7 motivos porque o cachorro enjoou da ração

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 23, 2020

Alimentação
7 motivos porque o cachorro enjoou da ração
Tempo de leitura: 4 minutos

Uma queixa comum entre tutores é de que o cachorro enjoou da ração. De fato, para nós, faz sentido que o pet fique cansado de comer a mesma coisa todos os dias. O que tal afirmação não leva em conta é que o paladar canino é muito diferente do nosso.

 Para se ter uma ideia, os cães possuem cerca de 1.700 papilas gustativas. Nós, seres humanos, contamos com mais de 9 mil estruturas desse tipo! Por outro lado, os cachorros possuem outros sentidos bem mais aguçados em comparação com os nossos; como é o caso da audição e do olfato.

cachorro entediado

Mas o que pode ser quando o pet para de comer? A seguir, listamos 7 razões prováveis para um pet parecer “enjoado” da ração e o que fazer quando o cachorro enjoou da ração, de acordo com a Dra. Louise Siqueira, médica-veterinária da clínica SERES de Salvador.

1. A ração não está bem armazenada

É provável que em algum momento da vida você já tenha ouvido e até usado a expressão “comer com os olhos”. Para nós, que dependemos muito da visão, a aparência de uma comida é quase tão importante quanto o sabor dela.

Já para os cães, que usam muito o olfato para explorar o mundo, o cheiro é um dos elementos que mais chamam a atenção para a comida. Quando guardamos a ração seca de maneira inapropriada, ela perde muito de seu aroma. 

Logo, o cachorro pode enjoar da ração por ser menos atrativa. Além disso, o armazenamento inadequado contribui para que os grãos percam sua textura original, fazendo com que diminua o interesse do pet pela ração.

2. O pet não tem uma rotina de alimentação

Ao contrário do que muitos acreditam, deixar o comedouro com alimentos disponível o dia todo pode desestimular a ingestão da ração. Isso porque, uma vez que pode “beliscar” a hora que quiser, o pet não se habitua a fazer refeições em horários específicos. 

Sabe aquela fome que sentimos perto da hora do almoço? Pois bem! Na ausência de uma rotina, é muito provável que o cachorro não aprecie seu alimento.

Não bastasse isso, quando deixamos a comida no comedouro o dia todo, ela ainda perde sua textura e aroma, além de ficar sujeita à presença de insetos. E tudo isso contribui para reduzir o interesse do cão pela comida.

3. Você e sua família oferecem muitos petiscos

Petiscos, como bifinhos e biscoitinhos, próprios para cachorros são ótimos na hora de adestrar e de agradar ao seu amigo. Porém, dependendo do horário e da quantidade, eles podem acabar atrapalhando o apetite do cachorro pela ração. 

Nesse sentido, é importante lembrar que, apesar de saborosa, essa alimentação do cachorro é gordurosa e pobre em nutrientes. Portanto, deve ser oferecida com moderação e nunca deve substituir as refeições. 

4. O cachorro está distraído com outras coisas

Digamos que você faça uma festa em casa. Nesse dia, pode ser que seu filho de quatro patas pule a refeição que coincide com o horário do evento. Isso acontece porque, embora gostem muito de comer, os cães também podem acabar “se esquecendo” da fome se tiverem algo mais interessante para fazer. 

cachorro branco deitado no chão

Nessas situações, uma dica é isolá-lo em um ambiente tranquilo e livre de distrações, para que ele volte a atenção para a comida e, assim, não pareça que o cachorro enjoou da ração.

5. O comedouro não está em local apropriado

A indicação para os dias de festa ou de grandes distrações vale também para o dia a dia. Nos horários de refeição, é recomendado deixar o pet em local seguro e tranquilo. Mais do que isso: é preciso pensar também na altura do próprio comedouro. 

Cães de grande porte e/ou idosos podem sentir desconforto quando têm que curvar muito a coluna para comer. Para eles, é recomendado o uso de suporte. Do contrário, eles também podem demonstrar menos interesse na hora de comer ração para cachorro.

6. Está muito calor e o ambiente está abafado

No frio, o aumento no gasto energético para manter a temperatura estável explica por que os pets comem mais. Já no verão, o organismo do animal não requer tanto esforço para se manter aquecido. Logo, o apetite também fica um pouco reduzido. 

Para compensar, capriche na hidratação e tente manter o ambiente sempre fresquinho e arejado. Você também pode oferecer alimentos diferentes, como melão ou melancia geladinho ou mesmo picolés feitos a partir dessas frutas. Lembrando que esses alimentos não devem substituir as rações de cachorro.

7. Seu amigo está com algum problema de saúde

A falta de apetite é um sintoma inespecífico comum a diversos problemas de saúde. Por isso, se o cachorro não quer comer ração de uma hora para outra, é importante levá-lo para uma consulta ao veterinário e investigar qual é o quadro de saúde dele. 

Principalmente se ele estiver com outros sintomas, como vômitos e diarreias, mudanças no comportamento, etc. 

cachorro dentro do comedouro de ração

Independentemente do motivo, se o cachorro enjoou da ração, esse problema a longo prazo pode levar a quadros graves de saúde, como hipoglicemia e fraqueza. Fique atento! Na dúvida, o melhor é procurar um médico-veterinário. 

Para mais conteúdos relacionados a cachorro que enjoou da ração e pets no geral, confira o blog da Petz! Lá você fica por dentro sobre bem-estar e saúde animal!

 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *