7 cuidados com gata grávida

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 28, 2020

Bem-Estar
7 cuidados com gata grávida
Tempo de leitura: 4 minutos

Só tem uma coisa mais fofa que um bichano: gatos filhotes! E, caso você tenha uma gata grávida em casa, provavelmente está ansioso para seus novos amigos chegarem. Entretanto, a gestação é um período delicado e demanda atenção. 

gata prenha deitada

Alguns cuidados são necessários para oferecer à futura mamãe todo o conforto para passar esse momento de forma tranquila! Para saber como ajudar sua filha de quatro patas, continue lendo, pois preparamos um guia com 7 cuidados para auxiliar na gestação de gato.

1. Procure auxílio veterinário

O primeiro passo a tomar, ao perceber uma gata grávida, é buscar ajuda de um veterinário. O especialista poderá verificar a saúde da bichana, analisar o estágio da gravidez, realizar exames e ainda auxiliar com orientações para as próximas semanas. 

As recomendações para uma gata prenha são muito úteis, mas um especialista poderá analisar pessoalmente do que sua amiga precisa. Algumas mamães necessitam de cuidados especiais durante a gravidez. Por isso, sempre busque um profissional de confiança. Assim, o pet poderá ter segurança para passar por uma gestação sem complicações.

2. Ofereça uma ração de qualidade

Oferecer uma ração de qualidade para o pet é sempre recomendado. Entretanto, durante o tempo de gestação do gato, essa indicação é ainda mais importante. Isso porque uma gata grávida precisa de uma boa fonte de energia para alimentar seus futuros bebês. 

O Dr. Bruno Saito, médico-veterinário da Petz, explica que fornecer ração de alta qualidade evita risco de complicações. É importante lembrar de que as rações premium e super premium são produzidas com ingredientes nobres. Dessa forma, elas possuem todos os nutrientes que os bichanos precisam, oferecendo uma maior qualidade de vida aos animais.

3. Forneça um ambiente tranquilo

Uma gata grávida está passando por um momento delicado. E uma das principais ações para ajudá-la é diminuir o estresse ambiental. “O mais importante é fazer com que ela se sinta segura e confortável em sua casa” afirma o Dr. Bruno. 

Devemos destacar que felinos são pets desconfiados. Graças a seus genes de caçadores, os bigodudos vivem como se estivessem em uma verdadeira selva, sempre à espreita. 

Nesse caso, barulhos e movimentos bruscos podem assustar a bichana, levando a um estresse prejudicial. Em um lar tranquilo, a futura mamãe terá de se preocupar apenas com a gravidez e com dar à luz a seus fofos filhotes.

gata laranja prenha

4. Ofereça muito carinho e segurança

Vale a pena reforçar: é fundamental que uma gata grávida se sinta segura no período da gestação. Fornecer um ambiente tranquilo é muito importante, assim como mostrar apoio e segurança. Lembre-se de que os bichanos compreendem que são parte da família. 

Por isso, é importante demonstrar para sua amiga que ela é amada e que terá todo o apoio possível com a chegada dos filhotes. A melhor forma de criar uma relação saudável com seu pet é oferecendo-lhe carinho e atenção. 

Caso tenha uma rotina atarefada, não se esqueça de tirar algumas horas do dia para cuidar da sua amiga de quatro patas. Esses momentos são essenciais na relação entre tutor e pet, especialmente durante a gestação de gata

5. Deixe-a praticar suas atividades

Bichanos são pets divertidos e amorosos. Assim como adoram brincar e gastar sua energia, também gostam de um bom momento de colo e carinho. Com uma gata grávida, não é diferente. Fazer exercícios é saudável para a gatinha, pois ela estará se mantendo ativa e forte para o grande dia. 

Especialistas explicam que não é preciso medo: os gatos possuem uma grande consciência do seu corpo e dificilmente se envolvem em um incidente, ainda mais em um momento tão delicado. 

Entretanto, fica um alerta para os tutores. É necessário ter cuidado ao pegar a futura mamãe no colo, brincar ou fazer carinho. Lembre-se de que sua amiga está em uma fase sensível, então, evite movimentos ríspidos.

6. Prepare um espaço para o grande dia

Os bichanos são pets muito independentes: tomam banho sozinhos, não precisam de passeios e ainda enterram as próprias necessidades. Em uma gravidez de gato, a história não é tão diferente. “As gatas são perfeitamente capazes de lidar com o trabalho de parto sozinhas”, explica o Dr. Bruno. 

No entanto, é possível auxiliar sua filha de quatro patas criando um espaço seguro para o grande dia. As felinas, muitas vezes, constroem pequenos “ninhos”, um espaço confortável para o momento de dar à luz. 

A escolha, geralmente, é um local tranquilo e quieto, longe de muita movimentação. Uma boa ideia para ajudar sua amiga é levar a caminha, o comedouro e o bebedouro para esse ambiente. E lembre-se de oferecer sempre materiais produzidos especialmente para pets, a fim de evitar acidentes e riscos de intoxicação! 

7. Deixe-a tranquila nos primeiros dias

Após o grande dia, você terá lindos filhotes de gato em casa, além de uma orgulhosa mamãe! Porém, os cuidados com sua gata grávida não acabam imediatamente depois do parto. 

O Dr. Bruno explica que os primeiros dias com gato recém-nascido ainda configura um momento delicado. Por mais que você queira fazer carinho na mãe e nos bebês, deixe-os tranquilos por, pelo menos, uma semana. 

A movimentação, com visitas e agrados, pode estressar a bichana, que estará preocupada com a segurança de seus filhotes. Após esse primeiro período, você terá muito tempo para encher os pets de carinho. 

gata prenha

Gostou de saber sobre os principais cuidados com gata grávida? Então, confira o blog da Petz e tenha acesso a outros conteúdos sobre o universo pet!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *