Gatos peludos: 5 cuidados para mantê-los lindos e saudáveis

Postado por PETZ, em Atualizado em Feb 1, 2019

Bem-Estar
Gatos peludos: 5 cuidados para mantê-los lindos e saudáveis
Tempo de leitura: 7 minutos

Não é todo dia que a gente encontra um gato de pelo longo andando por aí. Talvez por isso, gatos peludos exerçam um fascínio especial por onde passam, e muitos gateiros sonhem ter um pet de pelo bem comprido para chamar de seu.

Faz parte desse time? Pois saiba que, em geral, gatos de raças de pelos longos são muito companheiros, carinhosos e amigáveis. No entanto, é preciso dedicação para manter a pelagem exuberante e para evitar nós, bolas de pelo e até doenças de pele.

A seguir, vamos descobrir quais são as raças mais peludas e que cuidados com pelos de gato você deve ter com elas.

As raças mais peludas

Gatos sem raça definida também podem ter pelos longos. Mas, para quem pretende levar para casa o bichano ainda filhote, muitas vezes não dá para ter certeza de que isso vai acontecer. Nesse caso, o jeito mais garantido de ter um animal de pelos longos é escolher uma das seguintes raças:

Maine Coon

É uma das raças mais famosas quando o assunto são gatos peludos e gigantes. Considerada uma das raças mais antigas dos Estados Unidos, ela teria surgido no Estado do Maine, a partir do cruzamento de gatos domésticos americanos com gatos de pelo longo vindos da Europa, em embarcações vikings.

Teorias à parte, os gatos da raça Maine Coon são muito carinhosos, inteligentes e um pouco preguiçosos. Além disso, eles estão entre os poucos bichanos que adoram água e banho. E isso é ótimo para a pelagem deles!

Norueguês da Floresta

Frequentemente confundido com o Maine Coon, o Norueguês da Floresta também seria um descendente dos gatos selvagens nórdicos, utilizados pelos vikings para o controle de ratos nas embarcações.

É um animal amigável, tranquilo, curioso e muito independente. No que diz respeito à pelagem, possui uma dupla camada de pelo, o que torna essa cobertura praticamente impermeável. Mas, ao contrário do que isso pode fazer crer, o pelo do norueguês da floresta não é dos mais difíceis de cuidar.

Persa

Está aí outra raça bem famosa quando o assunto são gatos peludos! Como o próprio nome sugere, acredita-se que os felinos com essas características tenham surgido na antiga região da Pérsia (atual Irã).

Muito tranquilos e dorminhocos, os Persas são carinhosos e apegados à família, mas, ainda assim, bastante independentes.

A pelagem muito densa e o focinho curto, que dificultam a autolimpeza, fazem com que cuidar dos pelos desses animais seja trabalhoso, com escovação diária e banhos regulares.

Angorá

Originário da Turquia, o gato Angorá pode ser de diversas cores, embora o mais comum seja o de pelagem branca, muitas vezes com um olho de cada cor.

Bom para famílias com crianças, o angorá é muito esperto, inteligente e brincalhão. Mas é importante respeitar o espaço do animal, já que os gatos dessa raça também apreciam momentos sozinhos, de tranquilidade.

Apesar de farta, a pelagem é fina e sedosa, o que facilita o cuidado com ela.

Ragdoll

Muito charmosos e cativantes, os Ragdolls parecem verdadeiros bichinhos de pelúcia, com seus pelos longos e atentos olhos azuis.

Diferente do que ocorre com raças mais antigas, sua origem é bem conhecida e documentada. O Ragdoll surgiu na Califórnia, a partir de cruzamentos entre uma gata branca de pelos longos e gatos domésticos de pelos curtos.

É um gato muito dócil, caseiro e carinhoso, estando entre os poucos bichanos que costumam seguir os tutores pela casa. Os pelos fininhos precisam de escovação regular, para evitar a formação de nós.

Birmanês

Imagine um gato com o padrão de pelagem do Siamês, mas com pelos longos. É assim o Birmanês, um dos gatos mais peludos! A origem da raça é incerta, mas acredita-se que ele tenha surgido a partir do cruzamento das raças Persa e Siamês.

O resultado é um gato único, dono de uma característica para lá de especial: todo birmanês tem “luvinhas” brancas nas quatro patas.

Brincalhões e independentes, os gatos dessa raça possuem pelagem farta, macia e sedosa, mas relativamente fácil de cuidar, devido à ausência de camada de subpelos.

5 cuidados essenciais com os gatos peludos

Agora que você já conhece as raças mais peludas, já sabe também que a pelagem não é igual entre esses gatos. E, de acordo com a Dra. Vanessa Juzenas, médica-veterinária da Petz, ela muda não só entre as raças, mas também entre indivíduos do mesmo padrão racial.

“Alguns gatos possuem uma pelagem mais densa, com pelos secundários (subpelo). Outros têm uma pelagem mais ‘aberta’, mas com uma quantidade maior de pelos”, diz a veterinária.

De um jeito ou de outro, gatos de pelos longos exigem cuidados especiais, como você confere a seguir:

1. Escove o pet diariamente

Mesmo para gatos de pelo curto, a escovação é importante para auxiliar na remoção de pelos soltos, evitando a formação de bolas de pelo. No entanto, no caso dos gatos peludos, ela é essencial, ajudando a desembaraçar os pelos e a remover sujeiras, que podem contribuir para o surgimento de doenças de pele.

O ideal é escovar o gato peludo diariamente. Para isso, a Dra. Vanessa recomenda acostumar o gato à escovação desde filhote. “Sempre escove o bichano em um lugar no qual ele se sinta confortável e associe esse momento a um reforço positivo, para que todo o ritual seja prazeroso”, diz a Dra. Vanessa.

2. Dê banho no bichano

Assim como a escovação, os banhos também removem sujeira e pelos mortos e, por isso, são importantes para manter a pelagem exuberantes e evitar o surgimento de doenças de pele.

Os gatos são animais praticamente autolimpantes, mas, os de pelos longos, acabam precisando de banho para facilitar o manejo da pelagem.

Em geral, esse banho pode ser dado a cada 60 dias, sempre em locais capacitados para dar banho em gatos, com produtos adequados e com o cuidado de secar completamente o pelame.

A necessidade e a frequência ideal de banhos, porém, devem ser indicadas por um veterinário, conforme as características de cada pet. “Alguns gatos podem apresentar problemas de pele, sendo indicado dar banhos até com uma frequência maior”, explica a Dra. Vanessa.

3. Capriche na escolha da ração

Engana-se quem pensa que os cuidados com os pelos são puramente externos! Na verdade, os cuidados começam de dentro para fora, com uma alimentação balanceada.

“Considerando que o pelo é formado predominantemente por proteína, a nutrição contribui para a qualidade e a manutenção da pelagem”, esclarece a veterinária da Petz.

Por isso, procure oferecer rações super premium para o seu bichano, de preferência aquelas desenvolvidas especificamente para a raça dele. Quanto melhor for a o alimento, mais bonito será o pelo do gato! Além disso, procure também por ração para queda de pelos em gato.

4. Fique atento às bolas de pelo

Proporcionar uma alimentação balanceada ao gato, além de garantir a quantidade ideal de proteínas, também é importante para evitar a formação de bolas de pelo.

Caso não encontre uma ração específica para a raça do seu gato, uma dica é optar por rações super premium para gatos de pelo longo ou do tipo hairball, que ajudam a evitar os tricobezoares (as bolas formadas por pelo ingerido no trato gastrintestinal do animal).

Além disso, vale apostar também no uso de petiscos especiais e na graminha para gatos. “Por ser composta de fibras, ela auxilia na eliminação do pelo presente no intestino”, diz a Dra. Vanessa.

Caso o gato apresente prisão de ventre, falta de apetite, ânsia de vômito ou qualquer outro sintoma, não deixe de levá-lo o quanto antes para uma consulta!

5. Leve o gato para check-up regularmente

Como você já sabe, a beleza da pelagem é um reflexo da saúde do bichano. Por isso, além de ficar de olho nas carteirinhas de vacinação e de vermifugação do pet, também é importante levá-lo ao veterinário ao menos uma vez por ano.

Tem um felino em casa precisando de um banho e de cuidados especiais, inclusive os gatos peludos? O centro de estética da Petz tem equipamentos e produtos específicos e profissionais especializados no banho dos bichanos. Entre em contato para agendar um horário para seu filho de quatro patas!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *