Cachorro pode comer cereja?

Postado por PETZ, em Atualizado em Aug 21, 2020

Alimentação
Cachorro pode comer cereja?
Tempo de leitura: 4 minutos

Pequenas, doces e deliciosas, as cerejas são irresistíveis! Tanto que, muitas vezes, os amigos de quatro patas também desejam apreciar essa saborosa fruta. Mas será que cachorro pode comer cereja

cachorro com a língua de fora

Estudos mostram que essa frutinha vermelha está repleta de vitaminas, sendo considerada um alimento muito indicado para humanos. Entretanto, precisamos lembrar que o organismo dos amigos peludos é bem diferente. Está pensando em dar um petisco diferente para seu pet? Continue lendo para saber se cachorro pode comer cereja! 

Cereja para cachorro: pode ou não pode?

A maioria dos especialistas não recomenda que você ofereça essa fruta para seu peludo. Assim, de uma maneira mais objetiva, podemos dizer que cachorro não pode comer cereja. Isso porque a cereja para cachorro pode até não fazer mal para os pets, mas sua semente e sua casca são prejudiciais, pois contêm cianeto. 

Essa substância atrapalha o transporte celular, causando intoxicação em cachorro. Como a cereja é uma fruta pequena com um caroço grande, tirar sua polpa para oferecer aos cães é um tanto arriscado. Dessa maneira, o melhor é buscar um petisco mais saudável. 

Se você tem um pé de cereja em casa, o cuidado deve ser redobrado. As folhas e galhos da cerejeira também contêm cianeto. Por isso, o ideal é impedir o contato do pet com a planta através de uma barreira física, como uma cerca.

E cereja em calda?

A cereja é uma delícia que vem em muitos formatos! Um dos mais populares é a cereja em calda, muito comum em sobremesas. Esse petisco geralmente já vem sem sementes e sem casca. Mas será que cachorro pode comer cereja em calda? 

cachorro olhando para câmera

Infelizmente, os peludos também devem ficar longe desse tipo de fruta enlatada. A cereja em calda possui muito açúcar, o que não é nada bom para os cães. Devemos lembrar que os pets possuem necessidades nutricionais bem diferentes das nossas. Dessa forma, mesmo um pouco de açúcar pode ser prejudicial para o amigo.

Meu cachorro comeu uma cereja, e agora?

Sabendo que a cereja é uma das frutas que cachorro não pode comer, devemos manter os peludos longe do alimento. Porém, os cães são curiosos e, às vezes, podem roubar um petisco sem a nossa permissão. 

Nesse caso, não há motivo para pânico. Apesar de estar entre as frutas tóxicas para cachorro, a cereja não é tão perigosa quanto a uva, por exemplo. Assim, uma ou duas cerejas não devem ser tão prejudiciais. A dica nesse caso é ficar de olho nos hábitos alimentares. Se o pet apresentar vômito ou prisão de ventre, busque auxílio veterinário imediatamente. 

Caso não haja intoxicação alimentar no cachorro por conta da cereja, provavelmente ele não está em perigo. Agora, se o peludo abocanhou uma quantidade grande de cerejas escondido, ele pode estar correndo um risco maior. Busque um especialista o mais rápido possível para realizar os procedimentos necessários.

Diagnóstico e tratamento

Quando um cachorro come cereja, ele pode apresentar alguns sinais de intoxicação. Na maioria dos casos, os sintomas incluem vômito e prisão de ventre. Porém, o cianeto afeta o transporte de oxigênio pelo sangue, o que pode ter consequências graves. 

Quando um veterinário recebe um pet que comeu cereja em seu consultório, o primeiro passo é verificar os sinais vitais. Isso porque o tratamento vai variar de acordo com o estado do cão. 

Em alguns casos, o especialista pode induzir ao vômito através de medicamentos específicos. Porém, caso o peludo apresente complicações, outros tratamentos são recomendados, incluindo a internação em alguns casos. 

Opções de petiscos saudáveis

Os pets são tão bons companheiros que muitos tutores os consideram parte da família! Porém, não podemos esquecer que esses amigos de quatro patas possuem necessidades especiais. 

Quando falamos de nutrição o assunto é ainda mais delicado. Isso porque muitos acreditam que um alimento que não faz mal para nós também não irá prejudicar o peludo, o que não é verdade. Algumas substâncias comuns do nosso dia a dia, como a uva ou o chocolate, são verdadeiros venenos para os cachorros. 

Por isso, para oferecer uma nutrição adequada ao amigo, busque uma ração de qualidade. Esses produtos são preparados por especialistas e contêm todos os nutrientes que os pets precisam. 

Caso queira arriscar com um petisco diferente, não há problemas. Na verdade, há uma série de frutas e legumes que os cachorros podem comer com segurança. Lembre-se, porém, que a ração é a base da alimentação dos cães, e as frutas devem ser apenas um petisco ocasional. 

bacia de cereja

Agora que sabe se cachorro pode comer cereja, confira o blog da Petz e tenha acesso a outros conteúdos sobre alimentação pet!


Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *