Ração para cadela gestante: o que muda na alimentação

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 9, 2021

Alimentação
Ração para cadela gestante: o que muda na alimentação
Tempo de leitura: 4 minutos

A gestação é um período delicado que exige cuidados especiais a fim de garantir a saúde da mamãe e dos futuros filhotes. Ao suspeitar que nossa cachorrinha está prenhe e levá-la ao veterinário para um check-up, surgem dúvidas sobre vários temas. Uma delas é qual a melhor ração para cadela gestante.ração para cadela gestante

Dar início aos cuidados pré-natais é fundamental para acompanhar o desenvolvimento dos fetos e a saúde da pet. Além disso, algumas mudanças no dia a dia, como a alimentação de cadela prenhe, são muito importantes para garantir um aporte adequado de energia e de nutrientes. Conheça mais sobre o assunto!

Gestação de cachorro: é preciso mudar a alimentação da cadela?

De acordo com o Dr. Ítalo Cássio Oliveira, médico-veterinário e coordenador de clínicas e hospitais das redes Petz e Seres, é necessário, sim, fazer mudanças consideráveis na alimentação natural para cadela prenha.

Isso ocorre pois, conforme a gestação avança, a cadela depende de um aporte energético e nutricional cada vez maior para auxiliar na formação e no desenvolvimento dos filhotes. Por isso, a ração para cadela gestante tem que assegurar que ela está recebendo isso.

Isso especialmente no terço final da gestação, uma vez que, segundo o especialista, é nesta fase que ocorre o maior desenvolvimento fetal, assim como a mobilização de imunoglobulinas (constituídas por aminoácidos) para a glândula mamária, formando o colostro (leite materno).

“No cão, mais de 75% do peso do feto e pelo menos metade do seu comprimento é atingido entre o 40º e o 45º dia de gestação. Por isso, uma excelente nutrição durante as últimas semanas de prenhez é importantíssima para assegurar padrões ótimos de crescimento e de desenvolvimento fetal”, explica o Dr. Ítalo.

Quando fazer mudanças na alimentação da cadela prenhe

O período de gestação da cadela varia entre 58 a 60 dias. No entanto, de acordo com o Dr. Ítalo Cássio, da Petz, menos de 30% do crescimento fetal acontece ao longo das primeiras cinco ou seis semanas de gestação. Daí a necessidade de mudanças maiores especialmente na reta final.

“Ainda que os fetos se desenvolvam muito rapidamente, eles são muito pequenos até o último terço da gestação”, explica o veterinário. “Assim, inicialmente, o aumento de peso da cadela e suas necessidades nutricionais são moderados”, completa.

O que não significa que se possa oferecer “qualquer ração” para a cadela. Ao contrário, uma vez que a prenhez tenha sido confirmada, é preciso oferecer uma alimentação balanceada. De preferência, ofereça uma ração para cadela prenhe do tipo superpremium.

Em geral, o aumento da quantidade de ração para cadela gestante deve ser feito a partir da quinta semana de gestação até o parto dos filhotes.

“Sugere-se aumentar a quantidade de ração oferecida à cadela em 15% a cada semana”, recomenda o especialista. Lembrando que cada indivíduo tem necessidades específicas. Por isso, antes de qualquer mudança na ração para cachorra grávida, consulte um veterinário.ração para cadela gestante

Qual é a melhor ração para cadela prenhe?

Somente um veterinário, após uma consulta e alguns exames, poderá dizer qual é a melhor ração para cadela gestante e qual é a quantidade de alimento recomendada em cada etapa da gestação.

Seja como for, via de regra, o Dr. Ítalo diz ser necessário oferecer à cadela um alimento energeticamente denso — com níveis adequados de proteína e gordura, além de vitaminas e minerais.

Além disso, tem de ser altamente digerível, uma vez que, com o desenvolvimento dos fetos, a capacidade de comer da cadela pode acabar se tornando limitada.

“Alimentos superpremium para filhotes podem ser oferecidos a fim de garantir melhor suporte calórico e nutricional”, recomenda o especialista. “Suplementos devem ser oferecidos de acordo com recomendação médica”, completa.

É importante ressaltar que o tamanho e a frequência das porções de ração para cadela gestante também devem ser alterados, em especial no período mais próximo ao parto. “A alimentação deve ser fornecida em pequenas refeições e em maior frequência”, destaca o veterinário.

Vale destacar que, além da alimentação, a ingestão hídrica também é muito importante para a saúde interna da cadela e, consequentemente, para o desenvolvimento fetal.

Portanto, ofereça água fresca em abundância, higienize os bebedouros e fique atento para saber se a cadela está bebendo água. Em caso negativo, consulte um veterinário.ração para cadela gestante

Aqui, no blog da Petz, você pode conferir outros diversos conteúdos sobre gestação de cachorras! Confira nossas dicas e recomendações e assegure que sua cadela prenhe e os futuros filhotinhos estarão sempre saudáveis!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *