Verruga em cachorro: descubra o que pode ser

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 22, 2019

Cachorros
Verruga em cachorro: descubra o que pode ser
Tempo de leitura: 2 minutos

Os tutores sempre ficam preocupados quando surge algo de diferente no corpinho ou nos hábitos do seu bichinho de estimação. No caso de aparecimento de uma nova verruga em cachorro, por exemplo, a apreensão faz todo o sentido.

Há algumas verruguinhas bastante inofensivas que incomodam mais os tutores do que os próprios pets. O ideal é levar o cão para uma consulta, para que o médico-veterinário avalie as formações de pele. Afinal, existem tumores benignos e malignos que podem ser bem parecidos e, muitas vezes, é preciso pegar uma amostra deles com uma agulha para ver, ao microscópio, que tipo de célula está se proliferando ali.

Conheça a seguir alguns tipos de problemas de pele muito comuns nos cachorros, e como tratá-los!

Papilomatose canina

Quem gosta de acompanhar notícias médicas já deve estar familiarizado com o termo. Afinal, o papilomavírus humano, também conhecido como HPV, tem sido associado a uma série de doenças. Nesse sentido, o papilomavírus canino é bem menos perigoso.

Com aspecto de couve-flor, é possível encontrar essa verruga em cachorro filhote e também nos adultos, ela se instala principalmente em áreas de mucosas (nariz, pálpebras e lábios) e podem ser tão numerosas que, conforme a localização, impedem o animal de comer ou de enxergar direito.

Entre os cães, a doença é altamente contagiosa, mas as formações só surgem quando o sistema imune está debilitado. Por isso, embora possa afetar animais de qualquer idade, elas são mais frequentes em filhotes, idosos ou animais doentes.

Ah, e não se preocupe: a doença não é transmissível para humanos.

Adenoma sebáceo

Os adenomas sebáceos são as típicas verrugas dos cães mais velhos.

Eles se formam devido a alterações nas glândulas sebáceas, são quase sempre benignos e é muito comum aparecer essa verruga no cotovelo do cachorro, assim como nas patas e no abdômen.

O maior prejuízo é quando surgem perto dos olhos e acabam raspando na córnea do animal, exigindo a retirada cirúrgica.

É necessário tratamento para as verrugas?

A pergunta só pode ser respondida com outra pergunta: que tipo de formação é a verruga do seu pet? Para isso, o animal precisa ser levado ao médico-veterinário, que vai avaliar a formação e, dependendo do resultado, pode receitar um remédio para tirar verruga de cachorro.

Lembre-se que tumores malignos devem ser retirados. Tumores benignos podem ter indicação cirúrgica se estiverem atrapalhando a visão, a alimentação, sangrando ou inflamando. Papilomas podem ser tratados com medicamentos orais. Enfim, tudo depende do tipo de verruga.

Portanto, encontrou uma verruguinha no seu animal? Investigue. Procure a clínica Petz mais próxima a você e agende já uma consulta!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *