Como socializar cachorros: a chegada do segundo cão

Postado por PETZ, em 10/09/2018

Comportamento
Como socializar cachorros: a chegada do segundo cão

Tutores de cachorros costumam gostar tanto desses pets que até chegam a pensar “quanto mais, melhor”. Um dos principais motivos que leva um tutor a pegar um segundo cão costuma ser o bem-estar do próprio pet. Isso porque ele teria com quem brincar o tempo todo e nunca mais ficaria sozinho. Entretanto, antes disso, é muito importante que você aprenda como socializar cachorros.

É fácil entender a decepção que é quando o cão mais velho, ao invés de ficar feliz com o novo amigo, fica recuado e se recusa a se aproximar dele. Para quem ainda não apresentou o novo cachorro ao membro mais antigo da família, a boa notícia é que nós reunimos algumas dicas para tornar essa experiência muito melhor.

Cuidados antes da chegada do segundo cão

como socializar cachorros

Decidir ter um cachorro é uma decisão que nunca deve ser tomada por impulso. E, convenhamos, no caso do segundo cão, quando o tutor já sabe o trabalho e os gastos envolvidos na criação, essa escolha raramente é feita de uma hora para a outra.

Isso é muito bom porque permite que você se prepare bem, pois além de saber como socializar cachorro, você precisará de alguns cuidados, como:

  • Adquira difusores de feromônios sintéticos para colocar no ambiente. Isso facilita a tarefa de como acostumar dois cachorros juntos;
  • Lembre-se que o ideal é que cada cachorro tenha suas próprias coisas, como pote de água e de comida, além de uma cama para cada um;
  • Prepare-se para reforçar o estoque de tapetes higiênicos. Eles poderão ser espalhados pela casa até que o recém-chegado aprenda onde fazer suas necessidades;

Tenha uma caixa de transporte ou portão de barreira para separar os pets. Eles serão muito úteis na socialização, como veremos mais para a frente.

Como acostumar cães com outros cães: passo a passo

como socializar cachorros

Ainda que seja possível aprender como socializar cachorros que acabaram se “conhecendo” de maneira equivocada e, por isso, não se dão tão bem, seguir algumas recomendações de como apresentar um cão ao outro pode facilitar e muito o processo de adaptação.

A seguir, confira o passo a passo de como deve ser feita essa apresentação, de acordo com a Dra. Karina Mussolino, veterinária e gerente técnica da Petz.

1º dia: proporcione um contato visual entre os cachorros, mas sem contato físico. Um exemplo é deixando que se vejam através de uma porta de vidro;

2º dia: além do contato visual, é hora de partir para o contato físico. No entanto, neste primeiro momento, ele deve ser feito com uma barreira, mantendo os pets separados por um portão ou caixinha de transporte;

3º dia: com o seu amigo veterano em uma guia, peça para que outra pessoa da família se aproxime com o recém-chegado também na guia e deixe que se cheirem. Assim, além do contato físico e visual, eles terão também o contato olfativo;

4º dia: é hora de deixar que os cachorros interajam sem barreiras. Mas lembre-se: é fundamental que os tutores supervisionem essas primeiras interações.

Feito isso, aos poucos ficará mais fácil a socialização entre cães e garantir um ambiente familiar a todos.

Mais dicas para a socialização entre cães

como socializar cachorros

Além da forma como apresentamos o novo pet, o modo como preparamos o ambiente, assim como algumas atitudes que tomamos na presença dos dois cachorros, também têm impacto direto na forma como eles irão se relacionar. Confira mais algumas dicas:

  • Procure determinar locais diferentes para a alimentação de cada cão. Isso ajuda a evitar a disputa entre eles;
  • Como dito anteriormente, feromônios sintéticos com difusores facilitam a aceitação e a adaptação;
  • Nunca rejeite o pet mais antigo para dar mais atenção ao novato;
  • Durante a fase de contatos (1º ao 4º dia), não esqueça de associar os treinos a reforços positivos com petiscos, lembrando que o pet mais velho sempre deve ser recompensado antes;
  • Tenha brinquedos, faça passeios e garanta momentos divertidos e agradáveis para os pets. Assim o cão mais velho vai entender que o novato está chegando para agregar, fazer companhia e para que se divirtam muito juntos;
  • Em caso de brigas, muito cuidado ao separar os cães. Broncas, gritos e punições podem atrapalhar a relação deles. Uma dica é desviar a atenção dos cães com algum barulho externo.

Depois de aprender um pouco mais a como socializar cachorros, está pensando em dar uma nova companhia para o seu pet? Então é bom já ir pensando em como criar um ambiente divertido e aconchegante para os dois.

Na Petz você encontra brinquedos, acessórios, camas, feromônios sintéticos e muito mais! Acredite, com uma ajuda no início, seus cachorros têm tudo para se tornar inseparáveis.

 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *