Dia Mundial dos Animais: origem e como ser um defensor

Postado por PETZ, em 03/09/2021

Aquário
Dia Mundial dos Animais: origem e como ser um defensor

Não há nada mais justo do que celebrarmos o Dia Mundial dos Animais, não é mesmo? Afinal, nossos amigos peludos nos presenteiam todos os dias com muito carinho e amizade. 

Porém, mais do que um dia dos animais de estimação, essa data é um alerta para a importância da preservação de todas as espécies e do meio ambiente. Ela é, na verdade, um grito em defesa da vida.

araras em um galho

Pensando nisso, vamos comemorar esse dia tão especial do jeito que gostamos: compartilhando informações que ajudam a estreitar os laços com os bichos e a natureza. Fique conosco e saiba mais sobre a origem do Dia dos Animais, como você pode contribuir com a causa e como denunciar casos de maus-tratos.

Como surgiu o Dia Mundial dos Animais?

Essa história começa oficialmente em 8 de maio de 1931, em Florença, na Itália. Nesse dia, órgãos de proteção aos animais se reuniram no International Animal Protection Congress e decidiram instituir a celebração do Dia Mundial dos Animais em 4 de outubro, Dia de São Francisco de Assis, santo padroeiro dos animais e da natureza.

A criação do 4 de outubro, Dia Mundial dos Animais, atendeu a um pedido do escritor e ativista alemão Heinrich Zimmermann. Ele foi o idealizador da celebração, ocorrida em 1925, em Berlim, na Alemanha.

Porém, essa data só tomou maiores proporções a partir de 1978, ano em que foi publicada a Declaração Universal dos Direitos dos Animais. Criado pela Organização das Nações Unidas Para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o documento diz que seres humanos devem proteger e respeitar os animais. 

Como podemos ver, a preocupação com a vida animal e a natureza atravessa os séculos. Isso nos faz refletir sobre a importância de darmos continuidade a esse trabalho. Destacamos algumas ações muito viáveis, como adotar um cão em vez de comprá-lo. Escolha pelo menos uma e inclua no seu dia a dia!

Como ajudar a preservar a vida animal?

Não se pode negar que para profundas transformações sociais acontecerem, são necessárias intervenções grandiosas de líderes ou até mesmo da ação decisiva de potências mundiais, por exemplo. Mas como você acha que essas mudanças se perpetuam? Nós podemos ser atores dessa importante missão!

Confira abaixo ações positivas que podem ser facilmente incluídas no nosso cotidiano, e não só no Dia Mundial dos Animais. Veja a seguir.

  • Se sentir vontade de ter um pet, prefira adotar a comprar;
  • Ao fazer a adoção, tenha atitude responsável;
  • Evite colaborar com setores que maltratem animais (circos que incluem animais nos espetáculos, por exemplo);
  • Verifique se o produto foi testado em animais;
  • Não use roupas feitas com pele ou pelos de animais;
  • Seja voluntário em um órgão que se dedique a proteger animais ou o meio ambiente.

cachorro no meio do mato

A importância dessas ações é ainda maior quando nos deparamos com dados alarmantes de violência contra animais. De acordo com dados da Agência Brasília, esse crime é o segundo maior registrado no Disque Denúncia da Polícia Civil. Por isso, saiba como denunciar a seguir.

Maus-tratos aos animais 

Agora que você já sabe que ações pontuais podem fazer toda a diferença, vamos citar mais uma que pode literalmente salvar uma vida. Estamos falando da denúncia contra maus-tratos aos animais.

Sabemos que maltratar animais é crime, conforme a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605). Além disso, em setembro de 2020, aumentou-se a pena para quem praticar atos violentos contra animais. A reclusão passa a ser de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda.

Então, se você presenciar uma situação que esteja colocando um animal em risco, denuncie. Você pode se dirigir a uma delegacia ou fazer a denúncia por telefone, ligando para a Polícia Militar (190). Se as vítimas forem animais silvestres e espécies exóticas, o Ibama (0800 061 8080) deve ser acionado.

Exemplos de maus-tratos aos animais

  • Abandonar animais domésticos nas ruas;
  • Envenenar, mutilar ou ferir;
  • Capturar animais silvestres;
  • Não dar comida e água diariamente;
  • Forçá-los ao cansaço extremo;
  • Não protegê-los do sol, frio ou chuva.

Está vendo como você pode ser um grande protetor dos animais? Basta estar disposto a mudar hábitos e não fechar os olhos para o que acontece ao seu redor. Por isso, a mensagem do Dia Mundial dos Animais nos ensina que, embora seja celebrada em um dia do ano, devemos incorporar a causa e levá-la para nossa vida. 

E para quê esperar 4 de outubro para desejar um feliz dia dos animais, não é mesmo? Todos os dias do ano podem ser tempo de cuidar dos bichinhos que tanto cuidam da gente! 

gato preto com um gato marrom ao fundo

Para finalizar, temos uma dica de como celebrar essa data tão especial. Que tal presentear o seu companheiro de quatro patas com os serviços e produtos de primeira qualidade oferecidos pela Petz? Esperamos por você!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *