Cachorro pode comer mel?

Postado por PETZ, em Atualizado em Feb 4, 2021

Alimentação
Cachorro pode comer mel?
Tempo de leitura: 3 minutos

Para seres humanos, não existe um consenso sobre qual é a maneira mais saudável para adoçar os alimentos. No caso dos cães, o uso de adoçantes, como o xilitol, é tóxico. Além disso, não é recomendado preparar receitas caninas com açúcar ou oferecer alimentos açucarados. Mas será que cachorro pode comer mel?

Esse adoçante natural preparado pelas abelhas oferece diversos benefícios para a saúde de seres humanos e, inclusive, é muito utilizado como medicamento. Quer descobrir se cachorro pode comer mel? Continue lendo! Preparamos um conteúdo completo sobre o assunto.

Tóxico não é, mas o melhor é evitar!

Alguns alimentos são extremamente perigosos e tóxicos para os cães. É o caso de uva fresca ou passa, alho, cebola, abacate, chocolate, alimentos com cafeína, bebidas alcoólicas, entre outros. 

Há outros, porém, que embora não sejam tóxicos — isto é, capazes de causar um mal imediato —, também são prejudiciais a longo prazo, contribuindo para o surgimento de problemas de saúde como hiperlipidemia, diabetes e obesidade. Sendo assim, cachorro pode comer mel de abelha, mas ele contribui para diversas doenças.

Com propriedades anti-inflamatórias, o mel é muito usado por nós para tratar dores de garganta, tosse e outros sintomas. Já quando o assunto são os cachorros, ainda não existem estudos suficientes que comprovem os benefícios do mel para cachorro. Por outro lado, é sabido que o mel é muito rico em glicose e frutose.

Entre os problemas associados ao excesso de açúcares no organismo dos cães estão a diabetes e o aumento de peso, que por sua vez pode desencadear outros quadros preocupantes, como sobrecarga da coluna e das articulações, dificultando a locomoção.

Pode dar mel para cachorro com tosse?

A principal questão antes de responder se pode dar mel para cachorro com tosse é entender que, em caso de qualquer mudança no comportamento ou na aparência do cachorro, leve-o para uma consulta com um veterinário. 

Isso porque, ainda que o mel possa ajudar a aliviar a tosse em determinados casos, ele não atua diretamente na causa do problema. Uma tosse aparentemente trivial, por exemplo, pode indicar problemas graves que requerem atenção imediata, como insuficiência cardíaca ou pneumonia. 

A falta de orientação veterinária para uso do alimento também pode ser prejudicial, à medida que, dependendo do estado de saúde do seu amigo, o mel pode contribuir para a piora de problemas preexistentes que não tenham sido diagnosticados ainda, como a diabetes.

Uso do mel em receitas caseiras

Muitos dos alimentos industrializados que oferecemos aos cães não são necessariamente saudáveis. Para citar um exemplo, os famosos bifinhos costumam ser muito ricos em sódio, gordura, aromatizantes e conservantes, motivo pelo qual devem ser oferecidos com moderação.

Pensando nisso, muitos tutores consideram preparar petiscos caseiros. Nesses casos, cachorro pode comer mel quando este é utilizado em pequena quantidade para adoçar biscoitinhos e outras receitas que, assim como os bifinhos industrializados, devem ser oferecidos de maneira esporádica.

Na hora de escolher um mel que cachorro pode comer, fique atento à lista de ingredientes presente na embalagem. Para que seja considerado seguro para o cachorro, o mel deve ser puro. 

Além disso, é muito importante que ele tenha o selo de aprovação do Ministério da Agricultura (MAPA). O uso de produtos sem certificação aumenta o risco de contaminações por micro-organismos causadores de doenças. 


Agora que sabe se cachorro pode comer mel, confira outros conteúdos sobre alimentos permitidos e proibidos para os cães no blog da Petz. Assim, você cuida integralmente do peludo, sem qualquer risco.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *