Cachorro pastoreio: conheça as raças mais indicadas

Postado por PETZ, em Atualizado em Oct 26, 2020

Cães
Cachorro pastoreio: conheça as raças mais indicadas
Tempo de leitura: 4 minutos

Incubido de ajudar a reunir e proteger rebanhos, o cachorro pastoreio surgiu a partir de cruzamentos seletivos entre antigos cães de caça e outros indivíduos de temperamento mais dócil. Ou seja, com menos propensão a encarar os animais arrebanhados como presas. 

cachorro observando ovelhas

Por isso mesmo, além de muito ativos, cães de pastoreio também costumam ser muito inteligentes e obedientes. Não à toa, muitos deles são usados até hoje para auxiliar no trabalho de policiais, bombeiros e até como cães de guarda.

Por causa do nome e também pela função que esses cachorros desempenham, quando se fala em pastoreio, muitos imaginam cães de grande porte. Mas você sabia que eles podem ter diferentes tamanhos e características? A seguir, conheça algumas raças de cães pastores!

1. Border Collie

Muito ativo e esperto, o cão pastor border collie é obediente e aprende truques com facilidade, características que já lhe garantiram o título de raça de cachorro mais inteligente do mundo algumas vezes. Possui um porte médio, com altura entre 45 e 55 cm, e peso corporal médio entre 15 e 24 kg.

Justamente por ser um cão tão inteligente e cheio de energia, o Border Collie requer muitos estímulos e atividades físicas, incluindo passeios e brincadeiras, além de desafios cognitivos, como o ensino de truques. Do contrário, o pet pode desenvolver um comportamento destrutivo.

Uma curiosidade a respeito do Border Collie é que, apesar de ser uma raça de cão pastor muito bonita, não foi selecionada com grande preocupação estética. Isso ajuda a explicar a ausência de um padrão no que diz respeito à pelagem. Já quando o assunto é trabalho, espere um cachorro de pastoreio ovelheiro ágil e independente.

2. Pastor alemão

Curiosamente, apesar do nome, o Pastor alemão é frequentemente lembrado como um cão de guarda. De fato, diversas características típicas da raça, como coragem, lealdade, obediência e instinto protetor, fazem do Pastor alemão um grande aliado na proteção do lar.

Famosa por sua “capa preta” e aparência altiva, com altura média de 65 cm e peso corporal médio de 40 kg, a raça teria surgido na Alemanha como um cachorro pastor de ovelhas. Porém, com a industrialização do país no século XIX, ela logo foi reconhecida como apta a realizar outros trabalhos, como no serviço militar.

Como animal de estimação, é um cachorro leal, inteligente, disciplinado e muito brincalhão. Mas é preciso muito cuidado no adestramento, uma vez que, por sua força física e desconfiança com estranhos, pode trazer riscos quando se torna agressivo.

pastor alemão deitado

3. Boiadeiro australiano

Como o próprio nome sugere, o animal é considerado um cachorro para pastoreio de gado. Também conhecido como blue heeler ou red heeler — de acordo com a pelagem —, é um cão de médio porte, com altura média de 51 cm e peso corporal médio de 20 kg. No comportamento, chama atenção por sua determinação, coragem, inteligência e energia.

São extremamente ágeis e adoram correr por longas distâncias, por isso, não costumam ser indicados para a criação em locais muito pequenos e fechados. Além disso, o boiadeiro australiano exige cuidados na alimentação, uma vez que o sobrepeso pode aumentar o risco de lesões e problemas nas articulações.

Como cão de pastoreio, o boiadeiro australiano trabalha ao lado do condutor para empurrar o gado. Costuma latir para o rebanho e também para chamar a atenção do dono em caso de ameaças ou de animais transviados ao longo do caminho.

4. Welsh corgi Pembroke

Não se deixe enganar pelas pernas curtas ou pelo corpo atarracado do corgi. Famosos por terem se tornado grandes companheiros de Elizabeth II, Rainha do Reino Unido, os corgis surgiram como uma raça de cachorro pastoreio. Portanto, espere um cãozinho ágil, atento, protetor e que gosta muito de mordiscar o calcanhar dos tutores.

Isso ocorre pois, como pastor, uma das técnicas do corgi é justamente “beliscar” o calcanhar dos animais para estimulá-los a andar. Graças em parte a seu porte pequeno — altura média de 30 cm e peso corporal médio de 12 kg — e a seu temperamento dócil, o corgi é hoje um cão de companhia muito popular. 

No entanto, é  preciso ficar atento para garantir a ele uma rotina adequada, com muitas atividades físicas e cognitivas. Nesse sentido, você sabia que o corgi adora praticar esportes como agility?

5. Ovelheiro gaúcho

Único representante brasileiro da lista, o ovelheiro gaúcho surgiu na região dos pampas, no Rio Grande do Sul, como um cachorro de pastoreio de ovinos. Hoje em dia, é possível encontrá-lo em diversas partes do país, auxiliando no pastoreio não apenas de ovelhas, mas também de outros rebanhos, como o gado.

Resultado da combinação entre Border Collie e Pastor alemão, o ovelheiro gaúcho tem muitas das características de seus ascendentes. É o caso, por exemplo, da coragem, lealdade, disciplina e inteligência. 

O cão aprende a responder comandos com facilidade e tem o hábito de latir para chamar a atenção do dono em caso de ameaças, motivo pelo qual também é muito usado como cão de guarda. 

border collie atento

Esperamos que você tenha gostado de saber mais sobre estas cinco raças de cachorro de pastoreio. Aproveite para nos contar qual é a sua raça favorita aqui nos comentários. E para cuidar do seu cão, sendo ele de pastoreio ou não, conte sempre com a Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *