Castração de cachorro: 6 dúvidas respondidas sobre o tema

Postado por PETZ, em 14/04/2019

Cachorros
Castração de cachorro: 6 dúvidas respondidas sobre o tema

Especialistas podem discordar em muitos aspectos, mas, se tem um assunto sobre o qual quase todos os médicos-veterinários concordam, é a importância da castração de cachorros!

Além de evitar cruzamentos indesejados — que contribuem para o aumento do número de pets abandonados —, ela ainda ajuda a prevenir uma série de doenças ligadas ao aparelho reprodutor e aos hormônios que ele produz, como o câncer de próstata nos machos e o de mama ou de útero nas fêmeas.

Mesmo assim, por falta de informação, muitos tutores ainda relutam em levar o pet para fazer o procedimento. Confira a importância de castração de cães e gatos e, para quem está enfrentando esse dilema, nós respondemos abaixo algumas das principais dúvidas sobre a castração de cães. Veja abaixo!

1. Qual é a idade mínima para castração de cachorro?

Para castração de cachorro filhote, recomenda-se agendar a castração para logo depois do término do ciclo de vacinas pediátricas, o que costuma acontecer por volta dos 6 meses.

Como nessa fase o pet ainda não atingiu a maturidade sexual, não terá altos níveis de hormônios reprodutivos, reduzindo bastante a chance de ele desenvolver alguns tipos de câncer.

Mas, mesmo em outras fases da vida, a castração melhora a qualidade de vida e diminui o risco de doenças nos cães (inclusive os idosos).

2. Quais doenças a castração ajuda a evitar?

Embora não elimine completamente o risco, a castração pode reduzir em até 95% a chance de o pet desenvolver certos tipos de doenças ligadas, principalmente, às estruturas e aos hormônios sexuais, como câncer de mama, útero, testículo e próstata, além de piometra (infecção bacteriana do útero). Soma-se a isso o fato de a cadela ficar livre do risco da gravidez indesejada e das possíveis complicações dela decorrentes.

3. A cirurgia de castração é arriscada?

De acordo com a Dra. Karina Mussolino, médica-veterinária e gerente de clínicas da Petz, trata-se de um procedimento rápido e simples. “Mas, como toda cirurgia, existe o risco ligado à anestesia”, diz a Dra. Karina.

Para garantir a segurança do pet, a especialista recomenda que se procure um local de confiança e que faça uso da anestesia inalatória, que é muito mais segura. Vale destacar que a cirurgia somente deve ser feita após um check-up, orientado por um veterinário e que ateste que o pet está apto para ser operado.

4. E depois da castração do cachorro, como é a recuperação?

Em geral, a recuperação é muito tranquila. Segundo a Dra. Karina, nas clínicas da Petz os machos costumam receber alta no mesmo dia, já as fêmeas ficam internadas nas primeiras 24 horas, para controle de pressão, de dor e de sangramentos.

Isso ocorre porque, para as cadelas, a cirurgia é mais invasiva (as estruturas a serem retiradas estão dentro do abdômen).

Nos dois casos, entre os cuidados com o cachorro castrado, costuma ser indicado o uso de anti-inflamatório por aproximadamente 7 dias. E fique atento! Principalmente no caso dos machos, alguns pets chegam a “esquecer” que foram operados. Mesmo assim, é fundamental que eles repousem e façam uso de colar protetor ou de roupa cirúrgica.

5. O cachorro pode ficar triste com a castração?

Não existe nenhum indício de que o pet fique triste após o procedimento. Pelo contrário! Ao evitar uma série de doenças, a castração contribui para que o cachorro viva melhor e por mais tempo.

O que muitas vezes gera confusão é que, por terem menos testosterona, cachorros machos castrados se tornam menos agressivos e menos territorialistas, o que não quer dizer que estejam mais tristes. Entenda mais sobre o processo de marcação de território.

Eles apenas tendem a ficar um pouco mais tranquilos. Por outro lado, problemas como latidos excessivos podem persistir mesmo depois da castração. Nesses casos, o melhor é procurar ajuda de um adestrador profissional.

6. Não tenho como pagar pela castração, o que posso fazer?

Uma dica é procurar o centro de controle de zoonoses do seu município. Algumas cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, oferecem a esterilização gratuita. O serviço é feito para cães e gatos com idade entre 3 meses e 8 anos em clínicas credenciadas.

Outra alternativa é procurar faculdades de medicina veterinária. Elas fazem o procedimento a preços mais baixos, para permitir que os alunos acompanhem a cirurgia.

Uma vez por mês, a Petz realiza uma campanha de castração em algumas unidades com centro cirúrgico. Na campanha, a cirurgia é realizada sem hora marcada e por preços acessíveis. Mas, com o mesmo cuidado tomado com os pacientes agendados e operados em outros dias.

Confira nosso calendário de eventos para mais informações!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#

Próximo evento