Gato troca de pelo? Saiba a resposta para essa e outras perguntas!

Postado por PETZ, em 22/08/2019

Bem-Estar
Gato troca de pelo? Saiba a resposta para essa e outras perguntas!

Quem tem a sorte de conviver com um bichano sabe como é agradável ficar longos momentos com ele dormindo em seu colo. Mas, quando o bichano levanta, geralmente, deixa um mar de pelos! E, em algumas fases da vida do gato, os pelos parecem ser ainda mais frequentes, então será que gato troca de pelo?

Como lidar com a queda de pelos em gatos? Continue lendo para aprender mais sobre o assunto!

Gato troca de pelo: a queda é normal?

Antes de mais nada, é importante ressaltar que a queda de pelos é um processo natural dos bichanos. Os cabelos, por exemplo, também possuem um ciclo de vida: nascem, crescem, envelhecem e, naturalmente, caem. Acontece nos gatos, cachorros, e até nos humanos!

Por isso, se você tem um gato perdendo pelo, não se preocupe! Provavelmente, está tudo bem com seu amigo de quatro patas. Mas, além deste queda natural, que ocorre todos os dias. Saiba que também há períodos nos quais o bichano passa por alterações fisiológicas. Nestas fases, o pet pode perder mais pelo que o normal!

Afinal, gato troca de pelo?

De acordo com o médico veterinário da Petz, Dr. Marinque Cardoso, especialista em dermatologia, a resposta é sim, gato troca de pelo!

Isso ocorre, ao menos, uma vez na vida do bichano. É um processo natural de amadurecimento! O veterinário explica os principais momentos em que isso acontece:

  • Queda de pelos em filhotes: aproximadamente aos 4 meses de idade, todos os gatinhos passam por um processo de troca de pelo. Neste momento, o bichano perde sua pelagem de bebê e adquire traços de adulto. É seu filho de quatro patas amadurecendo!
  • Trocas nas estações: assim como outros animais, os gatos também possuem uma troca de pelos em diferentes estações. Que ocorre, normalmente, na primavera e outono. Porém, o Dr. Marinque reforça que esta troca de pelo de gato não é tão perceptível no Brasil. Principalmente nas regiões mais quentes, onde as estações são menos marcadas por mudanças no clima.

O especialista explica também que esta troca de pelo em gatos pode, inclusive, levar a uma alteração no visual de seu filho de quatro patas.

Durante estas fases, o bichano pode ganhar cores mais escuras ou mais claras, dependendo da alimentação, exposição ao sol e outros fatores. Mas não ache que gato muda de cor assim tão fácil. Esta alteração é sútil, e ocorre principalmente em pets de raças como siamesa ou himalaia.

Doenças relacionadas a troca de pelo de gato

Em alguns casos, quando o gato troca de pelo pode ser algo mais que simples crescimento do bichano. O Dr. Marinque alerta que, em casos de falha de pelos em ou queda de pelo de gato acompanhada de feridas, o pet pode estar com um problema de saúde.

Muitas doenças podem resultar em uma queda anormal de pelos. O especialista ressalta os seguintes problemas:

  • Queda excessiva: Desnutrição, estresse ou mudança ambiental podem causar este problema;
  • Queda localizada: Manchas sem pelo no gato são sinais de alergias, estresse ou fungos;
  • Queda de pelo nas orelhas: otite e sarna de orelha são os principais motivos,
  • Queda de pelo e feridas: se a queda vem acompanhada de feridas, pulgas, alergia e insetos são as principais causas.

O Dr. Marinque reforça que toda queda de pelo anormal deve ser acompanhada por um veterinário. Somente o atendimento especializado saberá identificar a origem do problema e como tratá-lo.

Como passar pela troca de pelos em gatos

A troca de pelos em gatos pode até ser um processo natural, mas não é fácil viver com um pet que deixa um rastro por onde passa, não é mesmo?

Por isso, se você tem um gato sem pelo em casa, não se preocupe. Seguindo algumas dicas simples, é fácil passar por esta fase sem muita dor de cabeça.

  • Ofereça sempre uma boa ração: a nutrição possui um papel-chave na pelagem dos pets. Uma boa alimentação e o uso de vitamina para gatos com queda de pelo vai garantir que o felino tenha pelos fortes e saudáveis. Sempre escolha rações de boa qualidade, de preferência premium ou superpremium;
  • Escove o gato: gatos adoram um carinho, e também vão gostar de uma boa escovada! Além de ser um momento agradável de interação com seu pet, a escovação vai retirar os pelos mortos. É só pensar: é melhor que eles fiquem na escova que espalhados no sofá!
  • Tenha áreas livres de gatos: por mais que você ame seu filho de quatro patas, imponha limites. No caso de um gato com queda de pelos, é interessante manter algumas áreas fora do alcance do bichano, como camas, sofás ou o quarto das crianças,
  • Considere banhos: por fim, um assunto polêmico para gatos: o banho. Diferente de outros pets, gatos não precisam de banhos regulares. Porém, um banho ocasional, principalmente na época de troca de pelos em gatos, pode ser uma ótima ideia!

O Dr. Marinque reforça que o veterinário deve sempre acompanhar o crescimento de seu amigo peludo. O especialista saberá dizer se a queda é apenas uma troca de pelo de gatos ou se é necessário mais atenção.

Caso você precise levar seu amigo para uma consulta, na Petz você encontra excelentes clínicas! Além de uma equipe atenciosa, você também vai encontrar tudo para a saúde e bem-estar de seu filho de quatro patas. Venha nos fazer uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *