Quantos dentes tem um cachorro: confira dicas e curiosidades

Postado por PETZ, em Atualizado em Sep 29, 2021

Cachorros
Quantos dentes tem um cachorro: confira dicas e curiosidades
Tempo de leitura: 6 minutos

Quando pensamos em dentes, dificilmente os imaginamos de maneira solitária. Ao contrário, uma das primeiras imagens que vêm à mente costuma ser a de um sorriso largo no rosto de alguém. Já no caso dos pets, eles contam com outras maneiras de demonstrar alegria. Por esse motivo, você não deve ter reparado quantos dentes tem um cachorro.

filhote de cachorro correndo de boca aberta

Sendo assim, a menos que o pet seja prognata ou esteja rosnando para alguém, o dente de cachorro passa a maior parte do tempo escondido. Talvez por isso, frequentemente, acaba não recebendo a merecida atenção por parte dos tutores, o que pode comprometer o bem-estar do cão. 

Mas se você é um tutor antenado nas questões de saúde do pet, é possível que já tenha se perguntado quantos dentes tem um cãozinho ou se cachorro tem dente de leite. Inclusive, pode até ter dúvidas mais práticas, como quais cuidados devemos ter com a saúde bucal dos pets. A seguir, respondemos algumas dessas perguntas. 

Dentes de cachorros filhotes e adultos

Você sabe quantos dentes tem um cachorro adulto ou filhote? Tudo depende da idade do cachorro ou, mais especificamente, se ele já passou pela troca de dentes. Filhotes têm 28 dentes de leite, enquanto cães adultos possuem 42 dentes ao todo. 

Isso ocorre pois, assim como nós, os cachorros também passam por uma troca de dentes ao longo da vida. Assim, aqueles dentinhos finos e pontiagudos dos filhotes, que por vezes machucam de tão afiados, eventualmente vão dar espaço a uma dentição mais arredondada e própria para mastigar os alimentos. 

O processo da troca de dentes começa por volta dos quatro meses de vida dos filhotes e se encerra quando o pet está com sete ou oito meses. Em geral, os primeiros dentes a cair são os dentinhos da frente.

Tem um pet com pouco mais de quatro meses e ainda não observou se a troca está ocorrendo? Não se preocupe, isso é mais comum do que se imagina. Acontece que, na maior parte das vezes, os pets acabam engolindo os próprios dentes, que são pequenos e frágeis. 

Portanto, os tutores têm dificuldade de perceber a troca. Se quiser guardar uma lembrança desse momento, a dica é ficar atento aos lugares onde o pet costuma brincar ou dormir. Pode ser que você encontre um dentinho perdido por lá. Agora você já sabe quantos dentes tem um cachorro e quando ocorre a troca dos dentinhos!

Pode arrancar o dente do cachorro?

Como vimos, a troca de dentes dos pets é um processo que acontece de forma natural. Ou seja, não é preciso se preocupar em arrancar o dente do cachorro, como às vezes fazemos com crianças (ou como as crianças podem acabar fazendo por conta própria).

No entanto, principalmente em se tratando de cães de pequeno porte, pode acontecer de o dente de leite não cair, mesmo quando a dentição permanente já nasceu. 

Nesses casos, é importante consultar um veterinário, pois essa dentição dupla pode causar problemas de doença periodontal com maior facilidade no futuro. Para evitar que isso aconteça, o especialista poderá recomendar uma extração, sendo que essa deverá ser feita unicamente por um médico-veterinário. 

Brinquedos e mordedores ajudam a aliviar os incômodos do período?

Aquela ideia de bebês trabalhando a gengiva com mordedores para aliviar o desconforto também vale para ajudar os sintomas de dente nascendo em cachorro

Durante a fase de troca dentária, incentivar brincadeiras com mordedores e outros brinquedos, desde que não muito rígidos, pode ajudar no processo, uma vez que, além de aliviar a coceira na gengiva, evita que os filhotes usem outros objetos para esse fim. 

dálmata de boca aberta

A médica-veterinária Mariana Lyra também indica os bichinhos de pelúcia para acrescentar à brincadeira nessa fase, mas faz uma ressalva: “Cuidado com o tamanho dos bichinhos de pelúcia em relação aos cães grandes para evitar a ingestão acidental do brinquedo”. 

Para que serve cada dente canino?

Depois da troca completa dos dentes, nossos amigos de quatro patas adquirem sua dentição permanente. Mais do que dar ao pet dentes mais branquinhos, essa mudança acontece principalmente para atender às demandas alimentícias dos cães, conforme eles vão deixando definitivamente o leite materno, passando a ingerir alimentos sólidos. 

Você já sabe quantos dentes tem um cachorro filhote e adulto. Contudo, já se perguntou qual é a função de cada dente? Entre os primeiros a serem lembrados quando se fala em dentes de cachorro, os caninos são adequados ao corte da carne. 

Mas saiba que os outros dentes são igualmente importantes. Juntamente com os caninos, os dentes da frente (incisivos) são essenciais para a apreensão da presa ou daquele bichinho de pelúcia que o pet adora destroçar. Já os dentes do fundo, isto é, os molares e pré-molares, servem para triturar o alimento. 

E se os dentes caninos são tão importantes e só são trocados uma vez na vida, fica a questão: como cuidar dos dentes do cachorro?

Cuidados com a saúde bucal dos cães

Com dentes que possuem funções tão específicas, que ajudam os pets em atividades que vão desde brincadeiras até a alimentação, fica clara a importância de cuidar da saúde bucal canina. Uma vez que a dentição permanente vai acompanhar o cachorro por toda a sua vida, começar desde cedo pode influenciar positivamente a saúde geral do cão.

O cuidado principal que todo tutor deve ter é a escovação dentária diária, além de acompanhamento profissional a cada 12 meses. Em caso de cães de pequeno porte, pode haver indicação para um intervalo menor entre as consultas, como a cada oito meses. 

É importante lembrar que existem pastas e escovas de dentes específicas para os cachorros. Produtos desenvolvidos para nós podem conter substâncias perigosas para os cães. Nesse sentido, lembre-se de que, ao contrário da gente, os pets acabam ingerindo a pasta dental.

Como escovar os dentes de cachorro?

A Dra. Mariana Lyra dá uma dica de como escovar os dentes de cachorro: “Tem que ser algo bem gostoso para o animal e para o tutor, porque, se for cansativo, com o tempo, ambos se desgastam e o objetivo não é alcançado”. 

Portanto, ela acredita ser importante que o cão entenda a escovação como um carinho. “Para isso, primeiro o pet tem que se habituar à manipulação da boca, com carinhos e premiação depois.” 

Além da escovação, uma alimentação seca auxilia a fazer atrito nos dentes à medida que o cão morde e mecanicamente diminui o acúmulo da placa bacteriana. Assim também, brinquedos que estimulam a mastigação, desde que não sejam muito rígidos, podem ser aliados na manutenção de dentes mais saudáveis. 

cachorro com a boca aberta

Gostou de saber um pouco mais sobre quantos dentes tem um cachorro? Então, confira outros conteúdos incríveis como este e fique por dentro das dicas imperdíveis aqui, no blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *