Por que a castração de cães e gatos é tão importante?

Postado por PETZ, em 18/11/2015

Bem-Estar
Por que a castração de cães e gatos é tão importante?

shutterstock_134524514

Donos de instintos fortes, pets como cães e gatos podem apresentar comportamentos bastante intensos em função de suas próprias naturezas, e enquanto alguns ainda evitam a castração por acreditarem que o processo possa fazer mal aos seus bichinhos de estimação, ignoram que esse procedimento pode trazer uma série de benefícios para a vida e a saúde deles.

“Antes da realização do procedimento cirúrgico e anestésico, o animal deve passar por exames pré-operatórios (exames de sangue e eletrocardiograma) para ver se está apto para a castração – que consiste na remoção dos ovários e útero da fêmea ou na remoção dos testículos da bolsa escrotal dos machos”, explica a Dra. Gabriela Báos Bianchi, Médica Veterinária da unidade Matriz Petz.

Segundo ela, os exames e o tipo de anestesia são os mesmos para ambos os gêneros e o pós-operatório é tranquilo, exigindo que o animal use roupa cirúrgica e/ou colar protetor para não ter acesso à ferida da castração e tome as medicações indicadas. Os pontos costumam ser removidos entre sete e dez dias após o procedimento.

Entre cães e gatos, as fêmeas se destacam com grandes vantagens ao passar pela castração, já que o processo acaba com os riscos da piometra (inflamação grave no útero que pode ser fatal) e de que sofram com uma gravidez psicológica, além de diminuir em até 90% as chances de que desenvolvam o câncer de mama.

shutterstock_119617003

No caso dos machos, um dos maiores benefícios da castração é a diminuição do territorialismo e, consequentemente, da agressividade do pet – sem contar que o procedimento também diminui muito os riscos de que ele desenvolva câncer nos testículos ou na próstata. Mas não é somente a saúde do seu pet que sai ganhando com a castração, já que um grande problema do Brasil nos dias de hoje pode ser amenizado com essa precaução.

Evitando a reprodução de cães e gatos, a castração é fundamental para diminuir o número de pets carentes no País, levando em conta o fato de que boa parte dos abandonos de pets nos dias de hoje ocorrem em função do nascimento não planejado de filhotes.

Por isso, se o seu pet ainda não é castrado e tomar conta de novos filhotes não é um desejo seu, corra para agendar esse importante procedimento no Petz Veterinário. Além de ser uma verdadeira prova de amor e cuidado com o seu pet, a castração é um processo simples e de recuperação rápida – que pode mudar (para muito melhor) a vida e saúde do seu cão ou gato de estimação.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

Brunna - 09/05/2018

Olá, quero muito castrar meu gato antes que ele faça 6 anos e não possa mais ser castrado. Ele sempre marcou território em tudo quanto é canto, mas como nunca sai do apartamento, nunca cruzou, então acabamos por adiar demais a castração…
Gostaria de saber se é muito arriscado castrar ele agora, que está com 5 anos e mês que vem faz 6. Tenho medo que ele passe da idade e acabe desenvolvendo algum problema nos testículos ou na próstata.

Petz - 09/05/2018

Olá Bruna, tudo bom?
Todos os procedimentos cirúrgicos/anestésicos têm riscos em qualquer idade. Quando o animal entra na fase senil, os órgãos principais sofrem alterações devido a idade avançada e assim, a metabolização das medicações (bem como dos anestésicos) sofre algumas alterações, podendo aumentar o risco desse procedimento.
Portanto, o ideal é que seja feito um check-up completo antes do agendamento da cirurgia. Através desses exames, o médico veterinário detectará a funcionalidade dos órgãos e avaliará as condições para que seja submetido à anestesia e à cirurgia com o menor risco possível, mesmo nessa idade.
Com relação às alterações testiculares e em próstata, o risco de desenvolvê-las será menor quanto antes ele for castrado (mas isso não quer dizer que não exista a possibilidade, mas sim, que ela será muito menor).
Esperamos ter ajudado! 🙂
Equipe Petz (Priscilla Larrussa de Alencar, Médica Veterinária Internação Petz)

Brunna - 04/12/2015

Olá, quero muito castrar meu gato antes que ele faça 6 anos e não possa mais ser castrado. Ele sempre marcou território em tudo quanto é canto, mas como nunca sai do apartamento, nunca cruzou, então acabamos por adiar demais a castração…
Gostaria de saber se é muito arriscado castrar ele agora, que está com 5 anos e mês que vem faz 6. Tenho medo que ele passe da idade e acabe desenvolvendo algum problema nos testículos ou na próstata.

Petz - 08/12/2015

Olá Bruna, tudo bom?
Todos os procedimentos cirúrgicos/anestésicos têm riscos em qualquer idade. Quando o animal entra na fase senil, os órgãos principais sofrem alterações devido a idade avançada e assim, a metabolização das medicações (bem como dos anestésicos) sofre algumas alterações, podendo aumentar o risco desse procedimento.
Portanto, o ideal é que seja feito um check-up completo antes do agendamento da cirurgia. Através desses exames, o médico veterinário detectará a funcionalidade dos órgãos e avaliará as condições para que seja submetido à anestesia e à cirurgia com o menor risco possível, mesmo nessa idade.
Com relação às alterações testiculares e em próstata, o risco de desenvolvê-las será menor quanto antes ele for castrado (mas isso não quer dizer que não exista a possibilidade, mas sim, que ela será muito menor).
Esperamos ter ajudado! 🙂
Equipe Petz (Priscilla Larrussa de Alencar, Médica Veterinária Internação Petz)