Melhor ração para Pug: saiba como alimentar seu cãozinho

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 16, 2020

Alimentação
Melhor ração para Pug: saiba como alimentar seu cãozinho
Tempo de leitura: 4 minutos

Cada vez mais popular entre os tutores, o Pug, assim como outros cães, necessita de cuidados especiais com a sua alimentação. Afinal, entre as principais dúvidas está a de como escolher a melhor ração para Pug

pug deitado na grama

É claro que você deseja garantir que seu pet se desenvolva com a máxima nutrição e bem-estar possível. No entanto, é necessário estar atento a alguns cuidados quanto à sua alimentação. Até porque os valores nutricionais da ração para Pug deve conter tudo o que ele precisa para sua saúde e longevidade. 

Para ajudá-lo a escolher o alimento ideal para seu cachorro Pug, a Petz preparou um guia sobre a nutrição da raça. Continue lendo e descubra como oferecer o melhor para o crescimento saudável dele. Confira! 

Ração para Pug: mais nutrição para seu pet! 

Se você é tutor de um cão da raça Pug deseja oferecer apenas o melhor para a nutrição completa dele. Por isso, é comum ficar em dúvida entre qual alimento escolher, seja ele úmido ou seco. 

Dessa forma, o acompanhamento com o médico-veterinário se torna essencial. Isso porque o especialista poderá recomendar a ração de Pug adequada, logo depois de avaliar as carências do pet. Ele vai levar em consideração o porte, o peso e o nível de atividade física do animal. 

Assim, após a avaliação e indicação do veterinário, o tutor precisa certificar-se de que vai adquirir a melhor ração para Pug. Além disso, é importante considerar alguns aspectos na alimentação do Pug, entre eles: 

Idade 

O cachorro Pug necessita de diferentes valores nutricionais ao longo da vida. Por isso, é importante garantir o consumo de todos os nutrientes em cada fase, seja ele filhote, adulto ou sênior. 

Portanto, fique atento às necessidades do Pug e conheça bem seu desenvolvimento. Até o 10º mês de vida, eles são considerados filhotes e, portanto, devem consumir rações específicas para desenvolvam de forma saudável. 

A partir do 11º mês já são adultos, e o tutor deve realizar a troca da ração. Para isso, o ideal é substituir o alimento de forma gradativa. É muito importante garantir que o pet receba as vitaminas e as proteínas fundamentais para a idade. 

Já quando atinge os oito anos de idade, o Pug passa a ser um idoso no mundo canino. Nessa fase, é bastante comum que ele apresente certas limitações nutricionais. Por isso, a ração sênior é tão importante! Afinal, ela possui uma formulação nutricional especial para eles. 

pug em pé na grama

Necessidades especiais

Com predisposição a certas doenças, os cuidados com o Pug precisam ser redobrados. Afinal, ele faz parte do grupo de cachorros braquicefálicos, ou seja, aqueles com o focinho achatado, e que têm predisposição a certos problemas respiratórios. 

Na maioria das situações, a escolha do alimento correto pode ajudar. O ideal é optar por linhas de ração Super Premium. Isso porque ela vai auxiliar no tratamento de doenças crônicas, como diabetes, problemas renais, dermatológicos, entre outros. 

Além disso, caso seu cachorro Pug sofra com obesidade, ou ainda, doenças crônicas, a ração ideal também pode ajudá-lo a se sentir melhor. Vale ressaltar que, em todos os tratamentos, é necessário manter o acompanhamento com o médico-veterinário. 

Raça

Cada vez mais, as marcas de alimentos para cachorro estão investindo em fórmulas específicas de acordo com a raça. 

No caso do cachorro Pug, a maior parte das opções de alimentos possui grãos especiais, desenvolvidos para cães com mandíbula braquicefálica. Além disso, essas comidas são formuladas com vitaminas, fibras e minerais importantes para a saúde da pele e pelagem deles. 

Combine a ração com exercícios para Pug

Uma coisa é certa, o cachorro Pug necessita de treinos físicos regulares! Isso porque seu porte braquiocefálico faz com que ele desenvolva diversos problemas de saúde. Entre eles, os cardiorrespiratórios.  

Também cabe ao tutor, garantir que a baixa capacidade aeróbica do cachorro não impeça suas atividades diárias. Para isso, busque alternativas que casem perfeitamente com a alimentação e o lazer dele. 

É importante ressaltar que a raça não lida bem com altas temperaturas e, por isso, não é indicado fazer caminhadas em dias quentes. 

Portanto, além de escolher a ração do Pug de acordo com suas necessidades, o tutor também deve incentivar a atividade física na rotina do pet. Dessa forma, ficará mais fácil garantir a nutrição completa e balanceada do animal. 

pug com pedaço de osso na boca

Quer encontrar a melhor ração para Pug? Visite uma das lojas Petz mais próxima de você ou acesse nosso Pet Shop on-line. Aproveite para adquirir o alimento ideal para seu pet com condições imperdíveis! 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *