Conheça os principais animais sagrados do Egito

Postado por PETZ, em Atualizado em Aug 3, 2021

Curiosidades
Conheça os principais animais sagrados do Egito
Tempo de leitura: 4 minutos

Você já conhece os animais sagrados do Egito? Os egípcios sempre possuíam uma relação próxima e empática com os animais. Porém, naquela época, as coisas não funcionavam da mesma maneira que hoje em dia: os bichinhos estavam longe de serem considerados “pets”. 

mini pig

Os animais sagrados estavam ligados aos deuses e tinham habilidades especiais, que os faziam ser venerados nos templos. Os egípcios eram politeístas, ou seja, acreditavam em mais de um deus, e retratavam os bichos como divindades por meio de hieróglifos. 

Curiosidades sobre os animais sagrados do Egito

Antigamente, muitas cidades egípcias eram representadas por um animal específico. Porém, nem todas funcionavam dessa forma, pois nem sempre os animais do Egito eram adorados. Alguns eram criados em fazendas para serem mortos, mumificados e vendidos para as pessoas que faziam peregrinações aos templos.

Em contrapartida, outros eram mantidos em reinos e palácios, sem poderem ser vendidos ou ao menos trocados. Só pessoas de alta corte poderiam tê-los! Eles eram agraciados e bem tratados, mantendo a aprovação dos deuses.

Quais são esses animais?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os detalhes da vida dos animais sagrados do Egito, é hora de conhecê-los mais a fundo. Afinal, quem são esses bichos e por que eles eram tão importantes?

Gato

O gato do Egito talvez seja um dos exemplos mais conhecidos. Ele era muito adorado, estando presente em diversas pinturas, esculturas, artes e múmias. Nelas, é possível ver o animal vivendo ativamente junto dos egípcios. 

Entre os deuses representados fisicamente por um gato, havia Bastet. Provavelmente, ela era considerada a mais famosa deusa egípcia parecida com esse animal. Além dela, o pai, Amon-Ra, era descrito como um gato.

Inicialmente, Bastet era adorada como protetora e representada por uma cabeça de leoa. Com o passar dos anos, ela acabou sendo vista como deusa da fertilidade, e os egípcios começaram a retratá-la como um gato doméstico, do jeito que conhecemos hoje. 

Gado

Entre os animais sagrados do Egito, existiam muitas deusas representadas pelo gado, sendo elas: Hathor, Isis, Nut, Mehet-Weret e Bat. Mais precisamente, elas eram retratadas como vacas, com chifres ou orelhas. 

A vaca também era um ícone solar. As histórias dizem que Nut carregava o sol pelas costas quando estava em formato de vaca. Osíris era outro deus relacionado ao gado, mas, dessa vez, sendo representado por um touro.

gato branco de olhos azuis

Porco

O porco era um animal sagrado para Set, deus do caos. Segundo a mitologia do Egito, ele assumiu a forma de um porco, cegou o deus Hórus e desapareceu. Depois de um tempo, Hórus obteve a visão de volta. Muito se diz que os olhos dele representavam o Sol e a Lua, explicando os eclipses solares e lunares.

A deusa Nut foi identificada como porca, retratada com as tetas do animal, preparada para amamentar os filhos. Além disso, o importante filósofo Plutarco diz que, uma vez por ano, os porcos eram sacrificados para a Lua. 

Chacal/Lobo

Anúbis era guardião dos mortos e um dos animais mitológicos do Egito. Hoje, cientistas acreditam que ele tinha a aparência de uma cabeça negra de lobo, simbolizando o solo fértil do Nilo. Anúbis ajudou na mumificação dos egípcios mortos e guiou as almas para o pós-morte.

Quando havia uma morte, Anúbis pesava o coração contra a Pena da Verdade: se valesse o mesmo que a Pena, a alma se movia em direção ao paraíso. Caso fosse mais pesada, a deusa monstro Ammut comia o órgão. Assim, a alma desaparecia para sempre. 

Falcão

O deus Hórus, que perdeu e recuperou a visão por causa de Set, era representado por um falcão, considerado o criador da civilização e relacionado com o céu, a guerra e a caça, além de ser filho de Ísis e Osíris. 

Foi a partir desse deus que surgiu a lenda do olho, símbolo popular ao redor do mundo. Ele tinha características mágicas, purificadoras e curativas. Tudo indica que, durante uma briga com o tio Seth, responsável pela morte do próprio irmão, ele perdeu o segundo olho, substituído por esse mágico depois.

Escaravelho

Para falar sobre o escaravelho, vamos precisar trazer o deus Khepri à tona. O nome relaciona-se com o animal, tendo culto presente em textos gravados nas pirâmides antigas. Esse inseto bota os ovos em esterco animal, assim como em corpos de outros escaravelhos mortos.

Outra costume que gerou reação dos egípcios foi a de rolar bolas de esterco pela terra. Isso fez com que o escaravelho fosse ligado ao deus Rá, que tem uma prática parecida: rolar o Sol através do céu. Isso os deixava acreditar que Khepri renovava o Sol todas as noites para apresentá-lo ao mundo no dia seguinte. 

O que você achou das curiosidades sobre os animais sagrados do Egito? Muito interessante, certo? Aproveite para conferir o blog da Petz, onde estão disponíveis  outros conteúdos relacionados ao bem-estar animal, além de informações sobre diversas espécies. 

gato cheirando uma planta

Aqui, você encontra artigos especiais sobre os bichinhos de estimação! Já pensou em dar um nome especial para seu pet, homenageando essa cultura? Que tal saber mais sobre como os gatos foram domesticados?

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *