades físicas e mentais, e para isso é preciso entender um conceito chamado “cinco liberdades”:

  • Estar livre de fome e sede;
  • Estar livre de desconforto;
  • Estar livre de dor, doença e injúria;
  • Poder expressar os comportamentos naturais da espécie,
  • Estar livre de medo e de estresse.

De acordo com a especialista, o enriquecimento ambiental eleva o bem-estar animal e ajuda a manter a calopsita feliz e ativa. “São atividades e técnicas que levam estímulos ao ambiente do animal, possibilitando simular situações que ocorrem na natureza”, explica.

Tais atividades reduzem o estresse e previnem o surgimento de comportamentos anormais, como isolamento e arrancar as próprias penas. É essencial, portanto, garantir que as calopsitas em cativeiro se sintam confortáveis para se comportarem conforme a espécie.

Nesse caso, uma calopsita muito feliz precisa praticar atividades próximas às que faria ao ar livre e ter suas necessidades básicas atendidas. Não basta alimentar o pet, nós também queremos que ele seja feliz e viva bem, não é mesmo?

Mantenha sua calopsita feliz e ativa

A Dra. Marianne cita cinco formas de manter a calopsita feliz a fim de prevenir o estresse do cativeiro. Se você ainda não sabe como cuidar de calopsita, continue lendo e descubra cinco ótimas medidas. 

1. Incentive a busca por comida (mesmo que o acesso a ela seja fácil)

Na natureza, as aves passam a maior parte do tempo procurando alimentos. Com isso, se mantêm distraídas e ativas. Você pode simplesmente dispor um pote com sementes para a calopsita, mas é interessante usar a criatividade para aumentar as opções de entretenimento usando brinquedos para calopsita, por exemplo.

“Um bom exemplo é aumentar o nível de dificuldade da apreensão do alimento com brinquedos que, para obter o alimento, a ave deve aprender a virar o objeto, para que o alimento passe do local para um vasilhame”, exemplifica.

Também é possível fazer brinquedos com materiais facilmente encontrados em casa. “Costumo recomendar a utilização de rolo de papel higiênico, no qual escondo o alimento dentro para que minhas aves possam pensar um pouco mais na hora de se alimentarem”, afirma.

calopsita parada

2. Ofereça uma boa variedade de brinquedos

Uma calopsita feliz é muito brincalhona e, mesmo que tenha companhia, deve ter opções para se divertir e entreter. Brinquedos feitos com materiais naturais são os mais recomendados.Um exemplo são os com base de madeira, pois podem ser destruídos sem causar danos. 

“O ato de destruir a madeira é necessário para o desgaste do bico. O mercado também oferece brinquedos de materiais sintéticos, e desde que estes sejam atóxicos e seguros, também serão uma ótima opção”, diz. 

3. Ofereça alimentos saudáveis e de qualidade

Sementes e ração extrusada fazem parte da alimentação das calopsitas, além de verduras, legumes e frutas, que atuam como enriquecimento ambiental por estimular novos sabores, texturas e formas de distração.

“Um dia você pode oferecer milho na espiga e depois em grãos. A forma de apresentação do alimento é um ótimo enriquecimento ambiental. Nesse caso, é possível variar na maneira como o alimento fica na gaiola, como deixar direto na gaiola, no vasilhame ou no comedouro”, diz a veterinária.

4. Ofereça atenção e um companheiro da mesma espécie

Calopsitas são animais sociáveis, que gostam de estar em bando — e isso inclui os tutores! Elas adoram passar tempo com seus humanos. Portanto, reserve um período do dia para fazer carinho, ficar com ela no ombro, estimular atividades e se divertir.

Se você passa muito tempo fora de casa, é interessante oferecer um companheiro da mesma espécie, que pode evitar a carência e a cobrança de atenção excessiva. A fêmea é quem escolhe o parceiro, então ofereça opções para que ambos se sintam confortáveis.

5. Proporcione estímulo mental

Você já viu vídeos de calopsita alegre, jogando basquete ou praticamente outras atividades incomuns? Pois ensinar truques é um excelente estímulo que faz muito bem para a saúde mental das aves. 

“Existem vários vídeos na internet que ensinam como treinar a calopsita, e isso não só envolve o enriquecimento cognitivo dela, mas também a socialização que tanto amam”, finaliza a veterinária.

calopsita branca e bochechas vermelha

Com essas dicas fica fácil tornar o dia a dia da calopsita feliz e melhorar a relação do tutor com o pet. E para mais dicas, confira o blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *