Cachorro comendo mato faz mal? Confira a resposta dessa dúvida

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 28, 2020

Cães
Cachorro comendo mato faz mal? Confira a resposta dessa dúvida
Tempo de leitura: 3 minutos

Em algum momento, quem mora em casa pode se deparar com cachorro comendo mato. Relativamente comum, o hábito nem sempre causa prejuízos para a saúde do cachorro. 

filhote de cachorro na grama

No entanto, dependendo da substância ingerida, é possível que o pet apresente vômitos e diarreias. Afinal de contas, por que cachorro come grama e o que fazer para acabar com o hábito?

Por que alguns cachorros gostam de comer mato?

De acordo com a Dra. Mayara de Souza, médica-veterinária da Petz Florianópolis, o cachorro pode comer grama por uma série de motivos. Entre eles, a especialista destaca a fome, deficiências nutricionais e até mesmo a ansiedade como alguns dos principais. Antes de tentar coibir o comportamento indesejado, é importante tentar descobrir suas causas.

Outro motivo frequente para a ingestão de mato são os desconfortos intestinais. Por instinto, quando um cachorro está com gastrite, cólicas intestinais, intestino preso, etc, ele pode ingerir mato com o objetivo de expulsar aquilo que lhe está fazendo mal. 

Por fim, a veterinária diz que nem sempre um cachorro comendo mato é sinal de qualquer problema de saúde. “Às vezes, os cães podem comer grama pelo simples fato de apreciarem o gostinho”, afirma. Nesses casos, é preciso substituir a “guloseima” por algo mais interessante.

cachorro na grama

Faz mal deixar o cachorro comer mato?

Conforme explica a Dra. Mayara, o mato pode atuar acelerando o trânsito gastrointestinal canino. Isso, por sua vez, não é algo necessariamente negativo. Na verdade, apesar de fazerem parte da ordem dos carnívoros, os canídeos são onívoros e é comum que busquem fontes de fibra em sua alimentação, o que justifica o fato de, vez o outra, vermos o cachorro comendo mato. 

O problema é que, na maior parte das vezes, os tutores não conseguem garantir a procedência da grama. E justamente quando não se sabe que tipo de grama o cachorro pode comer há o perigo dele ter reações adversas. 

“Alguns tipos de planta podem causar irritações no estômago e até intoxicações alimentares”, alerta. Em caso de desconfortos ou alterações intestinais, o melhor é procurar um veterinário. Após uma avaliação individual, ele poderá recomendar um tratamento a fim de melhorar o quadro.

Em tempo, para os cães que gostam de comer mato, existe atualmente em lojas como a Petz uma grama para cachorro. Composta de semente de aveia e de milheto, ela é rica em fibras, auxiliando no funcionamento do trato intestinal. Converse com um veterinário!

Como fazer o cachorro parar de comer grama?

Para fazer um cachorro parar de comer mato, o primeiro passo é descobrir a causa do problema. Nesse sentido, a Dra. Mayara alerta que é fundamental procurar um veterinário para uma consulta. 

“É importante uma visita ao médico-veterinário para examinar o cão, realizar alguns exames complementares para excluir as causas que estejam prejudicando a saúde do animal”, diz.

Em caso de deficiências nutricionais, ele poderá recomendar mudanças na alimentação. Da mesma maneira, cães com ansiedade poderão contar com o auxílio de especialistas em comportamento canino e mudanças na rotina para reduzir o quadro. Passear com o pet e promover o enriquecimento ambiental é importante para o gasto de energia e para garantir o bem-estar emocional do cachorro.

cachorro comendo mato

Já se seu amigo come grama apenas por gostar do sabor, que tal oferecer a ele uma graminha específica para a raça ou tentar chamar a atenção dele para algum outro petisco apetitoso? Verifique as opções na loja on-line da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *