Cuidados antes e depois da cirurgia em cachorro

Postado por PETZ, em Atualizado em May 4, 2020

Cachorros
Cuidados antes e depois da cirurgia em cachorro
Tempo de leitura: 5 minutos

Cirurgia em cachorro é um tema delicado. Afinal, é comum ficar receoso ao saber que o cão vai passar por uma operação. Entretanto, há algumas formas de auxiliar o pet nesse momento. 

cachorro olhando fixamente para a câmera

Com certas práticas antes e depois do processo, o amigo de quatro patas ficará mais forte e poderá se recuperar mais facilmente. Para ajudar, consultamos um especialista que tirou dúvidas sobre cirurgia em cachorro. Continue lendo para aprender os cuidados pré e pós-operatório. 

Cirurgias mais comuns em cães

Quando pensamos em operação no pet, logo imaginamos um problema de saúde grave que poderá afetar o bem-estar do nosso amigo. Entretanto, o Dr. Bruno Saito, médico-veterinário da Petz, lembra de que praticamente todo pet passa por, ao menos, uma cirurgia. 

“A operação mais comum é a castração”, comenta. Como este é um processo recomendado por todos os especialistas, o peludo provavelmente já enfrentou o bisturi antes. Ademais, a castração é um procedimento simples e que não apresenta riscos. Entretanto, é uma forma de lembrar que cirurgia não é um bicho de sete cabeças. 

O Dr. Bruno comenta que a remoção de corpos estranhos é outro procedimento comum nos cãezinhos. “Alguns cães são mais arteiros e podem passar por operações para remoção de brinquedos, pedras e outros objetos”, complementa. Além disso, outros motivos comuns em cirurgias em cachorro são:

  • Correção de fraturas;
  • Remoção de cálculo na bexiga ou rim,
  • Remoção de tumores.

Cada cirurgia terá sua particularidade e grau de complexidade. Entretanto, você sempre pode ajudar seu amigo a passar pelo processo de forma mais tranquila se estiver inteirado no assunto. 

Como é o processo pré-cirúrgico 

Antes de se preocupar com a cirurgia do seu amigo, há uma série de procedimentos que devem ser seguidos. Primeiramente, sempre consulte um veterinário de sua segurança em todas as etapas. O profissional poderá acompanhar a condição do animal e verificar quais os procedimentos necessários. 

Em segundo lugar, devemos lembrar que, antes da cirurgia, há consultas e testes. “O processo da cirurgia começa bem antes da operação em si”, comenta o Dr. Bruno. As etapas de uma cirurgia em cachorro são: 

Consultas e exames 

O primeiro passo para uma cirurgia são as consultas e exames realizados pelo veterinário. Eles vão indicar como está a saúde do pet e quais são os cuidados necessários durante o procedimento. 

Hemograma e exame de rins, fígado e coração estão entre os testes mais comuns. É uma etapa importante, especialmente em cães mais velhos. Através dela, o veterinário poderá verificar se o cachorro necessita de atenção especial em algum ponto. 

Tratamento pré-cirúrgico 

Após verificar como anda a saúde do cãozinho, o veterinário vai tratar de qualquer alteração que possa comprometer sua recuperação. Nesse momento, o especialista pode passar antibióticos, vermífugos ou anti-inflamatórios, que vão combater os problemas atuais do pet. 

É uma maneira de reforçar a saúde canina, para que o pet esteja mais forte quando for para a mesa de operação e, assim, minimizar possíveis riscos operatórios em animais no geral.   

Jejum 

É fundamental a cooperação do tutor nessa etapa. No dia anterior à cirurgia em cachorro, o veterinário vai recomendar jejum de comida e água. Dependendo do procedimento realizado, as instruções podem variar. Porém, é importante seguir exatamente a recomendação do veterinário a fim de um procedimento tranquilo. 

Anestesia 

Antes da realização da cirurgia há a anestesia, um processo um tanto complexo. O Dr. Bruno explica que essa parte do procedimento é dividida em três etapas. Primeiramente, há uma medicação pré-anestésica, também chamada de sedativo. 

Assim, o sedativo deixará o pet mais calmo e sonolento, pronto para descansar. Depois vem a medicação, que induz à anestesia e, por fim, o anestésico. Esta é uma maneira de diminuir a quantidade de medicamento necessária, diminuindo também os riscos da cirurgia. 

Cirurgia 

Por fim, vem o processo de cirurgia em cachorro. A operação pode ter grande variação de tempo, inclusive dentro do mesmo procedimento, por diferentes motivos. Nesse momento, é importante ficar calmo e aguardar. 

Apesar de a ajuda do tutor ser mais presente durante a pré-cirurgia, a família pode contribuir em todas as etapas. Ouvir o especialista, seguir suas recomendações e entender o que o cãozinho precisa é a melhor forma de contribuir para uma cirurgia tranquila. 

cachorro feliz

Cuidados pós-cirúrgicos

Se tudo ocorrer sem imprevistos, em algumas horas você já estará em casa com o amigo, que agora precisará se recuperar. Algumas medidas simples também podem auxiliar na etapa do cachorro após cirurgia, como, por exemplo: 

Deixe o pet tranquilo

Você provavelmente estará com vontade de abraçar e confortar seu amigo.  Entretanto, após uma cirurgia, não é o melhor momento para isso. Deixe o pet calmo e tranquilo, ou seja, descansando, até recuperar suas forças. Guarde os carinhos para quando o cão estiver totalmente recuperado. 

Respeite as vontades do cachorro

Todo mundo sabe que uma boa nutrição e muita hidratação são grandes aliadas para um animal que está se recuperando. Entretanto, o cachorro sabe muito bem quando comer e beber água. Respeite suas vontades e não force nenhum processo. Quando for a hora, o cachorro vai procurar o comedouro por conta própria. 

Proteja o curativo 

Proteger o curativo é um passo importante após um processo cirúrgico. Nossos amigos são um tanto desastrados e podem arranhar ou machucar a área da operação durante suas caminhadas ou brincadeiras. 

Além disso, os peludos adoram se lamber e, muitas vezes, incomodam-se com a bandagem. Para evitar problemas, verifique se é necessário o uso do colar elizabetano ou roupa cirúrgica para cachorro. Tais acessórios são grandes aliados durante a recuperação. 

Siga todas as recomendações do veterinário

Por fim, este é o ponto mais importante durante todo o processo. Quando o assunto é cirurgia em pet, o veterinário é o maior aliado. Pergunte, tire dúvidas e, principalmente, siga todas as recomendações do especialista. Seguindo passo a passo o que o veterinário diz, logo o pet estará trazendo alegria para toda a família! 

cachorro parado

Agora que você conhece os procedimentos da cirurgia em cachorro, confira o blog da Petz e tenha diversos conteúdos relacionados a bem-estar e saúde animal. Assim, você garante que o amigo viva feliz e saudável!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *