Diabetes canina: saiba tudo sobre a doença

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 18, 2019

Alimentação
Diabetes canina: saiba tudo sobre a doença
Tempo de leitura: 3 minutos

Algumas doenças estão entre as mais temidas atualmente, seja pela gravidade como pelo número cada vez maior de casos. O que muita gente não sabe, é determinados problemas crônicos também podem afetar nossos amigos de quatro patas. Confira, a seguir, informações importantes sobre a diabetes canina.

Assim como é verdade para os humanos, os hábitos da vida moderna, estão entre as principais causas dessa condição, que pode até mesmo ser fatal. Mas afinal, do que se trata e como prevenir a diabetes em cães.

O que é a diabetes canina

Em linhas gerais, a diabetes canina é muito semelhante a doença nos humanos. Ou seja: por diferentes motivos, o organismo do pet para de produzir insulina ou a produz em quantidade insuficiente para as necessidades do cachorro.

Sem insulina, a glicose não entra nas células, deixando o animal sem energia e com excesso de açúcar no sangue. Como resultado, ele se torna propenso a uma série de complicações, como cegueira e insuficiência renal.

Causas da diabetes canina

Em geral, a diabetes é causada por uma série de fatores, que muitas vezes ocorrem de forma conjunta. De acordo com a Dra. Gisele Caliendo, entre os principais estão:

  • Obesidade;
  • Pancreatite (inflamação do pâncreas, órgão que produz insulina);
  • Hiperlipidemia (excesso de gordura no sangue);
  • Administração inadequada de medicamentos,
  • Predisposição genética.

Além disso, os antagonismos hormonais também podem ser uma das causas. Trata-se da produção excessiva de outros hormônios, que acabam impedindo a entrada de glicose nas células.

Considerando a herança genética dos animais, estudos mostram que algumas raças estão mais predispostas a desenvolver diabetes, como: labrador, golden retriever, dachshund, spitz, poodle e schnauzer. É importante ressaltar que isso não significa que cães dessas raças necessariamente vão apresentar a doença.

Sintomas da diabetes em cães

É fundamental conhecer bem seu cão para identificar mudanças, que podem dar pistas sobre a doença na fase inicial. No começo, o ele pode apresentar problemas, como:

  • Sede excessiva;
  • Aumento de apetite;
  • Cansaço e sedentarismo,
  • Maior frequência de vontade de urinar.

Uma outra característica também comum é o acúmulo de açúcar na urina. O tutor pode perceber isso ao ver formigas sendo atraídas pelo xixi.

Conforme a diabetes avança, o cão pode apresentar catarata, insuficiência cardíaca ou renal, entre outras enfermidades. Portanto, na menor suspeita, um médico-veterinário deverá ser consultado imediatamente!

Diagnóstico e tratamento da diabetes canina

Conversar com o veterinário e relatar as mudanças percebidas ajuda o profissional a chegar ao diagnóstico. No entanto, ele só é confirmado por exames de sangue e urina, para medir glicemia no cachorro.

Infelizmente, não existe cura para a diabetes canina. Uma vez diagnosticada a doença, o bichinho deverá ter acompanhamento ao longo de toda a vida. Entre esses hábitos estão as aplicações de insulina para cães. Contudo, algumas medidas podem garantir longevidade e tranquilidade ao peludo.

Além disso, a diabetes canina tem alimentação diferenciada. Essa dieta deve ser recomendada pelo veterinário, que pode pode indicar a adoção de rações específicas para cães com a doença.

Outras mudanças podem acontecer no cotidiano do animal de estimação. A adoção de novos hábitos de exercícios físicos e brincadeiras também podem acontecer.

No caso das fêmeas, a castração também é indicada, porque a progesterona interfere na ação da insulina.

O que fazer para prevenir a diabetes

Manter uma vida saudável é o primeiro passo para prevenir não só a diabetes, mas diversas outras doenças que podem prejudicar seu companheiro.

Outras medidas também contribuem para a prevenção. Segundo a Dra. Gisele, fazer a castração e evitar a administração de corticoides, em doses altas e por longos períodos é essencial.

Agora você já sabe tudo sobre essa doença tão séria, e como prevenir seu cãozinho. Por isso, não deixe de acompanhar mais postagens incríveis sobre a saúde dos nossos bichinhos, aqui no blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 Comentários

Elizabeth Stellita - 15/11/2019

Boa noite! Obrigada por preciosas informações.

Ângela - 17/11/2019

Nao sabia que cão poderia ter diabetes,vou ficar mais atenta ao meu peludinho .
Foi muito importante saber , fico grata pela informação. Obrigada

Alessandra - 18/11/2019

Artigo simples e falando exatamente o necessário parabéns

Ana Josefa Cassimiro - 19/11/2019

Excelente blog,fala dica muito importante para nossos filhos.

Carmen - 20/11/2019

Foi muito interessante as informações sobre( o ,a)diabetes .

Josefina Abu izze - 20/11/2019

Conheço PETZ. Sou cliente