Xixi de cachorro: saiba o que a alteração de cor pode significar

Postado por PETZ, em Atualizado em Dec 9, 2019

Cachorros
Xixi de cachorro: saiba o que a alteração de cor pode significar
Tempo de leitura: 3 minutos

É essencial estar sempre atento a saúde do seu amigo de quatro patas. Algumas alterações em atividades do cotidiano podem ajudá-lo a identificar problemas mais sérios. Por exemplo, a cor do xixi de cachorro.

Quando apresenta uma cor mais escura, a urina pode preocupar o médico-veterinário e, a partir de então, é hora de tomar alguns cuidados com a saúde do pet. Isso porque a cor, a frequência, o odor e o volume do líquido são capazes de apontar diferentes problemas. Confira!

Coloração de xixi de cachorro: quando se preocupar?

É recomendado que os tutores estejam sempre atentos a cor do xixi do seu cãozinho. Dessa forma, fica mais fácil diagnosticar possíveis problemas de saúde ainda no começo, como infecção e problema renal.

Portanto, observe todas as vezes em que seu pet utilizar o banheiro. Para ajudar a identificar doenças, opte por tapetes higiênicos de cor branca. O indicado é sempre estar atento à coloração do xixi a longo dos dias.

Tanto cores escuras como claras demais podem indicar problemas mais sérios. Para ajudar os tutores a entender essas possíveis alterações, listamos algumas características da cor da urina que exigem atenção. Confira!

  • Alaranjada: a urina na cor laranja pode indicar problemas no fígado ou quadros de desidratação;
  • Avermelhada: tons vermelhados ou rosados sugerem doenças no trato urinário, como infecções, mas podem ser também indicações de quadros de hemorragia ou tumor em cachorro;
  • Amarronzada: se o xixi do seu cãozinho estiver nesse tom, é hora de correr para o médico-veterinário! Isso porque, quando a urina fica com essa característica, ela sugere destruição dos glóbulos vermelhos, o que pode acontecer por várias razões, como lesões internas e reação a toxinas.

Frequência e volume de xixi de cachorro

Outro ponto muito importante ao qual o tutor deve estar atento diz respeito à frequência com que o cãozinho faz xixi e ao volume de urina. Essas características também podem indicar que algo não vai bem com o pet.

Fazer xixi demais nem sempre é algo sério. Se for aumento de volume, o cachorro pode apenas ter consumido muito líquido, em um dia quente ou após exercício, por exemplo. Se for aumento de frequência, pode estar marcando território.

Porém, fora dessas circunstâncias, é essencial estar atento! Problemas renais, infecções urinárias e várias doenças endócrinas podem causar alterações no volume ou na frequência urinária. Isso significa que o pet pode estar com quadro de doenças renais, diabetes, leptospirose e síndrome de cushing.

Se o pet estiver fazendo pouco xixi, também é preciso buscar ajuda. Desidratação, cálculos, inflamações e até tumores podem levar a essa redução.

Procure o médico-veterinário o quanto antes!

Se o seu cãozinho apresenta alguma dessas características, não perca mais tempo e procure já um médico-veterinário. O especialista irá avaliar seu amigo de quatro patas e recomendar o melhor tratamento para ele.

Você também pode seguir o conselho do Alexandre Rossi. Confira!

Agora, se você não está conseguindo observar a cor do xixi de cachorro, é hora de trocar o tapetinho higiênico do pet. Para isso, aproveite as condições imperdíveis da Petz e encontre produtos de qualidade para higiene e bem-estar do seu animal.

Visite a loja Petz mais próxima de você ou acesse nosso Pet Shop on-line. Confira!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *