5 formas de acalmar um gato nervoso

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 2, 2020

Cães
5 formas de acalmar um gato nervoso
Tempo de leitura: 5 minutos

Os bichanos têm a fama de ter uma personalidade forte. Muitos felinos, no entanto, contradizem esse fato mostrando-se carinhosos e divertidos. Mas e quando encontramos um gato nervoso

gato laranja arisco

Se você tem um pet temperamental em casa, provavelmente está buscando formas de ajudá-lo. A boa notícia é que, com algumas práticas, é possível tranquilizar o amigo. Para aprender como acalmar gato, continue lendo, pois separamos 5 formas de ajudar um bichano temperamental. 

Como notar o problema? 

Antes de conversarmos sobre maneiras de acalmar gato nervoso, é importante compreender quando é um problema. Afinal, cada pet possui sua personalidade e é justamente isso que torna o peludo tão especial. Porém, alguns sinais podem indicar que o pet possui um problema de comportamento. 

O Dr. Ítalo Oliveira, médico-veterinário da Petz, explica que é necessário lembrar que há duas situações distintas. Primeiro, temos um peludo que, por diferentes questões, pode ter o comportamento nervoso naturalmente. 

Por outro lado, há também os bichanos que, por algum motivo específico, ficam nervosos momentaneamente. De qualquer forma, é necessário ficar atento a alguns sinais que indicam que o bigodudo está bravo. São eles: 

  • Miados altos e insistentes: os miados são uma forma de os bichanos se comunicar. Quando a mensagem não é captada, eles insistem. Assim, se os sons são altos e insistentes, este é um sinal de que há algo incomodando o pet. 
  • Pelos eriçados: os pelos do bichano são bem mais que um acessório charmoso. Eles também dão indícios do seu humor. O Dr. Ítalo explica que pelo eriçado é um dos principais sinais de gato nervoso. 
  • Cauda para cima, com movimentos curtos e rápidos: a cauda, assim como o miado, é uma forma de comunicação dos felinos. Quando ela está agitada, é sinal de que o gato está preocupado. 
  • Comportamento fugidio: os bichanos adoram carinho, mas preferem escolher alguns momentos do dia para receber seus cafunés. Entretanto, não é normal um gato fugir de todo contato. Se o pet corre ao ver outros membros da família, talvez seja um problema de comportamento. 
  • Comportamento agressivo: quem brinca com um bichano sabe que esses pets possuem unhas e dentes afiados! Porém, as mordidinhas dos felinos não devem passar de brincadeira. Caso o gato demonstre agressividade, é sinal de que há algo errado. 

Como lidar com gato nervoso

Ter um gato muito agitado em casa é motivo de preocupação para as famílias. Afinal, todo tutor quer o melhor para o filho de quatro patas. Então, se o amigo demonstra estresse e agressividade de forma contínua, busque a ajuda de um veterinário. 

Somente um especialista poderá verificar o que está acontecendo com o pet. Agora, caso seja um momento de raiva passageiro, fique atento. Separamos 5 dicas de como acalmar gato estressado ou nervoso. 

gato escondido

1. Deixe-o tranquilo

Quando perceber que o bichano está bravo, o melhor a fazer é esperar ele se acalmar. O Dr. Ítalo reforça que esse procedimento é importante para não estressar ainda mais o bichano. “Quando o gato está nervoso ou agitado, ele acha que tudo é uma forma de ameaça e pode até mesmo atacar”, comenta. 

Assim, por mais que você queira abraçar seu amigo para mostrar que está tudo bem, aguarde um instante. Tocar no gato em um momento de estresse poderá deixá-lo ainda mais irritado. 

2. Torne o ambiente mais calmo

Outro ponto importante para lidar com um bichano nervoso é deixar o ambiente calmo. Como explicou o Dr. Ítalo, o gato estressado fica em alerta. Por isso, movimentos e ruídos podem ser interpretados como ameaça. 

Então, minimize os sons do ambiente e, se possível, observe o gato de longe. O veterinário lembra que luzes fortes também podem ser estressantes. Por esse motivo, procure deixar uma luminosidade baixa e agradável para o peludo. 

3. Ofereça itens confortáveis

Bichanos gostam de se sentir seguros. E, para um gato agitado, é fundamental que ele perceba que está tudo bem. Para isso, é importante um ambiente com itens confortáveis. O Dr. Ítalo reforça que os felinos adoram pequenas tocas e caminhas. 

Assim, oferecer esses acessórios para o amigo de quatro patas pode ajudar a acalmá-lo. Brinquedos, um pote de ração cheia e água fresca também auxiliam na sensação de segurança. 

4. Considere catnip e feromônios

Hoje, em lojas especializadas, como a Petz, encontramos diversos itens que auxiliam na tarefa de ser tutor. Para os pais e mães de bichanos que não sabem como acalmar um gato, o catnip e os feromônios são ótimas opções. 

A chamada erva-do-gato tem um efeito muito diferente em cada peludo. De acordo com o Dr. Ítalo, os felinos mais bravos se acalmam, enquanto os mais tranquilos ficam cheio de energia. Assim, os brinquedos com a erva são recomendados para um gato nervoso. 

Os feromônios, por sua vez, possuem uma ação mais controlada. O veterinário explica que eles simulam os odores liberados naturalmente pelos bichanos. Com isso, o gato percebe que aquele é um local seguro. 

5. Faça acompanhamento veterinário 

A última recomendação para um gato nervoso é, talvez, a mais importante. Ao perceber qualquer alteração de comportamento em seu filho de quatro patas, sempre busque auxílio de um veterinário. 

Os sintomas de um bichano temperamental podem, na verdade, estar indicando uma doença. Contudo, apenas o especialista poderá realizar os exames necessários e cuidar do bem-estar do pet. Além disso, o médico pode acompanhar sua evolução e receitar um tratamento especializado, de acordo com a personalidade do seu amigo. 

As dicas acima são importantes para lidar com um gato nervoso. Entretanto, não se esqueça de que a melhor forma de cuidar do bem-estar do seu filho de quatro patas é oferecendo a ele alimentação de qualidade, muitas atividades e visitas regulares ao veterinário.

gato cinza nervoso

Então, depois de saber como ajudar o bichano, confira o blog da Petz e tenha acesso a mais matérias sobre bem-estar animal!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *