É possível ter cachorro vegano? Confira dicas e cuidados

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 8, 2021

Alimentação
É possível ter cachorro vegano? Confira dicas e cuidados
Tempo de leitura: 3 minutos

As discussões sobre o tema cachorro vegano costumam ser bastante acaloradas. “Se para seres vivos com anatomia e fisiologia onívora (como a espécie humana), o assunto é controverso, que dirá para um animal, cuja anatomia e fisiologia são carnívoras, tendendo ao onivorismo”, diz o Dr. Eduardo Braghirolli, médico-veterinário especialista em nutrologia e metabologia animal.

cachorro deitado

Porém, se você não consome alimentos de origem animal e deseja que o pet siga o mesmo caminho, saiba que é possível, sim, ter um cachorro vegano sadio. Mas, para isso, é essencial conversar com um veterinário especialista a fim de garantir uma nutrição completa.

Conheça os riscos de uma dieta vegana para cachorro inadequada

Toda dieta canina estabelecida sem orientação veterinária aumenta a chance de o cachorro apresentar deficiências nutricionais significativas. No caso da alimentação para ter um cachorro vegano, o risco é ainda maior. 

Conforme explica o Dr. Eduardo, alguns nutrientes essenciais para o organismo do cachorro são encontrados apenas em tecidos animais.

Entre os principais problemas associados a uma alimentação vegana inadequada para cachorros, podemos destacar:

  • Deficiência proteica total;
  • Deficiência de aminoácidos específicos;
  • Deficiência em ácidos graxos essenciais;
  • Deficiência de vitaminas, em especial a B12;
  • Diminuição na absorção de nutrientes;
  • Quadros de diarreia ou constipação devido ao excesso de fibras na dieta.

Vale destacar que, como mencionado no início deste texto, tais problemas podem ser evitados numa dieta vegana, desde que ela tenha sido prescrita por um veterinário, o que nos leva a outra questão determinante a respeito do assunto, que discutiremos a seguir.

Como garantir uma alimentação vegana balanceada para cães?

Um dos motivos porque é tão difícil proporcionar uma dieta vegana adequada aos cachorros é que os vegetais não têm todos os nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo deles. 

Porém, de acordo com o Dr. Eduardo, isto não é exatamente um fator impeditivo em como criar um cachorro vegano, visto que hoje em dia existe a possibilidade de sintetizar tais nutrientes em laboratório.

Para o Dr. Eduardo, a grande dificuldade é que boa parte dos tutores que apostam numa dieta vegana preferem uma alimentação mais natural, o que gera um impasse, já que, para ser realmente completa, a alimentação vegana para cachorro depende de substâncias químicas. 

cachorro recebendo comida do tutor

Atualmente, já existem no mercado algumas marcas de ração vegana para cães. Desenvolvidas por especialistas com proteínas de origem vegetal, elas já são enriquecidas com prebióticos, probióticos e outros nutrientes importantes para os cães. 

Ainda assim, antes de começar a oferecer a ração vegana ao cachorro, consulte um veterinário especialista em nutrição e metabologia animal. “O acompanhamento nutricional visa garantir o atendimento de exigências individuais, muitas vezes sem sinais clínicos, que somente o profissional especializado consegue diagnosticar, inclusive sendo uma forma de medicina preventiva”, diz o Dr. Eduardo.

Em quais casos a alimentação vegana é (ou não) recomendada?

Como alimentar meu cachorro com comida vegana?” Segundo o Dr. Eduardo Braghirolli, toda dieta administrada sem a orientação de um veterinário pode ser prejudicial à saúde do cachorro. Isso pode expor o amigo de quatro patas a um risco maior de desnutrição ou de subnutrição. 

Isso vale não apenas para a dieta vegana, mas também para o uso de rações convencionais, alimentação caseira etc.

Uma vez que certas proteínas de rações convencionais podem causar alergias em alguns indivíduos, alguns tutores acreditam que a ração vegana para cachorro é mais indicada nesses casos. Mas, de acordo com o especialista, não é bem assim. 

“A alergia alimentar é desencadeada por proteínas, independentemente da origem animal ou vegetal”, diz. 

Nesse sentido, o Dr. Eduardo destaca que as proteínas presentes na batata, na banana e na maçã são comumente responsáveis pelo desencadeamento de quadros alérgicos. “Glicoproteínas (proteínas ligadas a carboidratos), como as que estão presentes no arroz, também”, completa.

cachorro comendo cenoura

Resumindo: graças aos avanços que permitem a sintetização de nutrientes em laboratórios, é possível ter cachorro vegano e oferecer uma dieta balanceada a ele, inclusive por meio de rações veganas prontas. Porém, antes de fazer isso, é importante conversar com um veterinário. 

Aqui, no blog da Petz, você aprende tudo sobre alimentação e nutrição do seu amigo de quatro patas! Continue navegando entre nossos conteúdos e descubra mais informações!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *