Plantas em casa: aproveite a primavera para cultivá-las

Postado por PETZ, em 14/09/2018

Dicas
Plantas em casa: aproveite a primavera para cultivá-las

Na escola a gente aprende que, em geral no Brasil, as estações do ano não são tão bem definidas quanto em países de clima temperado. E é verdade! Mas, assim como nós sentimos as mudanças de temperatura, de umidade e de intensidade de vento ao longo do ano, as plantas em casa também são afetadas pelas estações.

Desta forma, enquanto algumas espécies tiram proveito do friozinho do inverno, outras se adaptam melhor aos dias quentes e ensolarados do verão. No entanto, a maior parte das plantas cresce mesmo é na primavera. Veja dicas de espécies e cuidados com as plantas na estação.

As 5 melhores plantas para ter em casa

Como ter plantas em casa

Ainda que tenham diferentes características e possam ficar mais bonitas em determinadas épocas do ano, no geral, as plantas mais indicadas para ambientes internos são bastante resistentes.

Isso porque, além de a maior parte delas se desenvolver melhor à meia sombra, dentro de casa elas também ficam protegidas de fatores como a chuva e o vento, cuja incidência varia bastante ao longo do ano. Confira abaixo algumas das principais espécies de plantas para ter em casa.

  • Marantas

Com baixa manutenção, as marantas têm folhas com estampas que misturam tons de verde e de roxo que ficam muito bonitos na decoração da casa. Devendo ser cultivadas à meia-sombra, em temperaturas amenas, elas são uma das opções mais resistentes para ambientes internos e têm um detalhe curioso: suas folhas costumam ficar mais abertas na horizontal durante o dia, e “em pé” durante a noite. O ideal é que sejam regadas dia sim, dia não.

  • Samambaias

Um verdadeiro clássico quando o assunto são plantas para casa, as samambaias gostam de locais com meia-sombra, frescos e livres de correntes de vento. São bastante resistentes, mas o ideal é que recebam cuidados diários, visto que precisam estar com o solo sempre úmido, nem seco nem encharcado. Por isso, é sempre bom dar uma olhada nelas. Outra dica importante é estar atento para remover constantemente as folhas mortas.

  • Jiboias

Antes bastante comuns em ambientes comerciais, as jiboias vêm ganhando cada vez mais espaço dentro dos apartamentos. Um dos principais motivos para isso é o aspecto pendente de suas folhas, que fica muito bonito em prateleiras e estantes. Apesar de ser de clima tropical, se adapta melhor à meia-sombra e gosta de solo úmido, devendo receber mais regas durante as estações mais quentes.

  • Cactos e suculentas

Famosos pela fácil manutenção, cactos e suculentas vivem bem dentro de casa, mas o melhor é que fiquem próximos à janela, onde recebam luz do sol. Além disso, seu solo deve ser observado com frequência para que não fique muito seco, mas, principalmente, para não ficar molhado. São diversas espécies para escolher, sendo que algumas delas chegam até mesmo a florescer na primavera!

  • Orquídeas

Ao contrário do que alguns podem pensar, não existe uma única espécie de orquídea. Na verdade, o termo é usado para abranger mais de 30 mil espécies que se adaptam melhor a determinadas regiões e que florescem em diferentes épocas do ano. Para quem quer ter a casa florida na primavera, uma dica é optar pelas espécies Lycaste skinneri e Laelia purpurata, por exemplo, que florescem entre outubro e novembro.

Como cultivar plantas em casa

Plantas em casa: como cultivá-las

Embora alguns temperos, como a cebolinha, possam ser plantados sem problemas durante o ano todo, algumas ervas não resistem tão bem a extremos de temperatura quando jovens. Por isso mesmo, é necessário sabe como cultivar plantas em casa antes de iniciar os procedimentos.

A primavera é uma das melhores épocas do ano para dar início ao projeto de ter uma horta em casa. Aqui vão algumas ervas que se adaptam melhor quando plantadas na primavera:

  • Hortelã
  • Alecrim
  • Manjericão
  • Coentro
  • Tomilho

Lembrando que a horta sempre deve ficar em local com exposição solar por pelo menos 4 horas ao dia! Além disso, é preciso ficar atento a outros fatores, como cuidados com o solo e compatibilidade de espécies de plantas no mesmo vaso. Isso porque algumas delas, como o hortelã, tem raízes invasoras que podem prejudicar o crescimento de outras ervas.

Cuidados com as ervas e plantas para jardim

Para quem adora plantas e não espera a primavera para colocá-las dentro de casa, prepare-se para ver a maior parte delas ficar mais exuberante com a chegada da nova estação, o que não quer dizer que você não possa dar uma força a elas seguindo algumas dicas:

  • Já que a primavera costuma ser a época de maior crescimento das plantas, aproveite para conversar com um especialista e caprichar na adubação do solo;
  • Como no inverno muitas folhas secam, faça uma boa poda nas plantas para abrir espaço para o crescimento de folhas novas;
  • Ao notar que alguma erva não resistiu ao frio, não hesite em descartá-la e substituí-la por uma nova muda;
  • Com o aumento da temperatura na primavera, procure regar as plantas pela manhã ou à noite, quando está mais fresco. Do contrário, a água pode esquentar demais, prejudicando a raiz;
  • Principalmente no caso das plantas para jardim, fique muito atento à drenagem, evitando a água parada.

Já que você está no blog da Petz, é bem possível que tenha um animal de estimação em casa. Nesse caso, outro ponto de atenção diz respeito às plantas tóxicas para os pets. Por isso, antes de comprar, vale conversar com um especialista, principalmente no caso dos gatos, que conseguem subir em locais altos.

E já que o assunto é a relação de plantas e animais de estimação, você sabia que, na Petz, você encontra tudo o que você precisa não só para os pets, mas também para o seu jardim? Procure a unidade mais próxima a você!

 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *