Meu cachorro quebrou o dente. E agora?

Postado por PETZ, em 08/03/2021

Bem-Estar
Meu cachorro quebrou o dente. E agora?

A alegria dos peludos é contagiante! Seja na hora de passear ou quando vão abocanhar seu petisco preferido, ver nosso pet animado é sempre um momento divertido do dia! Mas eles podem ser um tanto estabanados e sofrer acidentes. Se você está pensando “meu cachorro quebrou o dente, e agora?”, continue lendo! 

Dentes de cachorro também quebram?

Se você já quebrou um dente, sabe que esse é um assunto delicado. Pensando na dor do impacto, os procedimentos de restauro e os cuidados com a recuperação, esse é o tipo de situação que ninguém deseja passar! 

Mas será que o dente de cachorro também pode quebrar? Especialistas explicam que sim, os cães também podem passar por essa situação! As principais causas são:

  • Alimentos muito duros, impróprios para a alimentação do pet;
  • Objetos impróprios utilizados como brinquedos;
  • Acidentes, choques ou traumas.

Também é importante lembrar que, assim como nós, os cães trocam de dente! Assim, é importante se perguntar: “O dente do meu cachorro filhote quebrou ou está em processo natural de desenvolvimento?”.

Como perceber dente de cachorro quebrado

Não se engane, perceber que seu cachorro está com dente quebrado não é tão simples assim. Em muitos casos, o tutor pode encontrar o dente — ou parte dele — e perceber rapidamente o problema. 

Quando isso ocorre, questões como “meu cachorro quebrou um dente de leite brincando, e agora?” ou “o dente do meu cachorro filhote caiu! O que fazer?” são muito comuns. 

Porém, algumas vezes o peludo engole o dente, dificultando o diagnóstico. Especialistas ressaltam os seguintes sintomas, comum em um pet com um dente quebrado: 

  • Perda de apetite;
  • Inchaço na região do focinho;
  • Apatia;
  • Dor;
  • Sangramentos;
  • Dificuldade para mastigar.

Se você perceber que seu amigo está com os sintomas acima, dê uma olhada em sua boca. Em muitos casos, é fácil perceber o dente quebrado. Porém, buscar a ajuda de um médico-veterinário é sempre a melhor escolha. O especialista poderá realizar um diagnóstico preciso, além de receitar o melhor tratamento.

Meu cachorro quebrou o dente. E agora? 

Nessas horas, você vai pensar “meu cachorro quebrou o dente, o que fazer?”. Calma. Se você percebeu que seu pet de fato quebrou o dente, é fundamental que você busque ajuda de um veterinário rapidamente. 

Quando o dente quebra, parte da raiz fica exposta, e isso causa muita dor para o peludo. Além disso, essa situação pode gerar complicações, como infecções, abscessos e até mesmo doenças sistêmicas. 

Um dente quebrado pode virar uma porta aberta para bactérias que, caso atinjam a corrente sanguínea, podem contaminar órgãos como rins, fígado ou coração. Assim, o tratamento veterinário é imprescindível! 

Por isso, fique longe dos famosos tratamentos caseiros se estiver pensando “o dente do meu cachorro quebrou”. Esse é um assunto sério que merece atenção profissional!

Diagnóstico e tratamento

O especialista poderá dar uma boa olhada na boca do peludo e, assim, diagnosticar corretamente. Em alguns casos, exames como a radiografia podem ser necessários para analisar a gravidade do problema. 

O tratamento vai variar de acordo com a situação do pet. Na maioria das vezes, é realizada a extração do dente, com aplicação de anestesia e medicamentos. Porém, em alguns casos, pode ser necessária uma restauração do dente ou até mesmo um tratamento de canal. 

Independentemente do quadro do seu peludo, é necessário seguir cuidadosamente o tratamento indicado pelo veterinário. Só assim você poderá garantir a saúde e bem-estar do seu filho de quatro patas. 

Recuperação e cuidados

A recuperação para cachorro com dente quebrado não é complicada. Os cuidados vão depender de qual o tratamento utilizado. Mas há alguns cuidados gerais, que todos os tutores devem ficar atentos! Confira abaixo:

  • Ração: a ração úmida é mais macia e, por isso, exige menos do peludo. Nos dias após o tratamento, pode ser recomendado oferecer somente ração úmida ou, pelo menos, uma mistura que torne a comida seca um pouco mais palatável;
  • Brinquedos e atividades: outro ponto de atenção é em relação aos brinquedos do pet. No período de recuperação, evite peças de mastigar, que podem machucar o peludo. Atividades exaustivas também são perigosas, pois podem facilitar sangramentos; 
  • Aplicação de medicamentos: o veterinário pode recomendar que você aplique medicamentos durante a recuperação. Tudo vai depender de qual foi o tratamento realizado. De qualquer forma, é importante seguir as orientações do especialista; 
  • Atenção à saúde: por fim, é importante ficar atento ao comportamento do pet, especialmente nos primeiros dias de recuperação. Se seu peludo ficar apático, sem apetite, ou apresentar sangramentos, procure seu veterinário. 

Viu só, não precisa ficar desesperado e pensando “meu cachorro quebrou o dente, e agora?” É só levá-lo ao veterinário, como nas clínicas da Petz, e seguir as orientações no pós-atendimento.

Seguindo as orientações acima, o pet logo se recuperará do seu dente quebrado! Em poucos dias, seu amigo estará brincando, e se alimentando normalmente! Aí, a dica é evitar futuros acidentes. 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *