Troca de ração: como mudar a alimentação de cães e gatos?

Postado por PETZ, em Atualizado em Jun 15, 2021

Alimentação
Troca de ração: como mudar a alimentação de cães e gatos?
Tempo de leitura: 4 minutos

Quando a dieta é feita à base de ração, cães e gatos podem comer o mesmo alimento quase todos os dias. No entanto, existem situações em que, por orientação do veterinário, é preciso fazer a troca de ração, como, por exemplo, quando o animal torna-se adulto ou precisa de uma comida medicamentosa.

cachorro comendo petisco

Embora traga benefícios a longo prazo, fazer a troca de ração de forma repentina pode provocar uma série de problemas gastrointestinais. Então, para ajudar você nessa missão, preparamos o conteúdo a seguir sobre como fazer troca de ração da maneira certa para que não haja nenhum problema com seu bichinho. Confira!

Por que não se deve mudar a ração de maneira repentina?

Troquei a ração do meu cachorro, e ele está vomitando. O que aconteceu?”. Esta é uma dúvida bastante comum entre os tutores. Em partes, a indigestão do bichinho pode estar acontecendo devido à troca repentina de ração, sem uma mudança gradual.

Para entender melhor, antes de começarmos a falar sobre quando mudar a ração do cachorro ou do gato, considere esse exemplo prático: ao viajarmos para um lugar com cultura muito diferente da nossa, como alguns países do Oriente, por exemplo, especialistas recomendam tomarmos cuidado com a alimentação. 

Pelo menos, nos primeiros dias, é recomendável pegar leve nas comidas. Isso porque, ao contrário, podemos correr o risco de estragar o passeio sofrendo com uma indigestão. O mesmo acontece com os pets, sabia? 

Consequências da troca repentina de ração

Apesar de, para nós, as diferentes rações parecerem muito similares, a mudança repentina de um alimento para o outro pode trazer alguns efeitos desconfortáveis nos bichinhos. Entre os problemas, estão: gases, dores abdominais, vômitos e diarreias.

No caso dos gatos, que possuem apetite muito seletivo, fazer a troca com cuidado é ainda mais importante. Além dos problemas gastrointestinais, os felinos podem desenvolver quadros de estresse devido às mudanças na alimentação.

Isso quer dizer que mudar a ração do cachorro faz mal? E do gato também? Não! Inclusive, essa é uma prática recomendada para manter ou melhorar a qualidade de vida do pet! Porém, lembre-se: é importante conversar com um médico-veterinário antes de fazer qualquer alteração na dieta do seu animalzinho, ok?

Como fazer a troca de ração?

A primeira dica de como fazer a troca de ração de cachorro ou gato de maneira mais segura é não deixar o planejamento para a última hora. Em outras palavras, não espere até que o pacote atual da comidinha terminar para fazer a troca. Ele será necessário nas misturas até o fim da transição. cachorro pegando petisco

Para ajudar, preparamos um passo a passo com informações de quando mudar a ração do filhote ou do adulto e como fazer isso de maneira equilibrada e gradual para que ele não passe mal. Confira!

 

Como fazer a troca de ração para cachorros

  • Dias 1 e 2: comece com 75% da ração antiga e 25% da nova;
  • Dias 3 e 4: misture 50% da ração antiga e 50% da nova;
  • Dias 5 e 6: misture 25% da ração antiga e 75% da nova,
  • Dia 7: ofereça 100% da ração nova e observe.

Como fazer a troca de ração para gatos

  • Dias 1 e 2: comece com 90% da ração antiga e 10% da nova;
  • Dias 3 e 4: misture 75% da ração antiga e 25% da nova;
  • Dias 5, 6 e 7: misture 50% da ração antiga e 50% da nova;
  • Dias 8 e 9: misture 25% da ração antiga e 75% da nova,
  • Dia 10: ofereça 100% da ração nova e observe.

Mesmo seguindo as orientações acima, fique atento! Em caso de diarreias e outros sintomas, como coceiras pelo corpo, procure um veterinário. Pode ser que seu amigo tenha alergia a algum dos ingredientes da ração, então não deixe de investigar!

Troca de ração? Só com orientação veterinária!

Em geral, as embalagens de ração já vêm com informações relevantes, como indicação de porte, raça e idade. Sabendo disso, muitos tutores acreditam que, para fazer a troca de ração, é necessário apenas se guiar por essas orientações, mas não é bem assim!

Cada pet tem necessidades específicas, que variam de acordo com o estilo de vida e o estado de saúde. Por isso, antes de fazer qualquer mudança na alimentação do animal, é importante agendar uma consulta para ele no veterinário. 

Após um check-up, o profissional poderá recomendar tanto o alimento ideal quanto a melhor maneira de fazer a troca de ração para garantir mais qualidade de vida e longevidade para seu amiguinho de quatro patas.

cachorro e gato comendo ração

Aqui, na Petz, temos clínicas preparadas para receber e ajudar seu bichinho de estimação com muito carinho. Visite-nos! Também não deixe de conferir os conteúdos do blog para ficar por dentro de tudo que faça seu animal de estimação ainda mais saudável e feliz.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *