Ração vegana para cães: afinal, ela é recomendada?

Postado por PETZ, em Atualizado em Feb 15, 2019

Alimentação
Ração vegana para cães: afinal, ela é recomendada?
Tempo de leitura: 2 minutos

Não importa se seu pet é cachorro, gato, peixe, ave, roedor ou mesmo um réptil! Quem tem um animal de estimação costuma se importar com a vida em geral e talvez por isso seja cada vez mais comum encontrarmos tutores adeptos de dietas vegana e vegetariana. Mas o que dizer sobre a ração vegana para cães?

Livres de carne e/ou de qualquer alimento de origem animal, essas dietas, sob orientação de um profissional, podem ser muito saudáveis para seres humanos. Mas será que o mesmo se pode dizer em relação aos cães?

É isso que você descobre agora!

Meu cachorro pode se tornar vegano?

De acordo com o Dr. Eduardo Braghirolli, médico-veterinário especialista em nutrição e metabologia animal, o tema ainda é bem polêmico. “Se para seres vivos onívoros, como a gente, com o organismo preparado anatômica e fisiologicamente para receber produtos de origem vegetal e animal, isso ainda é controverso, imagine para um animal com anatomia carnívora”, afirma o especialista.

O Dr. Eduardo explica que alguns nutrientes essenciais para os cães só podem ser encontrados em tecidos animais. Nada impede, no entanto, que eles sejam sintetizados em laboratório, sem o uso de ingredientes de origem animal.

Nesse sentido, segundo o especialista, o maior problema é que adeptos do veganismo muitas vezes também defendem que a alimentação seja o mais natural possível. “E aí”, diz o Dr. Eduardo, “temos o segundo impasse, agora entre a alimentação natural e a que, para ser completa e balanceada, lança mão de substâncias químicas”.

Ou seja: o cachorro pode, sim, seguir uma dieta vegana, mas, para ela ser balanceada e atender às demandas metabólicas do organismo dele, essa dieta nunca poderá ser completamente natural e sempre precisará ser suplementada.

Pode dar comida vegetariana para cachorro? Saiba os riscos

De maneira geral, qualquer dieta oferecida ao pet sem orientação veterinária — inclusive a comida vegetariana para cachorro — pode ter impactos negativos na saúde dele. Mas, no caso da dieta vegana, adotá-la de maneira irresponsável pode trazer prejuízos ainda mais sérios.

Confira os principais:

  • Deficiência proteica total;
  • Deficiência de aminoácidos específicos;
  • Deficiência em ácidos graxos essenciais;
  • Deficiência de vitaminas, com destaque para a B12;
  • Diminuição na absorção de nutrientes,
  • Diarreia e/ou constipação devido ao excesso de fibras.

Também é importante deixar claro que, diferentemente do que muitos pensam, a dieta vegana não previne ou trata os quadros de alergia alimentar, já que moléculas presentes em alimentos como batata, banana, maçã e arroz, por exemplo, também podem ser responsáveis por desencadear essas reações.

Ração vegana para cães: como administrá-la de maneira segura

Para quem deseja implementar uma dieta vegana ou vegetariana para o cachorro, o primeiro passo é procurar um médico-veterinário especialista em nutrição, que poderá adaptar a dieta às necessidades do pet e orientar a família sobre a nova situação.

Uma alternativa recente são as rações veganas para cães prontas. Feitas prioritariamente com ingredientes naturais, elas são enriquecidas com vitaminas, aminoácidos, minerais e proteínas sintetizadas, que visam atender 100% das necessidades nutricionais do pet.

Ainda tem alguma dúvidas sobre servir a ração vegana para cães? Verifique a disponibilidade de uma consulta com nossos especialistas em nutrição animal na unidade Petz mais próxima de sua casa.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *