Gato tremendo: o que pode ser?

Postado por PETZ, em Atualizado em Nov 6, 2020

Comportamento
Gato tremendo: o que pode ser?
Tempo de leitura: 4 minutos

Muitas situações podem deixar um gato tremendo. Seja qual for o motivo, sempre é necessário estar atento à saúde do bichano, buscando ajuda profissional o mais rápido possível. Em alguns casos, os movimentos involuntários podem ser sinal de doenças complexas.

gato deitado em discos

A melhor forma de ajudar o pet é conhecer as possíveis causas e tratamentos para gato tremendo a boca e outras partes do corpo. Por isso, conversamos com uma médica-veterinária que tirou todas as dúvidas sobre o tema. Continue lendo para saber mais! 

Causas de gato tremendo

Há diversos cenários que podem deixar um gato tremendo. Assim, conforme explica a Dra. Heloísa Souza, médica-veterinária da Petz, é necessário observar o contexto para compreender o porquê do comportamento do bichano.

Em alguns casos, o motivo pode ser simples, como frio ou medo. Entretanto, o quadro também é sintoma de doenças graves, que precisam de atenção profissional. A especialista destacou os principais motivos para o problema. 

Dor

Os tremores podem ser um sinal de que o bichano está com dor. Esse quadro é comum especialmente em um gato tremendo após cirurgia, como a castração ou outras operações simples.

Apesar de partir o coração ver o filho de quatro patas tão vulnerável, esse não costuma ser um problema grave. Siga as recomendações passadas pelo veterinário e fique de olho em outros sintomas. Se os tremores não passarem ou se notar qualquer outra alteração em seu comportamento, converse com médico responsável pela cirurgia. 

Medo e estresse

Outro fator que pode deixar um gato tremendo é o medo. Diferentemente de nós, os bichanos não se assustam com filmes de terror, mas quando se sentem ameaçados ou inseguros. É comum que isso ocorra principalmente em gatinhos filhotes, que ainda estão se acostumando com um novo ambiente.

A dica é deixar o peludo explorar tudo com calma, não forçando interações para não o assustar ainda mais. Forneça comida, água e uma caminha confortável e, logo, o bichano se sentirá em casa! 

Frio

Assim como nós, por causa do frio, é normal gato tremer dormindo. E esse é um fator mais comum entre os filhotes e os gatos que acessam a rua. Por sorte, é um problema fácil de se resolver.

Portanto, forneça uma cama quentinha para gato tremendo dormindo e, se achar necessário, considere aumentar a temperatura do cômodo com um aquecedor. Não se esqueça, porém, de deixar a porta do quarto aberta para que o bichano possa se locomover pela casa com mais tranquilidade. 

gato laranja olhando para o alto

Febre

Os bichanos também podem sofrer com a temida febre. Esse quadro aparece em gripes e infecções, sendo necessário ajuda de um profissional. O veterinário irá realizar exames para descobrir a origem do problema e receitar o tratamento mais adequado.

Se desconfiar que o amigo de quatro patas está com febre, fique de olho em outros comportamentos, como, por exemplo, apatia, falta de apetite e descuido com a higiene pessoal. 

Hipoglicemia

A hipoglicemia é caracterizada pelo baixo nível de açúcar no sangue. Entre outros problemas, ela também pode causar tremores nos gatos. Geralmente, o quadro ocorre quando o bichano fica muito tempo sem comer.

Nesse caso, um bom pote de ração resolve o problema! Entretanto, pets diabéticos podem apresentar tremores mesmo realizando suas refeições regularmente. Se notar esse comportamento no pet, busque auxílio veterinário. 

Problemas neurológicos

Por fim, uma das causas mais graves para gato tremendo. Em alguns casos, o peludo pode apresentar movimentos involuntários por problemas neurológicos. Nesse caso, além dos tremores, alguns sintomas podem ocorrer, como o gato tremendo e vomitando ou até mesmo convulsionando. Se perceber qualquer um desses sinais, busque um veterinário o mais rápido possível. 

As causas acima são as mais comuns para gato tremendo. Entretanto, vale lembrar que apenas um veterinário poderá realizar um diagnóstico preciso, receitando o melhor tratamento para seu amigo. Por isso, se notar qualquer alteração no comportamento do seu bichano, busque ajuda de um profissional. 

Outros sinais de perigo

Diversas condições podem deixar um gato tremendo, desde cenários simples até doenças complexas. Por isso, a Dra. Heloísa aponta outros sintomas que, quando associados aos tremores, indicam um problema de saúde mais grave. São eles: 

  • Vômito;
  • Apatia;
  • Desmaios;
  • Diarreia,
  • Sangramento. 

Se notar o gato babando e tremendo ou até mesmo apresentar qualquer um dos sinais acima, busque ajuda o mais rápido possível. Lembre-se que um diagnóstico precoce auxilia no tratamento da maioria das doenças!

gato doente deitado

Agora que sabe as possíveis causas de gato tremendo, confira outras informações sobre bem-estar e saúde animal no blog da Petz! Assim, você oferece felicidade e longevidade do seu amigo de quatro patas. 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *