Origem da calopsita: você sabe de onde vieram esses pets?

Postado por PETZ, em Atualizado em Feb 26, 2020

Aves
Origem da calopsita: você sabe de onde vieram esses pets?
Tempo de leitura: 3 minutos

Quem vê a pequena ave de topete toda falante e à vontade ao lado do tutor nem imagina a origem da calopsita. Considerada doméstica, ela pode ser criada e vendida no Brasil sem a necessidade de registro especial. Mesmo assim, é importante adquiri-la somente em lojas de confiança, como a Petz.

calopsitas

Mas você sabe qual é o país de origem da calopsita, como ela chegou ao Brasil e onde pode ser encontrada livre na natureza atualmente? Descubra a resposta para essas perguntas!

Afinal, de onde vem a calopsita?

Não se deixe enganar pelo nome científico da calopsita, Nymphicus hollandicus. Embora o termo possa ser traduzido do latim como “deusa da Holanda”, a mais queridinha entre as aves domésticas não veio dos Países Baixos. Nem mesmo o país de origem da calopsita é no continente europeu!

A calopsita é uma ave nativa da Austrália, na Oceania. Da ordem dos psitacídeos (como os papagaios), ela pertence à família das cacatuas, também naturais do continente austral. A ave foi descrita pela primeira vez em relatos científicos em 1792. Faz bastante tempo, não é?

Como a calopsita foi domesticada e chegou ao Brasil?

Segundo os registros, a história da domesticação da calopsita tem seu pontapé inicial em 1838. Nesse ano, um famoso ornitólogo inglês viajou para a Austrália a fim de registrar a fauna até então pouco conhecida do país por meio de ilustrações. 

De volta à Inglaterra em 1840, os europeus ficaram encantados com as aves encontradas, especialmente com a calopsita. Muitos atribuem a Gould a façanha de ter sido a primeira pessoa a levar uma ave da espécie para fora da Austrália.

calopsita-amarela

Dando um salto no tempo, em 1949 a calopsita já é conhecida no continente americano e sofre sua primeira mutação documentada no estado americano da Califórnia. 

Chamada de Arlequim, a mutação é caracterizada pelo visual de uma das variações de calopsita mais famosas atualmente: com cabeça de um amarelo vívido e bochechas alaranjadas. 

No Brasil, a introdução da calopsita de forma organizada e sistemática só começa a acontecer a partir da década de 1970. Desde então, a “pequena cacatua”, como também é conhecida, só cresceu em popularidade, tornando-se uma das aves domésticas mais vendidas no país. 

Curiosidade

O inglês John Gould foi um famoso ornitólogo, isto é, um especialista no estudo da distribuição geográfica dos pássaros. Além disso, também foi um grande nome da taxidermia em seu tempo.

Foi também o primeiro conservador do museu da Sociedade Zoológica de Londres, em 1827, além de ter sido responsável por fazer a identificação das aves das Ilhas de Galápagos levadas por Darwin a bordo do Beagle. Classificou um grupo inteiramente novo de tentilhões com cerca de doze novas espécies. 

Onde a calopsita pode ser encontrada atualmente?

Não é difícil encontrar um amigo, vizinho ou conhecido que tenha uma calopsita. Graças a seu visual charmoso e temperamento brincalhão, ela hoje está presente em muitas casas, fazendo a alegria dos moradores. Mas e na natureza, você já se perguntou onde ela nasce, cresce e se reproduz?

Quem pensou na Austrália acertou em cheio! Ainda hoje, o país de origem das calopsitas é o principal habitat delas. 

Por serem nativas de áreas de clima árido ou semi-árido, elas podem ser vistas em pares ou em pequenos bandos por quase todo o país. Isso com exceção das regiões mais férteis no Sudeste, do deserto australiano e da península do Cabo de York. 

calopsita-branca

Se você gostou de saber mais sobre a origem da calopsita, continue ligado no blog da Petz e em nossas redes sociais. Aqui, temos mais dicas e curiosidades sobre seus pets favoritos.

 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *