Como cuidar de um aquário: acabe com as principais dúvidas

Postado por PETZ, em 05/10/2018

Dicas
Como cuidar de um aquário: acabe com as principais dúvidas

Uma das justificativas mais usadas para incentivar pessoas a ter um aquário é falar que peixes dão muito menos trabalho que outros pets. Com isso, é comum que muita gente adquira e, passado algum tempo, fique surpreso ao descobrir que o peixinho morreu e que a empreitada não deu certo. Aqui você saberá como cuidar de aquário da forma correta!

Considerado um verdadeiro hobby, cuidar de um aquário em casa não é difícil, mas depende de alguns conhecimentos mais ou menos complexos que variam de acordo com o tipo de ecossistema. Por isso, no caso dos iniciantes, o melhor é começar com o de água doce.

Por que meu aquário não vai para a frente?

como cuidar de aquario. Como fazer

Só quem já passou pela experiência sabe o quanto é triste e frustrante ver que o peixe veio à óbito. Isso principalmente nos casos em que a pessoa se preocupou em adquirir acessórios e equipamentos para aquário necessários, como filtro, termômetro, etc.

De maneira geral, os aquários não vão para frente tanto por falta de conhecimento na hora de escolher os peixes e os equipamentos quanto por falta de manutenção adequada. Por isso é importante saber como cuidar de aquário. Confira abaixo alguns dos motivos mais comuns:

  • Excesso de alimentação: não é que os peixes comam muito e morram pela boca, como diz o ditado. O que ocorre é que os alimentos não consumidos pelos peixes vão parar no fundo do aquário. Ali eles começam a se decompor e a liberar amônia, uma substância tóxica que, se não filtrada, acaba por matar os peixes.
  • Condições inadequadas da água: peixes dependem da água para tudo, de modo que é fundamental manter características físicas, químicas e biológicas adequadas para cada espécie. Além da filtragem insuficiente da amônia, outros fatores que levam à morte dos peixes são a alteração de pH e de temperatura.
  • Incompatibilidade de espécies: espécies territorialistas e agressivas nunca devem ser colocadas com outros peixes, visto que irão brigar por seu espaço. A incompatibilidade de espécies também gera problemas à medida em que diferentes espécies de peixe sobrevivem em água com diferentes características (pH, temperatura, etc.). Por isso, todos os peixes escolhidos devem viver bem nas mesmas condições.
  • Superpopulação: além do estresse gerado nos peixes pela falta de espaço, um aquário superpopuloso é muito difícil de manter. Isso porque a produção de substâncias tóxicas é muito maior e é grande a chance de faltar oxigênio.
  • Choque de temperatura: diferente da gente, os peixes regulam sua temperatura interna a partir da temperatura da água. Sendo assim, mudanças de temperatura afetam diretamente seu metabolismo. No caso do choque térmico, ele é responsável pela morte dos peixinhos.

Como manter a qualidade da água sempre em dia

como cuidar de aquário. manter a qualidade da água

O aquário é um verdadeiro ecossistema no qual, a todo momento, ocorrem reações químicas capazes de alterar seu equilíbrio. Por isso, não basta apenas regular as condições de água adequadas para os peixes em um primeiro momento. É preciso mantê-las constantes.

Para isso, algumas das ferramentas que o aquarista tem à disposição são os testes hidrológicos e os condicionadores de água. Enquanto os primeiros servem para indicar, por meio da colorimetria, as condições da água (níveis de pH, dureza, cloro, nitrito, nitrato, amônia, etc.), os segundos são usados para a correção, acidificando ou alcalinizando a água, por exemplo, dependendo da necessidade.

O melhor é que os testes sejam feitos regularmente, ao menos uma vez por semana. Além disso, também é muito importante limpar o filtro com frequência para manter sua capacidade.

Cuidado com a decoração do aquário!

como cuidar de aquario. como decorar

Não são só os elementos vivos que realizam trocas químicas com o ecossistema do aquário, elementos como enfeites também contribuem para a alteração das características da água.

Isso sem contar o fato de que podem soltar tinta ou mesmo inserir agentes patológicos no aquário. Por isso, o melhor é adquirir somente enfeites e elementos feitos especificamente para aquários e sempre em locais de confiança, como a Petz.

Bastante populares, as plantas também são muito benéficas para o aquário, já que, além de garantir um ambiente mais natural para os peixes, ainda ajudam na transformação do gás carbônico em oxigênio. Na hora da compra, no entanto, é importante ficar atento à procedência e comprar somente plantas que não liberem substâncias tóxicas na água.

Mais algumas dicas para aquaristas iniciantes:

Como dito anteriormente, para um aquário dar certo, é preciso que os cuidados comecem antes mesmo de sua aquisição. Aqui vão algumas dicas para ajudá-lo tanto na escolha dos peixes e dos equipamentos quanto na manutenção de aquário água doce:

  • Procure estudar bastante antes de comprar um aquário, principalmente no que diz respeito à compatibilidade de espécies;
  • Lembre-se que quanto maior o aquário, melhor para os peixes e mais fácil será a manutenção;
  • Limpe muito bem todos os objetos colocados no aquário para evitar a introdução de agentes patológicos;
  • Mantenha um calendário com testes hidrológicos semanais;
  • Se possível, deixe um único responsável pela alimentação dos peixes para evitar excessos;
  • Faça limpeza de aquário regularmente.

Está pensando em entrar para o mundo do aquarismo? Procure a unidade Petz mais próxima de você! Nela, você conta com equipamentos, acessórios, testes hidrológicos, condicionadores de água, além, é claro, de diversas espécies de peixes para escolher. Lembrando que, na dúvida, é só conversar com um de nossos especialistas.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentários

Gentil Anacleto de Oliveira Neto - 16/10/2018

Muito bom as dicas sobre os cuidados com os peixes e aquários.

#

Próximo evento