Remédio caseiro para matar pulgas: eles realmente funcionam?

Postado por PETZ, em Atualizado em Aug 21, 2019

Bem-Estar
Remédio caseiro para matar pulgas: eles realmente funcionam?
Tempo de leitura: 2 minutos

Além da coceira, a picada de ectoparasitas também podem causar doenças mais sérias nos cãezinhos. Sendo assim, para garantir que seu amigo fique sempre saudável e feliz, é essencial mantê-lo protegido com um remédio caseiro para matar pulgas!

Remédio caseiro para pulgas: ele pode ser usado?

Na internet, é possível encontrar diversas receitas de remédio caseiro para pulgas. Baseados em ingredientes conhecidos por serem repelentes naturais para esses parasitas.

Tais remédios de pulga apostam no uso de frutas cítricas, vinagre, levedura de cerveja, óleos essenciais e até ácidos para manter os parasitas a distância.

Já em relação a seu uso, a maioria dos remédios naturais deve ser aplicada sobre os pelos do pet. Mas existem aqueles de uso no ambiente ou em acessórios, como coleiras.

Independente da forma de utilização, mesmo que contenham ingredientes repelentes, os remédios caseiros não garantem a completa proteção do pet.

Isso, porque diferente do que ocorre com os medicamentos antipulgas veterinários, nada assegura a concentração suficiente dos ativos na mistura. Assim como o tempo de eficácia do produto.

Quais são os riscos de usar remédio caseiro para matar pulgas?

Seja no ambiente ou para tratar o próprio pet, a ineficácia na proteção contra pulgas e carrapatos é um dos principais riscos do uso de remédios caseiros.

Afinal, podem deixar o pet exposto à coceira e a diversos tipos de doença. Mas existem ainda outros riscos.

Por serem aplicados diretamente nos pelos, boa parte dos antipulgas caseiros podem acabar sendo ingeridos pelo cachorro por meio de lambidas. Por isso, fique longe de receitas com ingredientes proibidos e tóxicos para os cães, como o alho.

Porém, mesmo ingredientes aparentemente inofensivos, como laranja, óleo de coco, vinagre e óleos essenciais também podem causar problemas gastrointestinais e reações alérgicas na pele.

Ah! Também vale lembrar que o olfato dos cachorros é bem mais aguçado que o nosso. Portanto, se o cheirinho de determinado ingrediente já estiver forte para nós, para o pet ele causará ainda mais incômodo!

Qual o melhor antipulga para cachorros?

Quando o assunto é a saúde do nosso filho de quatro patas, o barato pode sair caro. Por exemplo, de que adianta economizar com o antipulga, mas ter que gastar com consultas e remédios para reações alérgicas?

Lembre-se de que, mais do que apenas uma questão financeira, problemas desse tipo ainda afetam a qualidade de vida do seu amigo.

Para saber como acabar com as pulgas e evitar novas infestações de forma eficiente, os melhores antipulgas são os de uso comercial. Desenvolvidos especialmente para cães e gatos, de acordo com o porte.

Disponíveis com diferentes aplicações, eles garantem a proteção por tempo determinado. Portanto, também não deixe de seguir as recomendações de reutilização!

Em caso de dúvidas, procure a clínica Seres mais próxima a você e converse com um de nossos veterinários! Na Petz, você também encontra diversas opções de antipulgas seguros e eficazes para proteger o seu cachorro.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentários

ANTONIO - 11/11/2019

BOM DIA
OBRIGADO AS DICAS
SÃO ÓTIMAS…