Saiba como escolher os melhores modelos de aquários para sua casa!

Postado por PETZ, em Atualizado em Jun 18, 2021

Aquário
Saiba como escolher os melhores modelos de aquários para sua casa!
Tempo de leitura: 4 minutos

Entre os principais desafios de uma aquarista iniciante, a escolha do ambiente para os peixinhos é, sem dúvidas, uma decisão difícil. Afinal, são tantos modelos de aquários, de tamanhos e formatos diferentes que fica complicado saber qual é o mais indicado para eles.

Aquário com peixes dourados

Porém, apesar da variedade de opções, é possível facilitar o processo seguindo alguns passos na hora escolher o aquário certo. Por isso, separamos as seguintes dicas para te ajudar a tomar essa decisão. Confira:

Decida onde instalar o aquário e certifique-se da dimensão

Parece óbvio, mas nem todo aquarista de primeira viagem lembra disso na hora de pensar na montagem do aquário. Antes mesmo de ir a uma loja especializada para tirar algumas dúvidas, é preciso verificar em que lugar você planeja colocar o seu aquário.

Nesse sentido, é muito importante garantir que ele vai ficar sobre um móvel resistente, estável, próximo à tomada e em local iluminado, que não bata luz direta. Além disso, é necessário ter em mente sua funcionalidade, de modo que a área seja de fácil acesso para alimentar os peixinhos e fazer as manutenções. 

Encontrou o lugar e o móvel adequados? Anote as medidas deles! A partir disso, você saberá se precisará de modelos de aquários pequenos ou grandes. Consequentemente, você vai saber quantas e quais espécies de peixes você poderá ter.

Tenha em mente um orçamento

Segundo a médica-veterinária da Petz, Dra. Mariana Pestelli, uma das melhores maneiras de escolher modelos de aquários para sala ou diferentes cômodos da casa é fazer um orçamento.

Isso porque todo aquário depende da combinação de uma série de fatores para se manter equilibrado. Essa combinação pode resultar em algo mais em conta, como um miniaquário de vidro de água doce, ou mais caro, como os de água salgada.

Como cada tipo de aquário se adapta melhor a determinado modelo, vale apresentar para o especialista seu orçamento e encontrar a opção mais adequada a você.

Escolha entre os diferentes tipos de aquários

Se nem orçamento nem espaço são limitadores para você, os tipos de aquários ideais vão depender principalmente do seu estilo. É possível ter viveiro para uma única espécie, um peixe só, peixes-jumbo, modelos de aquário plantados, de água salgada, para peixes de mangues e muito mais.

Normalmente, para iniciantes, recomenda-se o aquário de vidro comunitário, onde podem viver diferentes peixes e plantas. O tamanho e o modelo vão depender da quantidade e dos tipos de espécies.

Defina a quantidade de peixinhos que vai abrigar

Não importa o tipo de ecossistema, a regra geral é que quanto mais peixinhos você quiser ter, maior deverá ser o tamanho do aquário. Isso porque, além do excesso de habitantes ser estressante para os peixes, a superpopulação também diminui a disponibilidade de oxigênio na água.

Vale ressaltar, no entanto, que só o tamanho do aquário não é o suficiente para determinar a quantidade de peixes permitida. Isso porque a disponibilidade de oxigênio depende também da área de superfície.  

Por isso, se quiser ter  grandes quantidades de animais, busque como fazer um aquário caseiro com grandes dimensões ou opte por modelos prontos com a estrutura mais larga que o convencional, sem se esquecer de conhecer as especialidades do seus bichinhos.

aquário redondo

Informe-se sobre o lugar de origem dos animais

Além da área de superfície, outro fator que influencia na disponibilidade de oxigênio no aquário é a temperatura da água. Por isso, para saber que tipo de água colocar no aquário e qual é a temperatura ideal, é indispensável se informar sobre a origem dos bichinhos.

Nesse sentido, tenha em mente que cada espécie pode necessitar de uma quantidade diferente de oxigênio. Por exemplo, os peixes de água fria consomem mais oxigênio que os de água doce, tendo em vista que baixas temperaturas retêm mais oxigênio. Entretanto, em alguns casos, isso também pode mudar!

Na dúvida, a melhor opção é  conversar com um especialista e se informar de qual ambiente seus peixinhos vão precisar. Assim, você não fica confuso e garante as melhores condições para os companheiros de barbatanas.  

Entenda as necessidades de cada espécie 

Não é só o consumo de oxigênio que muda de espécie para espécie. Os peixes também são diferentes no que diz respeito a questões como sociabilidade e até no funcionamento do metabolismo.

Bastante populares, os kinguios, por exemplo, são famosos por sujarem muito a água. Por isso, nunca devem ser colocados em aquários pequenos. Já os bettas, igualmente populares, além de serem peixes solitários, ainda são mais “asseados”. Sendo assim, podem ser colocados em modelos de aquários de água doce menores.

Em todos os casos, entender qual é o comportamento de cada espécie que deseja abrigar em seu aquário, é fundamental para manter o ambiente em harmonia e funcionando bem. Além disso, sabendo sobre as características do bichinho, fica mais fácil cuidar e dar amor a eles. 

aquário grande com plantas

Sabendo de tudo isso, decidiu garantir uma acomodação perfeita para seu peixinho? Então confira as opções disponíveis no catálogo da Petz. São tantos modelos e acessórios incríveis em preços acessíveis, que vai impossível não achar os produtos ideais pra você!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *