Hamster mordendo? O que fazer para acabar com o problema

Postado por PETZ, em Atualizado em Jun 2, 2020

Dicas
Hamster mordendo? O que fazer para acabar com o problema
Tempo de leitura: 3 minutos

Em geral, os hamsters são conhecidos por serem pets muito fofos e dóceis. Tanto é que costumam ser recomendados para famílias que têm rotina corrida ou que possuem crianças e outros bichinhos, como gatos e cachorros. No entanto, há situações em que o dentuço pode se sentir desconfortável, assim, a situação de hamster mordendo se torna comum.

hamster laranja

Afinal, por que os hamsters mordem?

Apesar de territorialistas, os roedores não são animais naturalmente agressivos. Por isso, quando o hamster morde, é sinal de que está desconfortável ou se sentindo vulnerável. Esse desconforto, por sua vez, pode estar ligado a três fatores principais:

  • Socialização inadequada: para que fiquem à vontade na presença de seres humanos, é preciso que os hamsters tenham sido acostumados a esse contato. Daí a importância de escolher um local de confiança na hora de adotar seu companheiro. Isso assegura que ele tenha recebido um manejo adequado antes da adoção. Mesmo assim, leva um tempo até que o hamster se acostume com um novo tutor e sua família
  • Dor e outros desconfortos físicos: a agressividade, com mordida de hamster, é um mecanismo de defesa do roedor quando ele está com dor. Isso é verdade mesmo para aqueles pets que já estão acostumados ao contato próximo com pessoas,
  • Ameaças no ambiente: mesmo que se sinta confortável com você, um hamster pode morder quando se sente ameaçado por algum motivo. Como exemplo, digamos que você esteja com ele nas mãos quando, de repente, surge um cachorro. Nesse caso, o bichinho pode morder para se soltar e fugir.

 

 

Além dessas causas principais, um hamster também pode morder em outros momentos específicos. Por exemplo, quando é pego no meio de uma soneca ou ao se alimentar, ou mesmo quando alguém o aperta muito ao segurá-lo. 

hamster em cima de feno

O que fazer com o hamster mordendo?

O primeiro passo para acabar com a mordida de hamster é entender as causas e em quais situações ela geralmente acontece. Seja como for, antes de pegar o peludinho para brincar, é importante escolher um local tranquilo e seguro, evitando fugas e outros acidentes.

Se o seu amigo não tem o costume de morder, mas passou a fazer isso de uma hora para outra, fique atento a outros sinais. Entre os principais sintomas de que o hamster está doente estão: agressividade, falta de apetite, prostração e mudanças no aspecto da urina e das fezes.

Descartada a hipótese de doenças, o mais provável é que a mordida de hamster é perigosa e seja resultado de uma socialização inadequada. Nesse caso, é preciso fazer uma “treinamento” para acostumar o hamster ao contato com você e sua família. 

Passo a passo: como socializar o hamster e acabar com as mordidas?

Para evitar hamster mordendo e outros acidentes, antes de segurá-lo pela primeira vez, é fundamental ganhar a confiança do pet. Isso mesmo que ele tenha sido adquirido em um local de confiança, recebendo os cuidados adequados.

No caso de hamsters que acabam de chegar em casa, assim como daqueles que já chegaram há algum tempo, mas permanecem assustados, é recomendado seguir o cronograma:

  • Semana 1: acostume o hamster à sua presença antes de tocá-lo. Para isso, permaneça próximo à gaiola e converse diariamente com ele. Na hora de limpar a gaiola, faça isso segurando-o gentilmente com a ajuda de uma toalha;
  • Semana 2: uma vez que o pet já estiver acostumado à sua presença, comece a colocar a mão dentro da gaiola e ainda sem tocar no hamster. A ideia é que ele se sinta à vontade e fique curioso para cheirá-la;
  • Semana 3: ofereça petiscos para o pet. Eles ajudarão a atrair a atenção do hamster para você e também farão com que ele passe a associar a sua presença a experiências agradáveis.  Ao escolher o petisco, prefira biscoitinhos específicos para hamsters ou ofereça vegetais orgânicos verde-escuros. Evite folhas e frutas com muita água, pois eles podem causar diarreia,
  • Semana 4: faça carinho no seu pet delicadamente e veja como ele reage. Se ele reagir bem, você já pode tentar segurá-lo com as mãos. Lembrando-se de escolher um momento tranquilo e um local seguro para retirar o hamster da gaiola.

hamster na mão de tutora

Esperamos que você tenha gostado de saber mais sobre como acabar com o problema de hamster mordendo! Continue ligado em nosso blog da Petz e redes sociais para mais informações sobre animais!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *