Você sabe o que fazer para o cachorro parar de lamber compulsivamente? Aprenda agora!

Postado por PETZ, em Atualizado em Nov 24, 2021

Bem-Estar
Você sabe o que fazer para o cachorro parar de lamber compulsivamente? Aprenda agora!
Tempo de leitura: 4 minutos

Por mais que alguns especialistas não enxerguem o fato com bons olhos, os tutores adoram receber os famosos “lambeijos” dos amigos de quatro patas. Mas e quando os bichinhos começam a exercer essa prática sobre objetos ou si mesmos de forma compulsiva? O que fazer para o cachorro parar de lamber?

o que fazer para o cachorro parar de lamber

Quando os peludos passam a apresentar esse tipo de comportamento, os tutores precisam se preocupar. Afinal, hábitos compulsivos nunca são sinônimo de boas notícias ou bem-estar animal.

Além disso, embora sejam naturais, as lambidas podem indicar problemas de saúde quando se tornam excessivas. Então, quando o cachorro lambe a pata frequentemente, é bom se atentar. 

Assim, por mais que os “lambeijos” sejam interpretados como demonstração de carinho, também é importante se atentar para esse tipo de comportamento. Vamos saber mais sobre o assunto? Nos tópicos a seguir, explicaremos o que fazer para cachorro parar de lamber você, objetos e até a si mesmo. 

Afinal, por que os cachorros gostam tanto de lamber?

Pode-se dizer que nós, humanos, exploramos o mundo à nossa volta por meio dos sentidos e do nosso raciocínio. Assim, ao nos depararmos com uma coisa nova, nem sempre nos vemos impelidos a tocá-la, cheirá-la ou colocá-la em nossa boca. Então, por que os cachorros lambem

Levando em conta que cães são animais irracionais, órgãos sensitivos são a principal forma deles interpretarem o mundo. Por isso, ao farejarem algo que lhes pareça interessante, eles podem acabar querendo dar uma lambidinha. Assim, é comum ver o cachorro lambendo parede, plantas e outros objetos. 

“Lamber faz parte do instinto canino. Por meio da lambida, os cães conseguem explorar o mundo com o paladar. No entanto, podem haver várias interpretações para a lambida, de modo que, somente analisando cada caso, poderemos entender o motivo de tal comportamento”. Quem explica isso é a Dra. Katia de Martino, médica-veterinária comportamental.  

Vale notar que, enquanto nós, em geral, nos pautamos pela visão, os cães dependem muito de outros sentidos, com destaque para o olfato e a audição. Não à toa, eles são capazes de sentir odores e identificar ruídos com uma precisão muito maior, mesmo a uma grande distância.

o que fazer para o cachorro parar de lamber

Quando as lambidas se tornam preocupantes?

Aprender sobre o mundo que os cerca é uma das principais explicações para as lambidas de cachorro, mas essa não é a única. Conforme explica a Dra. Katia, alguns cães também podem se lamber por motivos higiênicos. Por mais que isso não ocorra frequentemente, como nos casos dos gatos, é uma possibilidade. 

Partindo para casos mais específicos, as mães lambem os filhotes para deixar odores neles. Elas também fazem isso para estimular a micção e a defecação nos recém-nascidos.

Dito isso, é verdade que os cães podem se lamber quando sentem algum desconforto. A veterinária comportamentalista diz que é comum que os cães passem a lamber algum membro dolorido como forma de tentar aliviar a dor. É o caso de um cachorro lambendo a pata constantemente, por exemplo. 

Outras causas preocupantes das lambidas são as de ordem emocional, como a ansiedade por separação. Esse transtorno é caracterizado por um vínculo emocional exacerbado com o tutor. 

Ele pode levar a alterações comportamentais, como lambidas excessivas, além de aumento das vocalizações, reações destrutivas, entre outras. Em casos como esse, você precisa saber o que fazer para o cachorro parar de lamber as patas e outras partes do corpo. 

Além de ficar atento a quaisquer mudanças no comportamento, a Dra. Katia alerta que as lambidas devem sempre ser investigadas. Afinal, elas podem desencadear lesões, com ou sem queda de pelos, nas regiões mais afetadas. Então, fique atento se ver seu cachorro lambendo as patinhas de forma descontrolada. 

O que fazer para o cachorro parar de lamber?

Antes de mais nada, é preciso lembrar que as lambidas são naturais nas vidas dos cães. Isso porque, como dito anteriormente, os bichinhos utilizam o paladar como uma das formas de explorar o mundo. Mas o que fazer para o cachorro parar de lamber o próprio corpo ou os objetivos por disfunções emocionais?  

Se seu amigo de quatro patas tem mania de lamber as coisas, não adianta brigar com ele. Ao contrário, é preciso garantir a segurança dele, mantendo substâncias potencialmente tóxicas (como algumas plantas, inseticidas e produtos de limpeza) sempre fora do alcance do pet. 

Lambidas excessivas podem ser resultado de ansiedade ou estresse. Por isso, é importante acostumar o pet a passar algum tempo sozinho desde cedo. Dessa forma, ele não ficará tão agitado quando você precisar sair para trabalhar ou por qualquer outro motivo. 

Além disso, o enriquecimento ambiental é uma ótima maneira de estimular e distrair o peludo, dificultando o surgimento de problemas comportamentais. Não se esqueça de implementar uma rotina de exercícios físicos adequada ao porte do seu animalzinho. 

A reversão do quadro vai depender da origem do problema. Lembre-se que é fundamental descartar a possibilidade de questões de saúde, como dores ou desequilíbrios cerebrais. Por isso, ao sinal de alterações na aparência ou no comportamento, é sempre importante agendar uma consulta com o médico-veterinário. 

o que fazer para o cachorro parar de lamber

Esperamos que você saiba o que fazer para o cachorro parar de lamber compulsivamente. Para mais dicas, não deixe de explorar outros conteúdos do blog Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *