Esquilo-da-mongólia: como cuidar desse pet

Postado por PETZ, em Atualizado em Jan 14, 2020

Dicas
Esquilo-da-mongólia: como cuidar desse pet
Tempo de leitura: 5 minutos

Cada vez mais tutores escolhem um roedor como animal de estimação. Além de fofinhos, eles são espertos e se adaptam aos ambientes. No artigo de hoje, nós respondemos uma pergunta sobre um desses bichinhos. Esquilo da mongólia: como cuidar?

esquilo no meio de lãs brincando

Acompanhe as informações e prepara-se caso queira adotar um peludinho!

Afinal, o que é o esquilo-da-mongólia?

O esquilo-da-mongólia, gerbo ou gerbil é um roedor de estimação muito popular na Europa e nos Estados Unidos. No Brasil, esse charmoso pet ainda não é tão conhecido, mas sua popularidade vem crescendo. 

Apesar do nome, sua origem é um tanto incerta. Muitos acreditam que ele é da região da Mongólia, ao norte da China. Outros acham que ele veio do Oriente Médio. De todo modo, o pequeno roedor logo conquistou o mundo com sua fofura e temperamento dócil!

Trata-se um roedor médio, que pode atingir até 15 centímetros. Possui um corpo delicado e olhos negros e brilhantes. Tem uma charmosa e comprida cauda, que deve ser manuseada com cuidado.

Suas cores variam entre caramelo, preto, branco e dourado. A expectativa de vida é de três anos, mas em alguns casos chega a quatro, sem problemas. O pet é divertido, muito inteligente e adora brincar. Possui fácil trato e é indicado para tutores de primeira viagem.

Esquilo-da-mongólia: como cuidar

Se você escolheu ter um esquilo-da-mongólia como companhia, está com sorte. Além de muito fofo, o pet é considerado fácil de cuidar e pode trazer muitas alegrias! 

Com algumas tarefas simples, você poderá dar muito carinho, segurança e conforto para seu amigo roedor. Continue lendo para aprender como cuidar de um esquilo da mongólia!

Alimentação de esquilo-da-mongólia

Pequenininho e delicado, o esquilo-da-mongólia não come muito. Porém, é preciso oferecer alimentos nutritivos para que ele se mantenha forte e saudável!

Não há muito segredo para ter um esquilo-da-mongólia de alimentação saudável. A ração para hamsters, por exemplo, atende a todas as necessidades do animal. Além disso, é muito saborosa e os gerbis adoram!

Uma curiosidade da alimentação de esquilo-da-mongólia é que o pet costuma enterrar sua comida. Geralmente, ele pega seu pequeno comedouro e enterra no substrato da gaiola até que tenha acabado de comer. Quando isso acontece, ele traz o comedouro vazio. É como se dissesse: “Ei, tutor, estou com fome!”

Quanto à quantidade de ração para esquilo-da-mongólia, o indicado é 10g por dia. De uma maneira geral, eles não são esfomeados. Por isso, vão comer tudo de uma vez, e você pode repor a comida quando perceber que seu amigo já está satisfeito.

O animal pode comer outros alimentos, como maçã, vegetais e legumes. Porém, o indicado é consultar um veterinário, que irá informar uma lista personalizada para a dieta.

Gaiolas e apetrechos para esquilos-da-mongólia

Mesmo que você goste de deixar seu mascote livre algumas horas do dia, é sempre recomendado ter uma gaiola. Roedores costumam ser muito travessos, e não é indicado que passeiem pela casa sem supervisão. 

A gaiola deverá ser espaçosa e com muitos apetrechos. Os esquilos-da-mongólia são pets muito ativos e precisam gastar energia!

esquilo na mão do tutor

Prefira modelos de gaiolas para roedores com rodas de exercícios em tubos e outras brincadeiras. O gerbil pode ser um roedor pequeno, mas ele adora brincar e correr. Portanto, busque um abrigo grande e confortável para seu pet.

Na base da gaiola para esquilo-da-mongólia é necessário colocar um substrato higiênico, também conhecido como forração. Ele pode ser de serragem ou um material específico para gaiola de roedores. A forração, além de manter o ambiente limpo, é um dos itens favoritos dos gerbils!

Eles adoram cavar, enterrar e brincar em sua gaiola. Por isso, faça uma camada bem caprichada. O substrato deverá ser limpo de uma a duas vezes por semana, de acordo com a necessidade do animal.

Esquilo-da-mongólia: como cuidar da higiene do pet

Roedores costumam ser pets muito limpinhos, e o esquilo-da-mongólia não é exceção. Geralmente, eles cuidam da própria higiene, utilizando a saliva e as patas, em um processo similar ao dos gatos.

Porém, se é preciso oferecer ao esquilo-da-mongólia cuidados do tipo, o melhor é optar por opções de banho seco. Até porque, acostumado com desertos e locais áridos, o gerbil prefere se limpar com areia. Ele usa as patinhas para se esfregar no pó, retirando as impurezas e a oleosidade.

Contudo, apesar de ser um processo seguro para os roedores, não há necessidade de realizá-lo com frequência.

Outro ponto importante é a higienização da gaiola. Apesar de o roedor ser muito organizado, de tempos em tempos é necessário fazer uma boa faxina. 

Para isso, deixe seu pet em um local seguro, retire todos os itens da gaiola e limpe com água pura. Evite utilizar detergente ou outros produtos que podem ser nocivos ao pet. Seque bem a gaiola antes de colocar seu amigo nela. 

A umidade pode ser perigosa, por isso, é importante controlá-la para proteger o esquilo-da-mongólia de doenças. 

Outras dicas de como cuidar do esquilo-da-mongólia

Os esquilo-da-mongólia são pets muito tranquilos e fáceis de cuidar. Com atenção e muito carinho, eles se apegam à sua família e interagem muito bem. Fora os itens acima, especialistas recomendam os seguintes cuidados:

  • Manuseio: o rabo do gerbil é muito delicado. Nunca pegue seu pet pela cauda e tenha atenção quando for fazer carinho;
  • Personalidade: no começo, o pet pode estranhar a casa nova e os integrantes da família. Procure se aproximar com calma, de forma gradual. A dica é deixar que ele se sinta seguro para se aproximar de sua mão sem medo. Nunca tente “perseguir” o esquilo-da-mongólia nem faça movimentos bruscos. Ele pode se assustar e ficar ainda mais arredio.
  • Saúde: com cuidados básicos de alimentação, higiene e atividades regulares, o animal não costuma desenvolver problemas de saúde. Procure realizar visitas regulares ao veterinário uma vez a cada seis meses.

Ao seguir as recomendações acima, o gerbil ficará feliz e saudável em seu lar. 

esquilo olhando para a câmera com seu brinquedo

Agora que você já aprendeu mais sobre o esquilo-da-mongólia e como cuidar dele, é hora de adotar o novo amigo. Na Petz você encontra gaiolas, rações e tudo o que precisa para seu esquilo-da-mongólia a preço especial. Acesse o Pet Shop on-line!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *