Banho e tosa em gatos são necessários?

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 15, 2021

Dicas
Banho e tosa em gatos são necessários?
Tempo de leitura: 6 minutos

A aversão dos nossos bichanos à água é famosa, porém seu verdadeiro motivo ainda não foi esclarecido pela ciência. Existe uma teoria que acredita que isso seja uma herança dos ancestrais do gato doméstico, de uma região desértica do Mediterrâneo. Verdade ou não, saiba que banho e tosa em gatos são necessários!

gato deitado na banheira

Continue lendo e saiba mais informações sobre como fazer banho e tosa em gatos de maneira adequada. Além disso, conheça mais sobre a higienização básica e os cuidados estéticos.

As lambidas substituem o banho?

Um dos motivos que levam a essa dúvida é o fato de os gatos se lamberem o tempo todo. Esse hábito serve para aliviar o estresse e tem função limpante. Isso graças ao fato de os bichanos possuírem uma língua áspera, que funciona como uma escova natural, capaz de remover pelos e sujeiras.

No caso dos gatos de pelo curto e que não saem do apartamento, só essa limpeza aliada a escovações semanais feitas pelo tutor costuma ser o suficiente para manter a higiene do gato, sem a necessidade de banhos regulares. Mas existem alguns casos em que o banho com água realmente se torna imprescindível.

É o caso, por exemplo, dos gatos de pelos longos, que não conseguem fazer uma limpeza completa com tanta eficácia. O mesmo vale para gatos que costumam passear na rua ou ficar em áreas externas, acumulando mais sujeiras. Nos dois casos, é recomendado que seja feito o banho em gato mensalmente.

Existem ainda situações em que banho e tosa para gatos têm função terapêutica, tornando-se essenciais para o tratamento de algumas condições de pele. Nesse caso, o veterinário irá determinar a frequência dos banhos.

Cuidados na hora do banho

Mesmo precisando deles de tempos em tempos, muitos felinos ficam realmente estressados na hora do banho e tosa em gatos. Existe, inclusive, um estudo que revelou que o índice de glicemia dos gatos praticamente dobrava após o banho, sendo um indicativo de estresse. Para amenizar o desconforto, aqui vão algumas dicas:

  • Procure acostumar o gato a tomar banho desde filhote;
  • Se possível, evite levar o bichano para o banho em dias que já esteja estressado;
  • Use sempre água morna e produtos específicos para gatos, evitando alergias e irritações;
  • Dê preferência ao banho em gato em pet shop com experiência e que esteja próximo do seu lar. Além de ser mais prático, o pet retorna para os seus braços o mais breve possível e tem uma experiência positiva,
  • Não utilize perfumes e adereços em seu bichano. Gatos são animais com grande sensibilidade tátil e olfativa, sendo aversiva a utilização de itens que descaracterizem seu odor, assim como que tenham contato com sua pele.

gato lambendo as pernas

Dicas de como fazer a manutenção da pelagem/higiene em casa

A escovação dos pelos do seu felino é fundamental para manter a saúde física dele, evitando possíveis dermatites, a necessidade de uma alta frequência de banhos, assim como bolos e excesso de bolas de pelo. 

Utilizando a escova certa e criando uma rotina positiva de escovação, este momento pode ser benéfico e estreitar os laços entre vocês. Além disso, algumas dicas são importantes para uma escovação ideal:

  • Utilize escovas de cerdas duplas (pinos macios/cerdas sintéticas);
  • Inicie sempre em áreas prazerosas (cabeça, bochecha e queixo);
  • Aos poucos, se aventure em outras regiões, mas sempre retorne para às áreas prazerosas;
  • Intercale o momento com outros estímulos que seu gato goste como: alimentos favoritos e brinquedos;
  • Seja breve, não insista em retirar muitos pelos ou passar muito tempo escovando a mesma região no mesmo dia, tenha uma frequência de pelo menos 3 vezes na semana,
  • Tenha uma rotina. Realize sempre no mesmo horário, no mesmo local, e de preferência não segure seu gato, deixe ele livre durante o procedimento. Sempre chame-o positivamente para esse momento, utilizando brinquedos ou petisco.

Ao levar no pet shop, como diminuir o estresse do bichano?

O planejamento do banho e tosa de gatos, envolve também o transporte dele até o pet shop. Como gatos são animais territoriais, sair de seu ambiente pode gerar desconforto. 

Desta forma, reduzir o estresse do transporte e acomodação do felino na caixa de transporte é essencial para que ele chegue bem para o banho. E a fim de transformar a viagem mais tranquila, é importante seguir as seguintes dicas:

  • Escolher a caixa de transporte ideal: ela deve ser grande o suficiente para seu gato dar uma volta em torno do próprio corpo dentro da caixa. Ser arejada e possuir uma porta bem segura. Caixas que possuem abertura superior são mais indicadas, pois possibilitam uma maior facilidade de manejo em diversas situações, pois não é necessário retirar o gato da caixa, basta abri-la por cima. Essas características deixam o gato mais seguro e confortável;
  • Acostume-o a utilizar a caixa de transporte em casa: a caixa de transporte deve ser uma extensão do ambiente do seu gatinho, ela deve representar um local seguro e confortável. Por isso, nada de deixá-la guardada em casa, torne-a atrativa e confortável. Utilize cobertores, brinquedos e ofereça petiscos para eles dentro da caixa no dia-a-dia do seu gatinho;
  • Durante o transporte cubra a caixa: utilize um cobertor ou toalha que contenha odores familiares para seu gato para cobrir a caixa. Em um ambiente mais escuro e com odores familiares, seu gatinho se sentirá mais seguro durante o percurso;
  • Evite colocar a caixa no chão: barulhos, odores e aproximações de pessoas e outros animais colocam o gato em uma posição de vulnerabilidade, ele se sente ameaçado, portanto, busque sempre um local elevado para apoiar a caixa durante o transporte.
  • Música para acalmar: você sabia que existem músicas apropriadas para deixar os gatos mais confortáveis? Sim, gatos possuem a audição bem sensível e músicas apropriadas como: Music for cats (David Teie) e Relax My cat (apps de música e youtube), auxiliam seu gato a se sentir mais tranquilo durante o transporte,
  • Pergunte ao seu vet: seu gatinho saliva excessivamente, mia, defeca ou urina durante o transporte? É importante contatar seu veterinário, pois ele pode ter náuseas e se sentir mal durante o transporte. 

E a tosa, é recomendada?

Apesar de incomum, uma tosa de gato pode ser indicada no caso de pets muito peludos que tem nós formados com muita frequência. 

No geral, além da escovação, a tosa em gato mais recomendada é a higiênica, que apara os pelos da região perineal e as unhas — procedimento que deve ser feito a cada 30 dias.

Apesar de a tosa para gatos não ser comumente utilizada, não quer dizer que o seu peludo não precise desse tipo de higienização. O procedimento de tosa é mais delicado. E, consequentemente, envolve um maior contato com o profissional e mais tempo no manuseio do bichano. 

Por isso, aconselhamos que seu gatinho tome banho algumas vezes para se acostumar com o profissional, se ambientar ao local, transporte e permanência, até que esteja habituado. Assim, é possível planejar a tosa com maior segurança e bem-estar.

gato tomando banho

Com isso, vemos que banho e tosa em gatos é um cuidado extremamente necessário para a saúde e higiene do animalzinho. Para saber mais sobre cuidados, dicas e curiosidades sobre gatos e demais espécies, veja outros conteúdos do blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *