Descubra a diferença entre lebre e coelho

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 8, 2020

Coelhos
Descubra a diferença entre lebre e coelho
Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabe a diferença entre lebre e coelho? Mesmo sendo animais extremamente parecidos, existem muitas características diferentes entre eles. Descubra quais são elas no conteúdo a seguir e se surpreenda!

coelho pardo em grama verde

A família Leporidae

Por incrível que pareça, o coelho e a lebre pertencem à mesma família, conhecida como leporídeos, ou Leporidae. No entanto, essa família possui mais de 50 espécies divididas entre 11 gêneros. 

O coelho representa todos os gêneros pertencentes a essa família, com exceção das espécies que estão dentro do gênero Lepus. Todas elas são consideradas tipos diferentes de lebres.

Habitat

Essa é uma grande diferença entre coelho e lebre. Os Oryctolagus cuniculus, como também são conhecidos os coelhos europeus, cavam tocas em campos, arbustos e florestas. Ademais, vivem perto do nível do mar, devido ao solo arenoso e macio. Presentes na Península Ibérica, em alguns locais da França e no norte da África.

Já as lebres europeias, conhecidas também como Lepus europaeus, vivem em ninhos de grama achatada, gostam de pastagens e campos abertos. Distribuem-se pelo território da Grã-Bretanha, Oriente Médio, Europa Ocidental e Ásia Central. 

Morfologia

Quando falamos da diferença entre lebre e coelho, a morfologia é um fator que chama a atenção. As lebres possuem 48 cromossomos, sendo um pouco maiores que os coelhos. 

Possuem um comprimento médio de 68 cm, com pelos que variam entre os tons marrom-amarelado e marrom-acinzentado. Já o interior da pelagem é de cor branca acinzentada, e a parte superior é preta. Suas orelhas chegam a medir 98 mm e seu crânio articulado é um destaque.

Durante o inverno, esse animalzinho muda a cor de sua pelagem para um tom mais próximo do branco-acinzentado. É um bichinho atlético, podendo realizar saltos de até 3 metros de altura.

O coelho possui 44 cromossomos, é menor do que a lebre e possui orelhas mais curtas. Mede em torno de 44 cm e seu peso varia de 1,5 até 2,5 kg. Porém, seu tamanho pode variar muito de acordo com a raça do dentuço. Sua pelagem mistura cores como cinza, marrom e preto. Já a parte interior possui tons de cinza claro.

lebre parda em grama verde

Comportamento

Os coelhos são vespertinos, noturnos e sociáveis. Cavam tocas grandes e elaboradas, abrigando de 6 até 10 orelhudos. Machos se tornam mais territoriais durante o período de reprodução. Se comunicam com sinais e cheiros e batendo patas no chão. Além disso, emitem ruídos altos quando assustados.

As lebres também são vespertinas e noturnas, no entanto, são solitárias. Só as encontramos durante o dia em época de reprodução. São presas de diversos animais, como raposas, falcões e corujas. Por conta de seus sentidos aguçados, atingem alta velocidade ao detectar ameaças e esquivam-se dos predadores.

Essas orelhudas se comunicam por ranger de dentes, dando sinal de perigo, e grunhidos guturais. Emitem também um grito muito agudo quando estão presas ou feridas.

Alimentação

A alimentação dos dois animaizinhos não é diferente. Ambos são herbívoros e realizam a coprofagia, ou seja, consomem os próprios excrementos para absorverem todos os nutrientes que o alimento puder oferecer.

Os dois se alimentam principalmente de grama, porém, no inverno, as lebres também comem ramos, casca de arbustos, árvores frutíferas pequenas e rebentos. Já os coelhos se alimentam de folhas, casca de árvores e raízes.

Reprodução

Ao se perguntar qual a diferença entre o coelho e a lebre, os filhotes desses animaizinhos se diferem de forma marcante. Os bebês lebres já são precoces, nascendo desenvolvidos e prontos para realizar as funções próprias. Já os bebês coelhos nascem cegos, carecas e surdos, dependendo totalmente da mãe.

Além disso, outra diferença entre eles é a reprodução em si. Lebres se reproduzem no inverno e no verão. Sua gestação dura até 56 dias e sua ninhada pode gerar de 1 a 8 orelhudos. O desmame do filhote acontece ao completar 1 mês de idade e sua maturidade sexual chega entre 8 e 12 meses de vida.

Os coelhos se reproduzem por todo o ano. Sua gestação é mais curta que a da lebre, durando em média 30 dias, e sua ninhada pode gerar de 5 até 6 dentuços. O desmame ocorre também ao completar 1 mês de vida e sua maturidade sexual chega aos 8 meses de idade.

coelho pardo em grama

Agora que você sabe a diferença entre lebre e coelho, que tal conhecer mais sobre cuidados, dicas e curiosidades sobre esses e outros animais? Confira outros conteúdos aqui, no blog da Petz

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *