Descubra causas e sintomas da heterocromia em cachorro

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 13, 2021

Cachorros
Descubra causas e sintomas da heterocromia em cachorro
Tempo de leitura: 3 minutos

Já percebeu que alguns animais e até pessoas possuem um olho de cada cor? O nome dessa condição é heterocromia. Mas o que causa a heterocromia em cachorro? Existe algum risco para a saúde? 

cachorro com heterocromia

A fim de responder essa e outras perguntas, preparamos um conteúdo completo sobre a heterocromia em cães, que, mesmo rara, deixa os olhos dos amigos de quatro patas ainda mais bonitos. 

O que é heterocromia?

O termo deriva das palavras gregas antigas “heteros”, que significa desigual, não semelhante e que é diverso, e “cromas”, que se traduz em cores. A heterocromia é simplesmente um excedente ou uma falta de melanina em uma ou mais áreas do corpo. 

Dessa forma, ela não se restringe aos olhos, ou seja, pode ocorrer em regiões como pelos, pele, unhas e até nos dentes. Tal condição pode ser causada por doença ou lesão, mas é mais comum devido à genética  — geralmente, adquirida logo após o nascimento. Embora seja algo visualmente atraente de se ver, é raro.

Causas de heterocromia

A quantidade e o tipo de melanina no olho determina a cor da íris. Em cães com olhos de cores diferentes, é mais frequentemente causado por uma diferença na quantidade de melanina entre os olhos. Se houver muita melanina, ela é chamada hipercromia e, se houver pouca melanina, é chamada hipocromia.

heterocromia em cachorro

Sintomas e sinais de heterocromia em cachorro

Como dito, a heterocromia em cachorro é uma variação em que cada íris do olho tem uma cor diferente. Os filhotes nascem com essa característica única e a visão não é afetada. Aliás, a condição se dá pela presença de mais de uma cor de íris no mesmo olho. 

Além disso, a heterocromia em cachorro pode acontecer a qualquer momento após o nascimento e geralmente é associada a traumas ou inflamação no olho. Essa condição geralmente não é ligada a outros sinais clínicos, mas alguns cães podem ter visão anormal ou podem ser surdos.

Então, se você possui cães com heterocromia e está se perguntando se eles têm problemas de visão e de audição, consulte um veterinário para fazer um diagnóstico. Mas, se está sem condições financeiras atualmente, saiba que é possível fazer o teste de visão em casa. 

Para isso, peça a alguém que se sente atrás do amigo peludo e cubra um dos olhos do pet. Depois, fique na frente do animal com uma pequena bola colorida e saltitante. 

Então, solte a bola, se o olho seguir o objeto, o cão poderá ver bem o suficiente. Repita o processo, mas, dessa vez, tapando o outro olho. Se o cão mantiver o olhar fixo sem observar a bola, pode haver alguma anormalidade na visão. Nesse caso, é válido levá-lo ao veterinário para um diagnóstico completo.

Raças de cachorro com tendência à heterocromia 

Qualquer raça de cachorro com heterocromia é possível, mas em algumas é mais comum. A condição completa pode ser vista com mais frequência em raças como Boiadeiro-Australiano, Dálmata e Pastor-Australiano. 

Também é frequentemente vista em: Border Collie, Chihuahua, Cão leopardo de Catahoula, Husky, Beagle e Welsh Corgi. No caso do Husky siberiano com heterocromia, a condição é particularmente comum e há uma sugestão de que ela esteja ligada a problemas de visão, porque cerca de 8 a 10% dos pets da raça também têm doenças oculares hereditárias.

dálmata com heterocromia

Agora que você sabe sobre a heterocromia em cachorro, confira o blog da Petz e tenha acesso a outros conteúdos de bem-estar e saúde animal!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *