Você sabe quanto tempo passear com cachorro? Descubra!

Postado por PETZ, em Atualizado em Jun 2, 2020

Cachorros
Você sabe quanto tempo passear com cachorro? Descubra!
Tempo de leitura: 4 minutos

Mesmo que só em teoria, quase todo tutor sabe que passeios são uma atividade essencial para o bem-estar canino. Já algumas questões práticas ligadas aos passeios ainda geram muitas dúvidas. Por exemplo: quanto tempo passear com cachorro, quantas vezes por dia e qual deve ser o ritmo das caminhadas.

tutor passeando com cachorro

Para te ajudar a tornar a experiência mais alegre, segura e proveitosa, separamos a seguir algumas das principais dúvidas sobre como passear com cachorro. Assim, você garante a saúde do pet e torna esses momentos ainda mais prazerosos.

Por quanto tempo devo passear com o cachorro?

Não existe uma afirmação exata para responder à pergunta “quanto tempo devo passear com meu cachorro?”. A duração ideal vai depender de fatores como: peso, condicionamento físico, estado de saúde e idade de cada indivíduo. 

Um animal acima do peso, por exemplo, deve pegar leve nas caminhadas para não sobrecarregar as articulações. Da mesma maneira, um pet idoso tende a ter um condicionamento físico inferior ao de um cão jovem e ativo. 

Por isso, a fim de saber a duração ideal do passeio para o seu amigo, o mais adequado é levá-lo para um check-up e seguir as orientações do veterinário. Assim, ele poderá instruir o melhor método de quanto tempo passear com cachorro.

Durante as caminhadas, você também deve ficar muito atento a sinais de cansaço, como cachorro ofegante, região dos olhos avermelhada e pet deitando o tempo todo. Ao observar qualquer uma dessas alterações, ofereça água ao animalzinho e faça uma pausa no passeio em algum local com sombra.

Quantas vezes por dia é preciso passear com o pet?

Seguindo sempre as recomendações de um veterinário, os passeios devem ser feitos ao menos uma vez por dia. Se possível, duas vezes: um passeio pela manhã e outro no fim da tarde. 

Com algumas exceções, como dias muito quentes ou de chuva, o ideal é passear com cachorro todos os dias. Lembre-se de que, ainda que você proporcione outras atividades para o pet, como brincadeiras interativas, nada substitui os passeios na coleira em termos de estímulos táteis, visuais, olfativos, sonoros e de socialização. 

casal passeando com cachorro

É verdade que a duração e a intensidade do passeio podem aumentar com o tempo?

Sim! Assim como nós, os cães também melhoram seu condicionamento físico com a prática de exercícios. Desde que feitos com regularidade, os passeios fortalecem a musculatura e dão mais fôlego para o pet. Por isso, não estranhe se seu amigo que, antes ficava cansado ao cruzar a esquina, começar a ir muito mais longe.

Também por esse motivo, especialistas recomendam começar os passeios pegando leve na duração e na intensidade. Aos poucos, você poderá aumentar o ritmo e quanto tempo passear com cachorro, lembrando sempre de respeitar os sinais de cansaço e a hidratação do pet.

Qual é o melhor horário de passeio com o cão?

Cães também estão sujeitos a problemas de saúde decorrentes da radiação UV, como o câncer de pele. Não bastasse isso, a temperatura elevada do asfalto também pode provocar a queimadura dos coxins (almofadinhas das patas). 

Sem contar também o risco maior de cansaço enquanto está passeando com cachorro e de hipertermia provocados pelo calor. Por isso, os melhores horários para caminhadas são aqueles de Sol mais brando, isto é, antes das 10h e depois das 16h.

Uma vez que seguir uma rotina é muito importante para a qualidade de vida dos cachorros, na hora de escolher um horário para os passeios, prefira aqueles em que você sempre está em casa. Se possível, dê preferência aos horários em que há outros tutores com seus pets na rua, já que a socialização ajuda a enriquecer os passeios!

Posso deixar o pet fazer pausas durante o passeio?

Não só pode, como deve! Ao contrário do que muitos pensam, os passeios não são apenas uma maneira de gastar a energia do cachorro. Se assim fosse, ele poderia facilmente ser substituído por outras atividades, tal qual circuitos de agility ou mesmo brincadeiras, como pega-pega.

A riqueza dos passeios está justamente no fato que ele proporciona uma série de estímulos visuais, olfativos, auditivos, táteis e de socialização! Portanto, deixe seu amigo livre para cheirar postes e arbustos, apenas evitando o contato com o lixo e com as fezes de outros animais, que podem provocar doenças. 

Também é importante deixar o amigo de quatro patas interagir com outras pessoas e cachorros. Só fique atento ao temperamento dele e à reação de outros pets a fim de evitar brigas.

cachorro passeando

Agora que sabe quanto tempo passear com cachorro, confira o blog da Petz e tenha acesso a outros conteúdos de bem-estar e saúde animal!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *