Cachorro com medo de passear: como resolver

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 5, 2020

Bem-Estar
Cachorro com medo de passear: como resolver
Tempo de leitura: 4 minutos

Por mais que o pet tenha muitas atividades em casa, os veterinários são unânimes em afirmar: todos os cachorros precisam passear. Na maior parte das vezes, sair com o pet para dar uma voltinha no quarteirão é uma tarefa muito prazerosa. Porém, também existe cachorro com medo de passear

cachorro peludo

Se esse é o caso do seu filho de quatro patas, saiba que não é recomendado deixar o assunto para lá. Em vez disso, é importante tentar descobrir a origem do problema e adotar medidas a fim de reverter a situação. Confira abaixo mais sobre o assunto.

Passeios: todos os cães gostam (ou deveriam gostar) deles

A cena de um cachorro passeando com o tutor se repete em filmes e desenhos. Longe de ser fruto da imaginação dos criadores dessas obras, ela pode até ser caricata, mas representa bem o encanto desses pets pela atividade.

De acordo com a Dra. Valéria Correa, médica-veterinária da Petz, aproveitar os passeios é algo bem instintivo para os cães. “O cachorro tem como instinto farejar, se relacionar com outros cães e pessoas, latir, brincar e explorar novos ambientes”, diz. “E isso ele consegue fazer durante os passeios”, completa a especialista.

É por isso que, ao passear com cachorro, é importante deixar que o pet faça pausas para cheirar postes, arbustos, pessoas, outros cachorros e o que mais chamar sua atenção. Lembre-se de que as caminhadas não são apenas para o gasto de energia! Elas estimulam os sentidos dos pets.

Meu cachorro não gosta de passear, o que pode ser?

Em geral, os passeios deveriam estar entre as atividades mais esperadas pelo pet. “Imagine ficar preso num apartamento ou num quintal sem contato com o mundo. Os nossos cachorros precisam sair de casa. Durante os passeios, eles conseguem, através dos cheiros, sentir, transmitir e receber informações sobre aquele local, além de socializarem com outros cães e brincarem, gastando energia”, enumera a veterinária.

Quando o pet tem medo ou demonstra pouco entusiasmo ao ser apresentado à coleira de passeio para cachorro, o mais provável é que haja algo errado. As possíveis causas podem ser tanto físicas quanto psicológicas. Listamos algumas das mais comuns abaixo.

1. O pet não foi corretamente socializado

Descendentes dos lobos, cães são animais sociais, que gostam da companhia de indivíduos da mesma espécie. Contudo, se na natureza os lobos fazem parte da matilha desde o nascimento, cães domésticos muitas vezes só entram em contato com outros cães e pessoas quando estão muito mais velhos. 

Isso pode causar medo e estranhamento nos passeios. Para que isso não aconteça, o ideal é fazer a socialização no primeiro passeio do cachorro.

cachorro sentado

2. O tutor inibe a diversão do pet

Como dissemos antes, os cães gostam das caminhadas por uma série de motivos, não apenas pelo passeio. Infelizmente, é muito comum que por impaciência ou por questões de higiene, os tutores puxem os cachorros, impedindo que eles cheirem postes, arbustos, xixi de outros cães, etc. 

Ao fazer isso, você acaba com boa parte da diversão dos pets. Logo, o programa acaba não sendo tão prazeroso e pode deixar o cachorro com medo de passear. 

3. O pet está com algum problema de saúde

Assim como nós, os pets também ficam mais indispostos quando estão doentes. Dependendo da intensidade da dor e do problema, é comum ficarem amuados, muitas vezes até se escondendo em caminhas ou embaixo dos móveis. 

Isso sem contar outros sintomas inespecíficos, como falta de apetite. Portanto, se o cachorro fica ansioso para passeio, mas de uma hora para outra se mostrar indisposto para ele, leve-o o quanto antes para um check-up.

4. O pet está acima do peso

A obesidade é outra causa comum para cachorro com medo de passear. Isso ocorre porque alguns quilos a mais podem sobrecarregar as patas, comprometendo as articulações, o que causa dor ao caminhar. 

Além disso, a obesidade também contribui para que o pet se canse mais facilmente. Esse pode ser outro motivo para que não goste tanto dos passeios.

O que fazer quando o cachorro tem medo ou não gosta de passear?

“A melhor maneira é fazer do passeio um momento agradável, de felicidade para você e para o pet”, recomenda a veterinária. Nesse sentido, para o cachorro com medo de passear, ela diz que uma dica é ter em mãos petiscos para premiar o pet quando for passear. 

Dessa maneira, ele passará a associar esses momentos gostosos com o passeio e vai perdendo o medo. Outra dica da especialista é começar com passeios rápidos: “Com muita paciência e carinho, indo gradativamente até a rua”, diz. Contratar um adestrador também pode ser uma opção interessante para acostumar o pet à atividade.

cachorro e menina2

Agora que você sabe o que fazer com seu cachorro com medo de passear, confira o conteúdo do blog da Petz! Assim, você fica sabendo como prevenir doenças e melhorar o bem-estar do seu filho de quatro patas.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *