Doenças comuns em cachorros: 5 tipos para você ficar atento

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 29, 2021

Cachorros
Doenças comuns em cachorros: 5 tipos para você ficar atento
Tempo de leitura: 4 minutos

Quando estamos doentes, precisamos contar o que sentimos na hora de buscar ajuda, certo? Bom, nossos amigos peludos não conseguem nos explicar onde dói nem quando o problema começou. Por isso, cabe a nós, tutores, conhecermos as doenças comuns em cachorros para sabermos como agir.

cachorro no veterinário

Pensando nisso, preparamos um guia com os tipos de doenças em cachorros mais comuns e como lidar com esses problemas. Continue lendo para conhecer cinco enfermidades que podem acometer seu amigão!

Doenças de cachorro: sintomas e tratamento

Todo tutor conhece bem o seu animal de estimação, incluindo os hábitos, os gostos, o comportamento e as manias do bichinho. Esse é o primeiro passo para entender quando o pet está doente, pois o principal sintoma é a mudança comportamental.

Enquanto uns latem e choram, outros ficam apáticos e sem energia. Por isso, não espere sintomas mais graves, como febre ou vômito. Se perceber que seu amigo peludo está diferente, o melhor é procurar um veterinário para uma avaliação completa de saúde. Agora, confira cinco doenças comuns em cachorros.

Parvovirose

A parvovirose é uma das doenças mais comuns em cachorro. Por isso, é importante tomar bastante cuidado, já que esse problema é causado por um vírus extremamente contagioso. 

Entre os sintomas de parvovirose, estão vômitos e diarreias, ambos podendo levar a um quadro sério de desidratação. Sendo assim, essa é uma das doenças comuns em cachorros filhotes, porém, muito perigosa, já que esses pets ainda possuem imunidade frágil.

Em alguns casos, o vírus pode atacar o coração e causar miocardite, o que pode levar à morte. Apesar de a parvovirose ser motivo de preocupação para muitos tutores, não há razão para medo: a vacina polivalente a primeira a ser dada nos pets já protege contra a doença.

Otite

Incômoda e desagradável, a otite canina é uma das doenças comuns em cachorros. A infecção de ouvido pode ter diferentes causas e graus de gravidade: a mais profunda é a interna, a intermediária é chamada de média, enquanto a mais superficial é conhecida como otite externa.

É a otite externa que gera vermelhidão, coceira e aumento da secreção do ouvido. A média e a interna provocam dor e incoordenação. Elas podem ser causadas por bactérias, vírus ou ácaros. 

A boa notícia é que a grande maioria dos quadros de otite é simples e fácil de tratar. Então, caso o pet esteja apresentando algum desses sintomas, procure um veterinário para o diagnóstico e o tratamento correto.

filhote de pitbull

Cinomose canina

A cinomose canina acomete os cães por um vírus altamente contagioso. Essa doença acontece, principalmente, quando o cachorro ainda não terminou o esquema vacinal completo, ou seja, os principais acometidos são os filhotes.

Um dos sintomas mais comuns é a diarreia, já que o sistema digestivo é afetado desde o início. Logo depois, com o avanço da doença, é comum perceber sinais respiratórios, como secreções. Por fim, quando não tratada, a enfermidade pode causar problemas no sistema nervoso, deixando o cão desorientado e com tremores no corpo. 

Durante 90 dias, é importante manter o cão infectado longe de outros animais. Nesse período, o vírus será eliminado por meio da urina ou das fezes, com a ajuda medicamentosa. 

Dirofilariose

Conhecida popularmente como a doença do verme do coração, a dirofilariose canina é causada por um parasita chamado Dirofilaria immitis. Essa enfermidade é transmitida aos bichinhos por meio de mosquitos, que acabam picando os pets. 

Os principais sintomas da dirofilariose são: tosse crônica, fraqueza, respiração acelerada, perda de peso e cansaço. Um diagnóstico rápido ajuda a tratá-la de forma eficaz. Por isso, se notar que o pet não está bem, procure o veterinário para realizar exames!

Raiva canina

Todo mundo já ouviu falar sobre a raiva canina, não é mesmo? Ela é causada por um vírus que pode se alojar entre tecidos e glândulas. A principal forma de transmissão é por meio da mordida.

A raiva evolui muito rapidamente, então é uma doença bastante perigosa. Por isso, todo cuidado é pouco com a prevenção. Se o cão está com a doença, ele poderá apresentar agressividade, medo, ansiedade, excitação e demência — sintomas iniciais.

Com o passar das horas e, se não for tratado, o cachorro terá salivação, paralisia, falta de coordenação nos membros e dificuldade de engolir. A melhor forma de prevenir a doença é a vacinação!

O melhor é prevenir

Apesar de essas serem algumas das doenças comuns em cachorros, outros problemas também podem atingir seu amigo, como, por exemplo, a cinomose. Independentemente da enfermidade, um veterinário sempre deve ser consultado. 

Para proteger seu pet, tome alguns cuidados com cachorro no dia a dia, como:

  • oferecer ração de qualidade;
  • manter a carteirinha de vacinação em dia;
  • aplicar todos os vermífugos;
  • realizar exercícios diários;
  • levar o pet ao veterinário regularmente.

veterinário segurando cachorro

Dessa forma, você garante a qualidade de vida do amigo de quatro patas. Depois de conferir as doenças comuns em cachorros, que tal dar uma olhada no blog da Petz para descobrir algumas curiosidades e dicas? Aproveite nossos conteúdos! 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *